19 de mar de 2015

[MINI FIC] Não aceitamos devoluções!

 

Capítulo 2 - Parte 1


Arthur pegou Maggie e dirigiu até a lanchonete de seus tios - pais, afinal, foram eles que o 
criaram depois que seus pais morreram num acidente de avião. Assim que estacionou, saiu correndo e só quando estava chegando perto da entrada, lembrou-se de que Maggie estava dentro do carro. 

- Da próxima vez que eu te deixar sozinha e você não disser nada, eu juro que eu te abandono! - ele disse pegando Maggie no colo, a mesma deu risada.

Ele entrou e seu tio estava atendendo uma mesa, assim que viu Arthur ele acenou.

- Vem cá, o senhor sabe trocar frauda? - ele ergueu Maggie para frente por conta do mal cheiro.
- Claro, que sei. Escuta, de quem é essa criança? - Carlos, tio de Arthur, perguntou enquanto pegava Maggie.
- Minha - ele coçou a nuca - Cadê a tia Liz?
- Já está vindo - Carlos disse. Ele começou a soltar a fralda de Maggie e Arthur tapou o nariz - Nossa! Quanto coco.
- Ai, que nojo! - Arthur disse e se sentou na cadeira. 
- Vai se acostumando meu rapaz - Carlos riu - Agora me explica essa história direito, você nunca disse que tinha uma filha.
- Até à meia hora atrás eu também não sabia - Arthur coçava a nuca de nervoso.
- Arthur! - Liz chegou sorridente, como sempre, e cumprimentou Arthur co um beijo na bochecha. Até notar a presença de um bebê encima da mesa - Que linda! Quem é ela?
- Minha... - ele suspirou antes de dizer - Minha filha.
- Como você se chama, meu amor? - Liz falava com Maggie enquanto fazia cócegas em sua barriga - Como ela se chama?
- Sei lá - Arthur deu de ombros - O nome deve estar aqui - ele entregou uns documentos que estava na bolsa que Laura tinha deixado com ele.
- Maggie - Liz leu na certidão de nascimento - Parece nome de molho - riu.
- Você vai ficar com ela? - Liz sorriu com a possibilidade do sobrinho, finalmente, criar juízo.
- Claro que não, tia! Eu vou leva-la de volta para a mãe dela. 
- Não acha que está na hora de você criar juízo nessa sua cabeça? - Liz o repreendeu.
- Não, não, não! - Arthur levantou e começou a andar de um lado para o outro - Oque que eu vou fazer com uma criança? Adeus liberdade, adeus às turistas, pelo amor de Deus, eu vou ter até que trabalhar! - ele fez careta - E depois eu vou ter que mandar ela pra escola. E dar de comer.
- E todos os dias - Carlos disse - Três vezes.
- E pior, ainda vou ter que fazer voz de idiota pra ela comer - Arthur continuava - Vou ter que suportar assistir cem vezes o Barney! Um dia ela vai me perguntar: "Por que meus peitinhos estão crescendo?", ou "Por que está saindo sangue da minha vagina?". O que eu vou dizer? - Liz dava risada do desespero de Arthur - Quando mais velha, vai querer meu carro emprestado. Sem contar que eu vou ter que dar uma surra no namorado quando ela me aparecer grávida. Não, não! Essa vida não é pra mim. 
- Eu tenho uma ideia - Carlos disse - Por que você não escreve pra Angelina Jolie? Vai ver, ela adota a menina. 
- Cala a boca! - Liz lhe deu um tapa - Eu já sei, vamos até sua casa. Ela deve ter te deixado alguma carta, telefone, endereço ou algo parecido.
- Ah, me deixou sim - Arthur disse bufando - Uma criança!

***
- Eu achei outra caixa. 

Carlos, Liz e Arthur estavam na sala. Cartas, calcinhas, sutiãs, bilhetes e tudo que fosse lembrança de alguma das mulheres que Arthur já tinha dormido, estava espalhado pelo chão.

- E aqui tem uma carta de uma Laura - Liz disse. Arthur sentou-se do lado dela para ver melhor.
- O que está escrito? - Carlos perguntou.
- Ela me escreveu? - Arthur franziu o cenho.
- Sim, tem mais de um ano - Liz abriu o envelope e começou a ler - Saudades de quando você beijava a minha... - Liz arregalou os olhos - Meu Deus! Que safada.
- Me dê aqui - Arthur pegou a carta.

"Oi Arthur. 
Espero que ainda lembre de mim, sou eu, Laura. Não estaria te escrevendo se não fosse realmente importante. Nós temos uma filha. Eu estou grávida, só que não é tão simples assim, eu preciso que você cuide dela. Desculpe. 
Laura". 

- É sério? - Arthur bufou - É só isso? Eu não credito.
- Olha, tem uma foto também - Liz tirou do envelope uma foto onde Laura está com um maiô vermelho enfrente à um hotel - Isso é um hotel. Chama-se Califórnia Hills Hotel. Ela deve trabalhar lá. 
- E onde fica isso? - perguntou Arthur.
- O que? - ele bufou novamente - Eu não sei nada de inglês.
- Então o jeito é você ficar com ela - Liz sorriu.

***

- Olha, eu quero que eu saiba que pelo fato de eu estar indo te devolver para sua mãe, não quer dizer que eu não goste de você. Mas é que você vai ficar melhor lá com ela do que aqui - Arthur colocava a roupa de Maggie enquanto conversava com ela - Por exemplo, lá nos EUA os filmes estreiam muito antes do que aqui no Brasil. Imagina que quando aqui chegou o Crepúsculo, lá já estava em Amanhecer. Aliais, se você ficar aqui no Brasil comigo, você vai ser bonita só que mais escurinha e baixinha. Ao contrário de lá nos EUA que, com certeza, você vai ser uma loira alta peituda - Maggie brincava com as chaves de Arthur - Aliais, aqui você pode ser assaltada a qualquer momento. Sem contar da corrupção, dos traficantes, do trânsito, escola, saúde... Aqui só tem desvantagem, sabe? 
- Já arrumou ela? - Liz apareceu na porta do quarto.
- Sim. Já podemos ir. 
- Tudo bem. Vamos.

Os tios de Arthur o levaram até o aeroporto. Durante o caminho, Arthur não disse nada, apenas ficava olhando através da janela. Liz e Carlos conversavam e ele apenas balançava a cabeça. Quando chegaram, Arthur comprou as passagens e eles ficaram esperando.

- Você tem certeza, meu amor? - Liz perguntou a Arthur. Ela estava com Mag no colo - Se Laura deixou a menina com você...
- Eu não posso cuidar de uma criança, tia! Eu não cuido nem de mim, o que eu vou fazer com ela? - ele suspirou - Eu seria um péssimo pai.
- Tudo bem. Não vou mais insistir - Liz deu Maggie para Arthur - Qualquer coisa, me ligue. Não importa a hora. 
- Ta bom - ele sorriu e lhe deu um beijo - Agora, precisamos ir. 

Arthur se despediu de seu tio, Carlos, e embarcou. 

Desculpem a demora. Fico feliz que tenham gostado =) Posto logo a parte dois?

7 comentários:

  1. Ai q Divoo. Quando a Lua vai aparecer?? Posta logoo

    ResponderExcluir
  2. O artur nao podr deixar a maggie com a laura
    Eu axo que a laura esconde algo talvez uma doenca continua
    Isa

    ResponderExcluir
  3. Ameiiiii !!!!!!Quando a Luinha vai aparecer ?
    Posta logo

    ResponderExcluir
  4. o arthur não pode dar a maggie a laura
    eu acho que a laura esconde algo talvez uma doença
    continua logo
    isa

    ResponderExcluir
  5. Simmmm, amando a web , necessito demais !

    ResponderExcluir
  6. cade? quero mais cap. To amando e quero dizer q: o Arthur é retardado e to com dó da filhinha dele. Quando a Luinha vai aparecer?

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo