1 de mai de 2018

19° Capítulo - A mãe adotiva da minha filha

 Eu sabia. EU VOU TE MATAR GAROTA

Lua: Eu te amo muito e sonhei com você me dizendo isso desdo dia em que você me beijou pela primeira vez. Eu te amo muito e... – Suspirou alegre. – É claro que eu aceito me casar com você.

Após Lua dizer isso, Arthur abriu um sorriso e a beijou. O beijo foi repleto de carinho e paixão, demostrando as pessoas o quanto gostavam um do outro

Arthur: Te amo. – Disse de testas coladas.

Lua: Também te amo. – Sorrindo.

Arthur a beijou novamente, e depois se agachou na frente do ventre de Lua.

Arthur: Te amo muito filho. – E beijou o ventre da amada que sorriu ainda chorando.

Estava tudo a mil maravilhas, mas isso acaba em questão de segundos quando ouvem um grito histérico de Jhulie que vinha do jardim onde o casamento iria acontecer.

Jhulie: CADÊ O ARTHUR? – Gritou nervosa.

XxX: Minha filha se acalme, por favor. – Disse a mãe de Jhulie.

Jhulie: Não mamãe eu só vou me acalmar quando o Arthur estiver aqui. – Pisou fortemente no chão.

Arthur: Eu estou aqui. – disse parando na entrada.

Jhulie: Meu amor. – Sorriu.

Arthur: Não Jhulie, eu não sou seu amor.

Jhulie que estava andando em direção ao mesmo parou na mesma hora.

Jhulie: Como? Você não me ama?

Arthur: Não e não quero me casar com você. – Todos os convidados se assustaram e começaram a cochichar.

Jhulie: O QUE? – Deu um berro.

Arthur: Jhulie não comece com o seu histerismo, por favor. Eu... – É interrompido.

Jhulie: É por causa dela não é? É POR CAUSA DA VAGABUNDA DA LUA? – Gritou.

Arthur: EU NÃO ADMITO QUE FALE ASSIM DELA. – Gritou. – E ela não tem nada haver com isso. – Disse mais calmo.

Jhulie: Então é por quê? Como é que não pode mais me amar de uma hora para outra? – Já chorava.

Arthur: Jhulie na verdade, eu nunca te amei.

O mundo de Jhulie caiu.

Jhulie: Não Arthur isso não é verdade. – Disse chorando e negando com a cabeça. – Você me ama sim. – Tentava acreditar nisso.

Arthur: Não Jhulie não te amo. – Foi andando até ficar no meio do tapete vermelho. – Eu pensava que te amava, mas hoje percebo que não, que a pessoa que eu amo é a mãe adotiva da minha filha. Lua. – Após dizer o nome dela a loira apareceu logo atrás indo em direção ao noivo.

Jhulie: Eu sabia. EU VOU TE MATAR GAROTA. – E voou em cima de Lua.

As duas começaram a rolar, uma batendo na outra. Até que Lua conseguiu ficar por cima de Jhulie. Lua deu quatro tapas no rosto de Jhulie dois de cada lado do rosto, o rosto da mesma estava vermelho e com os dedos certinhos de Lua . Até que Arthur tirou Lua de cima de Jhulie.



Jhulie se levantou. Tentou voar em Lua novamente, mas Chay a segurou.

Chay: Já chega Jhulie.

Jhulie: ME LARGA. – Gritava enquanto era retirada do local por Chay e Micael.

Arthur: Você esta bem? – Perguntou a Lua.

Lua: Sim. – Sorriu.

Arthur: E o bebê? – Pôs a mão no ventre de Lua preocupado.

Lua: Esta bem também. – Riu da preocupação do mesmo..

Todos os convidados que estavam ali para verem o casamento de Jhulie e Arthur se levantaram e aplaudiram o novo casal. Depois dessa “festa” todos estavam dentro de casa, e os convidados começavam a ir embora, já que não teria mais casamento

Sophia: Ai amiga estou super feliz por você e pelo Arthur. Mesmo eu achando ele um pouco insensível por dizer aquelas coisas para Jhulie em público.

Mel: Mas bem que ela mereceu né?

Sophia: Ah... – Colocou a mão no queixo pensativa. – Mereceu sim. – Riu.

Mel: E como vai o baby? – Se referiu ao mais novo (a) Aguiar.

Lua: Vai bem. – Sorriu acariciando o ventre.

Arthur: Mamãe vamos embora? – Disse entrando no quarto imitando uma voz de criança com Mabi no colo.

Lua: Bebê. – Sorriu.

Arthur  entregou a filha a Lua, e Mabi deu uma risadinha gostosa quando viu a mãe.

Sophia: Lua eu vou ser a madrinha da Julia né?

Arthur: Quem é Julia? – Perguntou sem entender.

Sophia: Ué, como quem é Julia? É a sua filha oras.

Lua/Arthur/Mel: Hãm? – Sem entender.

Sophia: A Julia é a bebê que a Lua esta esperando.

Lua/Arthur/Mel: Ah sim.

Os três riram.

Mel: Como pode ter tanta certeza  que será uma menina?

Sophia: Porque eu sou a madrinha, e a minha intuição não falha.

Mel: No seu sonho que você é a madrinha né?

Sophia: Mel... – É interrompida.

Lua: Não comecem, por favor.

Sophia/Mel: Então quem vai ser a madrinha? – Cruzaram os braços e olhando para Lua seriamente.

Arthur: Meninas depois nós resolvemos isso, ok? Agora minha noiva precisa descansar.

Sophia/Mel: Ui noiva dele.

Todos riram.

Sophia e Mel se despediram dos quatro e saíram do quarto.

Arthur: Elas foram sempre assim doidinhas?

Lua: Sempre. – Riu olhando o mesmo.



Arthur: Bom agora é hora de a mocinha descansar. – Disse pegando Mabi do colo de Lua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo