30 de dez de 2014

Little Rebels - Capitulo 29





-Oi aliada. -Disse Carter no meu ombro me dando um susto e me fazendo fechar o armário com mais força do que desejava.
-O que você quer? E não me chama desse jeito, se eu ando com você não quer dizer que concordo com tudo. -Falei. Só queria alguém que não fosse chegado á esses idiotas que estão sempre felizes com tudo e com todos. A vida não é tão feliz assim.
-Mas eu aposto que você vai querer se juntar á mim.
-Como pode ter tanta certeza, sou tão transparente assim? -Perguntou ela irônica e saiu andando com o garoto sorridente atrás dela.
-Em parte é a sua clara transparência que deixa a mostra a sua fragilidade, mas a cima de tudo... você acha que ninguém nota que você almoça sozinha no jardim? Você precisa de um amigo, eu quero ser seu amigo, doçura. -O Sotaque americano era um pouco incomodo, e ela sentiu raiva subindo á todo vapor no seu corpo ao ouvi-lo pronunciar o "Docinho"... Só e apenas o seu pai pode chama-la de docinho.
-Eu. Não. Preciso. De. Amigos. Entendeu ou quer que eu desenhe? -Respondeu ela pausadamente.
-Qual é morena, a gente formaria uma boa dupla! E eu não tô te pedindo pra matar a presidente tá? É só você me ajudar a ficar com a Bianca de novo. -Insistiu ele.
-Caramba, você não supera não?
-Não quando ela me superou, nem uma das ex namoradas me superaram antes.
-Sempre tem uma primeira vez pra tudo, baby.
-Não pra mim... Qual é, eu sou o cara mais querido em todos os lugares por onde eu passo.
-Pelo que eu ouvi por aqui, não é mais... O nome dele é Frederico, priminho dessa sua garota. E pelo que eu sei eles se dão super bem. Então, se quer ser o mais amado, descobre um podre do Frederico.
-Eu sabia que você ia acabar ajudando.
-Eu não disse isso.
-Nem precisa, a empolgação no seu rosto já diz tudo. -Ele sorriu... Ela tinha que admitir, aquilo era empolgante.
-E se eu disser que concordo... O que eu ganho com isso?
-Um garoto que você goste como namorado?
-Não gosto de garotos.
-Uma garota?
-Não seu idiota, eu disse que não gosto dos garotos dessa droga de colégio, são todos uns mauricinhos idiotas.
-Calma ai, pra quê tanta raiva no coração? Seguinte, se me ajudar, eu trago qualquer pessoa, de qualquer lugar pra cá. -"Tio Rapha" foi a primeira coisa que ela pensou. Raphael era um tio de Jessica, irmão mais novo da sua mãe, era mais ou menos cinco anos mais velho que ela. Depois que a mesma foi morar com a irmã, ele recebeu uma proposta para trabalhar do outro lado do país... Foi um trauma para a menina, eles eram muito apegados um ao outro.
-Feito!!




Maddie:: CHEGAY!!!! Consegui um computador provisório enquanto o meu ta na UTI (Também conhecida como ultimo lugar na lista de prioridades do meu querido pai) então acho que terei bastante tempo para postar de agora em diante porque... EU PASSEI!!! Pra quem não sabe, eu tinha ficado na recuperação final mas graças a deus, eu passei!
Amanhã tem especial de fim de ano de Little Rebels, okay? (Flashbacks é claro já que na historia ainda estão em fevereiro, aliás... Quem sabe um especial de carnaval né?)

XOXO
Maddie

Um comentário:

  1. Ebaa a nossa Diva Voltou👏😍
    Tava morrendo de saudade Maddie😔
    já te falei q sou louca pelas suas webs?!😍❤️ Maiiss☺️❤️

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo