13 de out de 2015

Like a Couple? - Chapter Ten


3/6


Depois de eles terem arrumado tudo na toalha que colocaram sobre a grama, fizeram várias maluquices que eles costumam fazer normalmente. Tipo: Brincar de pega-pega, cosquinha e outras dessas bizarrices sem se importar com várias pessoas que comentavam, algumas que se divertiam junto a eles e outras que simplesmente ignoravam. Eles resolveram se sentar e aproveitar as delícias que trouxeram dentro da cesta de piquenique.

_Essa brisa tá ótima-Ele diz enquanto sorri observando ela comer um sanduíche de atum e se sujar com ele.

_É, está ótima mesmo! Só me deixa exausta pensar em voltar a trabalhar depois de amanhã-Ela diz e se espreguiça falsamente, fazendo-o rir. Mas de repente ele para...

_Trabalhar me lembra de que com o salário que recebemos não dará para pagar algumas das contas que fizemos esse mês, estamos ferrados...-Ele é impedido pelos dedos dela encima de seus lábios.

_Shh... Ela murmura simplesmente.

_É sério, Lua... O que nós vamos fazer?-Ele beija o dedo dela e pergunta preocupado.

_Nós vamos dar um jeito... Calminho, tá?-Ela tenta acalmá-lo acariciando seus cabelos.

_Como?-Ele pergunta e percebe pelo olhar repreensivo vindo dela que ele deve se acalmar.

_Calma, tá vendo como fica bonito?-Ela diz e para a carícia.

_Bonito eu sou sempre!-Ele responde.

_Eu quis dizer, como você fica lindo com essa boquinha fechada. Tão pacífico, e não esse Arthur egocêntrico.

_Pode parar por aí, tá? Basta admitir que você ama todas as facetas e pronto!-Ele diz e os dois riem.

_Não-Ela responde e ele a encara, mas como ele é o que é jamais deixaria isso barato.

_Nem eu amo várias das suas facetas, por isso te perdoo!-Ele fala rindo e ela fica boquiaberta.

_Ah é? E qual delas você não gosta?-Ele pergunta um pouco implicante e um pouco insegura.

_Você sabe que eu estava brincando né?-Ele pergunta se preocupando com a feição distante que tomou o lugar da feliz que ela tinha anteriormente.

_Sei...-Ela diz e ele por perceber ela ainda longe, balança a cabeça negativamente e  segura seu queixo fazendo ela encará-lo.

_Eu tô falando sério, Lua. Foi só uma brincadeira!-Ele a encara.

_É, eu sei-Ela diz com a feição feliz voltando ao seu rosto.

_Bom! Eu já tinha até esquecido disso aqui-Ele beija e lambe a maionese que havia em seu rosto.

_Estava sujo, né? Sou um desastre...-Ela caçoa a si mesma por saber que isso logo aconteceria, aliás, quase sempre quando ela come.

_Um desastre maior ainda seria se eu resolvesse dar um ataque de cócegas em você aqui, acho bom você correr...-Ele avisa brincalhão.

_Eu vou chamar a polícia se você fizer isso!-Ela diz brincando também, mas se levanta e sai correndo.

_Você sabe que eu vou te pegar-Ele afirma enquanto corre e a vê se distanciar mais e mais.

_Ah mais não vai mesmo...-Ela diz incerta e continua a correr, isso até ele se cansar e parar.

_Tá bom, tá bom. Chega Lua!-Ele pede trégua enquanto põe as mãos sobre os joelhos para retomar o fôlego que perdeu, mas conseguiu trazer de volta a felicidade dela e vários risos.

_Fraco-Ela diz se aproximando.

_Eu ia te pegar se não estivesse tão cansado por já ter feito isso antes e por não ter deixado você me pegar também.-Ele resmunga brincalhão e arrogante, os dois voltam para sua toalha.

_Você disse que isso seria o “desastre maior”, mas acho que o desastre maior foi o seu fôlego que te abandonou-Ela fala entre risos e ele apenas a agarra pela cintura.

_Desastre maior seria eu te fazer perder o fôlego, Luinha.-Ele diz e ela ignora a malicia que vai cobrindo o olhar dele.

_Ah, é? De que maneiras você faria isso?-Ela pergunta intrigada, mas já imaginando a resposta.

_Tenho minhas técnicas-Ele responde e ela faz cara de desentendida.

_Se quiser demonstrá-las, sou a favor de tentativas e testes!-Ela afirma irônica e ele ri.

_Só se for agora...-Ele murmura já próximo aos lábios dela, quando se unem as mãos dela vão em direção a nuca dele e as mãos dele se envolvem na cintura dela, no momento em que estão para aprofundar o beijo os outros quatro aparecem e interrompem. Acertaram se pensaram em Mel, Sophia, Chay e Micael.

_Que feio hein, casal?-Sophia diz se fazendo de brava.

_Nem disseram pra gente que estava rolando um lanchinho-Chay resmunga parecendo realmente bravo e eles riem ao vê-lo pegando vários dos sanduíches e abrindo um dos sucos.

_Calma aí, draga. Estávamos advertindo eles!-Micael fala e faz uma careta retirando alguns dos vários lanches da mão dele e devolve para a cesta.

_Então, por que não nos avisaram?-Mel diz já cruzando os braços.

_Um casal às vezes precisa de privacidade, suas malinhas-Lua é quem acaba os advertindo.

_Relaxa, podemos ter uma privacidade a seis!-Sophia cumpre sua intenção de irritar o casal.

_Ok, ok. Desisto! O que querem fazer?-Lua pergunta.

_O que vocês tem por aqui?-Mel responde com outra pergunta.

_Comidas que as pessoas tipicamente levam para piquenique-Arthur responde um pouco zangado.

_Calma amiga! Tá naqueles dias, tá?-Chay zomba.

_Ele tá é estressadinho por termos interrompido o gratino-Micael se une a Chay zombando e todos eles riem. Eles passam o restante do dia nessas brincadeirinha irritantes e aproveitando a suave brisa.

***

Volteei! E só não fiz uma enoorme postagem me explicando porque seria quase o mesmo motivo de todas as meninas que postaram... Podem me mandar ir plantar batata por ter sumido, deixado a maratona e vocês abandonadas esperando meus capítulos. A questão é que eu precisei estudar muito para ficar mais sossegada no quarto bimestre! Mas nesse tempo andei tendo algumas ideias para inovar, o que acham dessa? Espero que gostem, beijos!

"Abrir link em uma nova guia" para poderem visualizar melhor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo