10 de abr de 2015

[CAPITULO ÚNICO] - PRIMOS




PRIMOS.

INSPIRADA NA MÚSICA: Esse amor tão errado – MANU GAVASSI.    
                                            (Opcional acompanhar com a música.)


–  Você sabe o que eu sinto por você, Lua, você sabe que eu te... –  Ela ergueu uma mão como se pedisse para que ele parasse de falar e assim ele fez.

–  Não tente me agradar, Arthur... –  Ela suspirou cansada. – Nós dois sabemos que isso não deveria nem ter começado! –  Ela estava calma, ela vinha pensando em tomar essa decisão a muito tempo, eles eram primos, era inaceitável, ele não queria assumir ela, e ela já estava cansada de ser a segunda opção, ela estava cansada de se esconder, ela queria viver, mesmo que pra isso ela tivesse que ficar bem longe dele.

               Era triste terminar com o próprio primo, como seria dali pra frente, como eles iriam se encarar nas festas de família? Ela não pensava nisso, ela só queria que ele ficasse feliz com a namorada dele, ela queria não ser “a safada da prima dele”.

–  Isso não é verdade! –  Ele falou tão baixo que ela quase não o ouviu.

               Os olhos dela se encheram de lágrimas, mas então ela piscou algumas vezes para mantê-las nele.

– Você sabe que é! –  Deu um meio sorriso e então tocou o rosto dele. –  Eu não quero que você fique com raiva de mim ou que você se afaste, eu quero continuar tendo a sua amizade! –  Falou ela enquanto sentia seu coração se apertar, seu rosto começar a ficar quente e a sua voz ficar embargada. –  Vai ser meio estranho no começo, mas... Nós podemos conviver com isso! –  Ele passou as mãos pelo rosto e então se levantou do sofá.

–  Pelo amor de Deus, Lua... Nós não vamos conseguir, você não vai me esquecer e nem eu vou... Para de tentar fazer com que isso dê certo, não vai dar, eu quero ficar com você! –  Ele estava tão nervoso, ele estava com tanto medo, ele a amava de verdade e nem por um segundo a enganou.

               Ela o olhava atentamente, continuava calma, ela não tinha mais forças para rebater. Ela só queria acabar com aquilo, ela só queria que ele fosse embora, ela só queria passar a noite chorando como qualquer outra garota normal faz quando termina com o seu namorado... No caso dela: “ Namorado/Primo/Amante”.

–  Facilita as coisas pra mim? –  Ela pediu deixando uma lágrima solitária descer pelo seu rosto, aquilo cortou ainda mais o coração de Arthur. –  Vai embora! –  Ela fungou e secou a lágrima.

–  Só me diz o por que disso tudo! –  Ele mordeu o lábio inferior e então voltou a se sentar na frente de Lua.

–  Você não me ama mais, Arthur! –  Ela deu um meio sorriso falso, pois mais uma lágrima solitária caiu pelo canto do seu olho. –  Eu sei, eu sinto! –  Ela sussurrou enquanto passava a mão no rosto dele novamente, aquilo já havia virado uma mania, uma mania que ela tinha de esquecer. – 

               Ele sabia que aquilo era verdade, só não queria acreditar, ele a amava, mas não como sua mulher e sim como sua prima e amiga!

–  Agora que você sabe que eu sei, eu quero que você seja muito feliz, eu te desejo tudo de bom, eu quero que você e ela tenham toda a felicidade do mundo, porque você merece! –  Já não eram mais lágrimas solitárias.

– Não faz isso... –  Ele pediu calmamente.

–  Eu estou te poupando, Thur, isso tudo acabaria mal, mas eu to aqui.  –  Pausou um pouco e chorou. –  Eu quero que tudo isso passe, eu quero que tudo volte ao normal, eu quero te ver feliz com quem você ama, e nem pense em ficar triste, eu faço isso por você! –  Ela deu um sorriso. –  Mas eu prometo que vai passar! –  Ela o acalmou.

               Ele não disse nada, ele não podia, tudo o que ela disse era verdade, ele não a amava mas, o que ele podia dizer que não a fosse magoar mais ainda?!

–  Esses últimos meses eu fiquei tão magoada, tão triste, porque eu sabia que as coisas não eram como antes, e me doía ver que você não era feliz comigo, mas você estava tentando, você estava tentando me manter feliz, só que eu não estava, eu não estava porque você não estava! –  Secou suas lágrimas com as costas das mãos. –  E então cá estou eu, quebrada, doida pra chorar a madrugada toda, mas uma coisa me conforta, eu sei que você vai ser feliz sem mim, eu sei que é o melhor pra nós dois! –  Fungou novamente.

– Prima... –  Ele sussurrou.

–  Eu te amo, tá?! –  Ela sorriu, mas as lágrimas caíram, não iria ser fácil, mas na vida nada é fácil... O que vem fácil, vai fácil!


*****
Hey, amores... Achei que ficou bonitinha, mas... Sei lá, espero que gostem! ;) :*

4 comentários:

  1. Nss ....que Lindaa... Vai cont....? Eu gostei ...❤❤❤❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  2. amei podia ter continuação em

    ResponderExcluir
  3. Continuação pfpfpf

    ResponderExcluir
  4. Ah , meu deus quer Me matar ? Ne ?
    Cara adorei , a Historia deles dois como Primos ,
    Pena que Acabou com o final Triste , mais :(
    Ficou otima parabeens *--*
    Xx Yasmin D

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo