29 de jan de 2015

Será que dá amor?





Capitulo 3



Pov Arthur:

Estacionei a minha moto no portão de casa e fiquei jogando conversa fora com o Eric e o Micael.
Não estava afim de entrar não, tinha tido uma discussão feia, mas cedo com a minha mãe. E não estava me  sentindo nada bem com isso.
E ainda por cima, a essa hora a minha mãe já deve ter ido buscar a pirralha.
-Então cara, essa tua prima que esta vindo morar aqui tem quantos anos? - me perguntou Mika.
- Ah sei lá. Ela deve ter uns oito anos por ai.- eu falei sem um pingo de interesse.
- Poxa cara! Você nunca aparece com uma prima e quando aparece é pirralha. - disse o Eric suspirando desconsolado.
Eu e o Mika rimos e ficamos zoando com a cara do mané do Eric ate que ele parou olhando para um ponto fixo. E me cutucou.
- Ohh Arthur , aquela ali não é a Vivi? - ele falou e na mesma do hora eu olhei assustado para onde ele olhava.
Meu sangue gelou na hora.
Quem é a Vivi?
A Vivi é uma doida maluca de pedra que eu peguei certa vez, e me arrependi amargamente.
A garota e tão pirada, que eu já perdi a conta de tanta maluquice que ela ja aprontou comigo.
Tenho ate uma de cabeça aqui.

1°- A gente se pegou em um dia e no outro ela apareceu na porta da minha casa de mala e cuia dizendo que queria casar comigo.

2°-Uma vez em uma festa que eu dei aqui em casa, quando minha mãe se ausentou. Ela entrou de penetra e tentou a todo custo ficar comigo. Como eu não quis, ela subiu, entrou em meu quarto e tacou fogo nas minhas roupas. Se não fosse o Chay que tinha ido buscar uma camisa minha emprestada, porque a dele caiu tequila. A casa tinha pegado fogo.

3°-Certa vez ela colocou um pozinho para dormir na minha garrafa da academia (Ps. Não me perguntem como.) . Só que , eu emprestei a minha garrafa ao Eric que tinha esquecido a sua em casa e eu fiquei com pena, o cara estava quase desmaiando de desidratado. Moral da história o Eric foi parar na emergência , a garota colocou tanta a porcaria que o cara só acordou dois dias depois.
Na mesma da hora que vi a doida , dei no pé sem nem me despedir dos caras.
Passei pelo jardim e chamei o Miguel para colocar minha moto para dentro e fechar os portões para que a pirada não entrasse.
Entrei que nem um furacão pelos fundos da minha casa que dava no jardim.
Olhei para trás enquanto corria, e depois só senti o baque como se eu esbarrasse em alguém  e a água fria no couro.

Pov Lua:

Assim que meu corpo fez contato com a água, senti o gelo em carne viva.
Como estávamos no inverno, mesmo sendo  tarde ainda, fazia muito frio naquele dia.
Senti braços fortes me puxarem e fui erguida para cima dando de cara com o par de olhos castanhos mais lindos da minha vida.
Ficamos no encarando por um tempo, e eu consegui desviar o olhar do seu e o analisei um pouco.
Cabelos castanhos, como ele estava encharcado seu cabelo caia em gotas pelos seus belos olhos.
Pelo aperto que ele me dava eu conseguia sentir o quanto seu corpo era bem cuidado e sarado.
Encarei outra vez seus olhos quando ele me soltou e disse rudemente:
-Não olha por onde anda não garota?
-Hey! Você que veio correndo para cima de mim.- eu disse indo ate a borda e saindo da piscina.
Ele saiu também dizendo:
-Agora a culpa é minha? Até onde sei eu ando por onde quiser. Essa casa é minha.
Olhei apreensiva para ele e meus olhos encheram de lágrimas quando ele me lembrou que ali não era a minha casa, que ali simplesmente não era o meu lugar.

Pov Arthur:

Os olhos dela encheram de lágrimas e eu sai dali antes que meu eu ficasse maluco.
O que era aquela garota?
Ela era linda, suas madeixas molhadas deslizando pelo sou lindo rosto de porcelana.
Sua pele delicada encharcada pela água gelada da piscina.
E aqueles olhos apreensivos, me fitando como se quisessem dizer algo como se...
Balancei a cabeça expulsando esses pensamentos e fui em direção ao meu quarto para tomar um banho.

Pov Lua:

Sequei minhas lágrimas e voltei para a sala Leticia estava lá e subiu comigo até o meu suposto quarto.
Ela me mostrou a porta cor de rosa, e se despediu educadamente falando que tinha que ajudar sua madrinha na cozinha.
Girei a maçaneta e meus olhos voltaram a ficar marejado.
Acreditem se quiser mais “meu” novo quarto era a, replica perfeita do meu antigo quarto.
A única coisa que os diferenciava, era um enorme mural que tinha nesse novo quarto com fotos antigas meu, com amigas e com meus pais.

Continua...

Comentem meu povo!
O que estão achando?
Estão gostando?
Bjs...

8 comentários:

  1. perfeita quero beijo luar logo

    ResponderExcluir
  2. Precinto que essa leticia (:P) ira atrapalhar Luar

    ResponderExcluir
  3. Posta mais +++++, logo please

    ResponderExcluir
  4. Tadinha Da Lua Ninguem merece ser tratada desse jeito hhaha ' continua amandoooo

    ResponderExcluir
  5. Aaaaa quero mais amando
    Também acho que essa Leticia vai atrapalhar LuAr

    (Fer)

    ResponderExcluir
  6. Maaaais , HaHa Ta perfeitooo *--*
    Parabens !
    Xx Yasmin S

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo