1 de fev de 2015

Royal Love



Espero que gostem!

Parte 1.

Os picos das colinas começavam a serem encobertos pela neve enquanto a noite dava os seus primeiros sinais,o céu se coloria em tons suaves de rosa e laranja.
Logo o sol desceria por completo do céu e Lua poderia finalmente fazer o que ansiava a tanto tempo:
Encontrar Arthur.

Ela já perdera a conta de quantas vezes olhara para o relógio de ponteiro que ficava no grade salão durante os dias em que não se viram.
E ali estava ela,olhando novamente.

Se a visse daquela forma ele provavelmente riria,abriria uma expressão debochada e diria algo pretensioso,mas ela não se importaria muito com isso.
Mas o que ela poderia fazer? Ela estava confusa ao o que sentia por ele.
E pensar nisso a fazia querer rir e chorar ao mesmo tempo.

Quando seu pai anunciara que ela estava prometida ao filho do rei das Ilhas do Sul e que eles se casariam em poucos meses ela simplesmente enlouqueceu,sabia que isso poderia vir a acontecer mas rezava para que tivesse sorte de não acontecer.

Porém quando conheceu Arthur,boa parte dos "sentimentos ruins" como dizia sua mãe,se foram,como a raiva profunda e o medo de acabar casada com um homem que parecesse um ogro.

Ele era simplesmente lindo,com um sorriso que fazia Lua esquecer de respirar por alguns segundos.
Era inteligente e incrivelmente charmoso,não que Lua deixasse isso transparecer para ele,mas a cada encontro de confraternização entre os reinos que existiam,como o jantar daquela noite, a deixavam ansiosa e digamos "saltitante".

Quando deram seis horas,Lua subiu para seus aposentos e tomou um banho rápido mas relaxante,ao se enrolar em uma toalha branca,com a ajuda de uma das criadas se arrumou,o longo cabelo castanho-escuro foi arrumado de forma simples porém bonita,duas tranças finas que partiam uma de cada lado da cabeça se encontravam no centro da cabeça se trançando entre elas,formando uma espécie de coroa enquanto o resto do cabelo caia solto pelos ombros formando cachos nas pontas,vestiu-se e colocou somente a corrente que ganhara ao fazer quinze anos,uma corrente dourada que tinha como pingente uma pérola cercada de pequenos brilhantes.

"Todas as moças merecem um brilhante quando fazem quinze anos,mostra o quão valiosas são" seu pai lhe dissera ao lhe entregar o presente,e agora próxima de completar dezoito e de casamento marcado,começava a concordar um pouco com o pai.

Era estranho pensar nisso já que ela e Arthur não tinham passado de um ou dois abraços rápidos de despedida e sorrisos que em sua maioria eram banhados com sarcasmo de ambos os lados,mesmo que esse não fosse seu maior desejo quanto a ele.Ela gostaria de conhecê-lo melhor,de verdade.Se conheciam de uma forma não muito profunda,mas ele a encantava e isso a assustava.
Lua desceu as escadas quando o relógio bateu sete horas e dez minutos e o barulho de carruagem chegando já havia sido ouvido.

Arthur estava ao lado do pai de quem visivelmente herdara boa parte da beleza,os cabelos castanho-escuro,as feições fortes e angulares,exceto os olhos castanhos claros que herdara da doce Rainha Isabela
,ele estava impecavelmente vestido como sempre e quando Lua terminou de descer as escadas e se aproximou dos visitantes comuns ao castelo,ele a olhou de uma forma intensa,fizera isso algumas vezes antes mas até agora ela não sabia interpretar.Mas que fazia seu coração palpitar e seu rosto ruborizar um pouco.

-Princesa -Arthur faz um reverência e Lua responde com outra reverência segurando a saia do vestido roxo-escuro que se destacava em sua pele branca.

-É um prazer revê-lo -ela fala e abre um sorriso fraco e ela se surpreende quando ele corresponde o sorriso de uma forma gentil sem o cinismo que normalmente acompanha.
Após todos se cumprimentarem se iniciou o jantar,Lua já estava se acostumando com esse tipo de evento,eles começavam a falar sobre assuntos diversos até o foco se tornar O casamento normalmente o assunto surgia por parte de uma das rainhas.

-Dois dias!Isso não é empolgante?! -Rainha Marine,mãe de Lua,exclama e Lua sente o frio na barriga voltar.

Ela sobe o olhar para Arthur que já a encarava,ainda da forma que a olhara na entrada,intensamente.
Mas os dois pensavam a mesma coisa.Dois dias.

* * *

-Foi um jantar maravilhoso -Rei Lucas,pai de Lua,comenta enquanto todos se dirigem do salão de jantar,a uma sala menor e mais aconchegante para um café.

Arthur e Lua andam mais atrás de seus pais,e em uma certa distância um do outro,envoltos em seus próprios pensamentos.

-Podemos dar uma volta princesa? -ele pergunta se voltando para Lua e a tirando de seus próprios devaneios.

Lua levanta o olhar e encara um Arthur que parecia...Ansioso?

-Er...-Lua olha de relance para os pais dos dois que já estavam dentro da sala de estar,enquanto eles estavam parados na porta,ela se casaria com ele dali a dois dias,o que haveria de errado em um passeio? 
-Claro - ela responde por fim.

* * *
-O que você pensa em relação a tudo isso? -Arthur pergunta após alguns minutos caminhando pelo jardim.

- O que eu penso?-Lua pergunta de cabeça baixa e dá de ombros,ninguém lhe perguntava o que ela achava só disseram que aquilo era o certo e o que deveria fazer -Isso importa?
-Importa -Arthur fala e para olhando para Lua que logo que para de frente para ele -É  a sua felicidade -ele fala quando ela levanta o olhar pra ele.
-Somos da realeza,nossos deveres vem antes.

-Tem razão -Arthur fala e sorri fracamente para Lua -Mas eu gostaria de fazer você gostar de mim,pelo menos um pouco,já que estamos destinados um ao outro.
-Eu não diria destinados -Lua fala e ri sendo seguida por Arthur -E eu não te odeio,se pensa isso -ela fala e ele olha para ela com um pouco mais de atenção -É só que,isso é um pouco estranho para mim -ele sorri para ela mostrando que a entendia.
-Bom...Vamos nos acostumar -ele fala.
-A verdade...é que eu...-Lua começa mas se interrompe.
-Diga.
-Eu gostaria de conhecê-lo,de verdade...quero dizer...Sei sobre você o que todas as pessoas dizem mas...
-Quer ouvir quem eu sou da minha própria boca? -ele pergunta e Lua assente.
-Então -Ele oferece o braço a ela que aceita educadamente -O que quer saber primeiro?
Ele pergunta a ela quando voltam a andar.

* * *
-Então você ia passar os próximos anos velejando,em busca de novas terras? -Lua indaga e suspira.
-É loucura eu sei -ele dá de ombros.
-Eu acho incrível! -ela fala maravilhada -E o casamento estragou os planos,certo? -ela olha para ele que nega com a cabeça,e ela faz uma expressão confusa.

-Sempre foram...mais sonhos -ele fala -Meu pai permitiu por um tempo,depois negou,quando ele sugeriu em permitir novamente,foi anunciado que nos casaríamos,ele negou novamente e até riu sugerindo que se você quisesse,nós poderíamos ir - ele fala sorrindo e Lua assente com a cabeça e ele franze o cenho -O que?

-Eu adoraria -ela fala e ele continua com o cenho franzido -De verdade!Viajar em um barco para um lugar distante,parece ótimo -Lua fala animada e logo se repreende mentalmente e diz:
-Quer dizer,não importa,foi uma ideia estúpida -ela fala endireitando a postura que antes estava inclinada enquanto falava rapidamente.
Arthur sorri abertamente para ela e diz:
-Sua tentativa de parecer com as outras monarcas me diverte -ele fala e faz uma pergunta silenciosa com os olhos -Eu acho incrível você pensar assim,a maioria das garotas teria um chilique ao pensar em ficar em um barco,viajando sem rumo -ele fala e Lua sorri.
-Minha mãe costuma dizer que eu vim com defeito -ela fala e Arthur ri.

* * *
Todos estavam no portão do castelo se despedindo.
-Então te vejo em breve,princesa -Arthur fala dando um beijo na mão dela.
-Já pode me chamar de Lua.


Olá humanos.
Well,o meu projeto é de postar capítulos únicos aos domingos,e esse vai ser dividido eu achei que ficaria muito grande colocar tudo de uma vez.
Espero que gostem.
Beijos -M

4 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo