25 de jul de 2015

A mãe adotiva da minha filha - Capítulo 10

O que você faz aqui?
Chay: Pra que quer saber?

Arthur: Quero conversar com ela.

Micael: É melhor ir e aproveitar que a Jhulie esta cochilando. – Disse anotando o endereço do apartamento de Lua e entregou a Arthur.

Arthur estava angustiado sentindo que algo iria acontecer e com essa angustia saiu rapidamente.

**********

A campainha na casa de Lua toca e ela vai atender.

Lua: O que você faz aqui? – Assustada.

**********

Arthur: Anda logo merda. – Buzinou, estava em um trânsito. – E isso lá é horas de ter trânsito?

**********

XxX: Vim te ver filhinha. – Disse sorrindo irônico.

Lua: Você não é meu pai. – Dando passos para trás.

Fernando: Sou sim, e vim terminar o que comecei há 14 anos. – Disse se aproximando mais da mesma.

*************

Arthur: Mais será possível? – Não parava de buzinar, abaixou o vidro na intenção de ver o que estava acontecendo, mas não viu nada. – Que merda. – Fechou o vidro novamente.

**********

Lua tentou correr, mais foi em vão Fernando a pegou pelo braço e a jogou no sofá, e logo em seguida tentou agarrá-la, mas Lua não parava de se debater.

********

Arthur: Nossa não acredito que fiquei esse tempo todo lá para não ter nada aqui. – Disse acelerando o carro. – Tá de brincadeira.

**********

Lua não conseguia se soltar, já estava apavorada e chorava relutando contra ele, Fernando rasgou a blusa dela e Lua entrou em desespero, depois o mesmo tentou beijá-la, mas Lua mordeu o lábio do mesmo com força fazendo sangrar.

Fernando: Sua puta. – Deu um tapa no rosto dela, abriu o sutiã da mesma e logo começou a apertar os seios dela com força, e Lua gemia de dor.

Mabi começou a chorar no quarto.

**********

Arthur desceu do carro e foi direto para o elevador, logo chegou em frente ao apartamento de Dulce, e ouviu o choro de Mabi e os gritinhos de Lua e rapidamente foi para trás para pegar impulso e chutou a porta fazendo a mesma quebrar a fechadura e abrir, e viu Lua deitada aos prantos e viu um homem em cima dela, tentando tirar seu shorts. Arthur pegou o mesmo pelo ombro e deu-lhe um soco e Fernando caiu no chão. Arthur subiu em cima dele e deu outro soco até que Fernando ficou desacordado.

Lua estava encolhida no sofá cobrindo os seios com os braços.

Arthur: Calma já passou. – Abraçando-a e acariciando o cabelo dela.

Lua: Ia acontecer de novo. – Soluçando. – Estou com medo. – Confessou e Arthur a aninhou mais em seus braços e depois a pegou no colo subiu as escadas e a colocou em seu quarto, e entregou uma blusa que estava em cima de um pequeno sofá que havia no quarto e a mesma se cobriu.

Arthur: Calma princesinha. – Disse pegando a filha que estava vermelha de tanto que havia chorado.




3 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo