17 de nov de 2014

Obsessed - Capítulo 4 - Tudo tem um preço


                                Maratoonaaa *-*
                                    1/3
Eu estava parado na frente daquela menina já fazia um tempo e ela parecia estar bem nervosa, não só nervosa, ela estava assustada, sua respiração estava pesada e ela estava suando frio. Pensei em perguntar o por que mais antes mesmo de me pronunciar ela me interrompeu pedindo pra que eu ficasse longe dela, outras circunstâncias eu não obedeceria mais devido a tais situações eu preferi deixar quieto e não me alterar, até por que o dia foi longo ontem, acordei faz pouco tempo, estou faminto e querendo ir tomar um banho, não estou com tempo e muito menos com paciência pra aguentar piti de mulher a essa hora.

- Tudo bem, eu vou tomar uma ducha e me vestir e depois nós conversamos. - Disse - 

Ela permaneceu em silêncio e eu entrei no quarto, fui pro banheiro, tirei e cueca e tomei um banho longo. Sai, fui ao closet , me vesti, me arrumei rapidamente e desci. Encontrei os meninos que estavam tomando café na cozinha e encarei o ambiente atrás daquela menina mais não a encontrei. Subi novamente e me conduzi até o seu quarto, bati na porta e a abri.

- Já tomou café?-perguntei entrando e encostando a porta

- Não.-respondeu simples-

- Não vai tomar? -perguntei-

- Não pretendo.-respondeu-

- Esta sem fome?-perguntei colocando as mãos no bolso-

- Perdi ela.-respondeu-

- Você ainda não me disse o seu nome.-comentei-

- Pra minha segurança eu acho melhor não te dizer.-disse e dei um longo suspiro-

- Pra sua segurança?-perguntei confuso- O que quis dizer com isso?

- Você sabe o que eu quis dizer.-respondeu-

- Não curto meio termos,gosto de respostas diretas.-comentei me sentando-

- Com você eu prefiro usar meio termo.-comentou- Eu acho melhor eu ir agora.

- Ir aonde?-perguntei-

- Ir embora.-respondeu- Obrigado pela hospedagem.

- Precisa pagar por ela.-comentei a encarando-

- Eu não tenho dinheiro, ainda não recebi pelo desfile.-disse me encarando-

- Quem foi que falou em dinheiro?-perguntei dando um sorrisinho-

- O que você quer que eu faça? Eu preparei o café.-comentou-

- Tenho empregadas pra isso.-disse me levantando-

- Imaginei.-comentou-

- Não vai me dizer o seu nome?-perguntei-

- Não.-respondeu-

- Então eu acho que terei que forçar a barra um pouquinho.-comentei-

- Faça o que quiser, eu estou indo embora.-disse pegando suas coisas-

- Não posso deixar você sair assim sem mais nem menos.-comentei me aproximando-

- Eu não sei o que você quer que eu faça.-comentou me encarando-

- Não é muito difícil de adivinhar.-comentei ainda me aproximando-

- E, eu vou até a agência buscar o dinheiro e peço pra te entregarem.-disse e eu ri-

- Não quero o seu dinheiro, pode ficar com ele - Falei 

- Suponho que não precise dele.-comentou me encarando-

- Dinheiro é uma coisa que não falta no meu mundo.-comentei-

- Que bom pra você.-disse se esquivando- Pode me deixar ir agora?

- Vai me dizer o seu nome?-perguntei-

- Não.-respondeu-

- Por que não?-perguntei-

- Vai ter que se esforçar um pouco mais.-respondeu e eu sorri a encarando-

- Não será problema pra mim.-comentei-

- Imagino que não.-disse-

- Vou pedir pro motorista te levar até a agência.-disse-

- Não será necessário, eu vou a pé.-disse-

- Faço questão, você esta a quilómetros da cidade, se é que não percebeu.-disse-

- Eu já deveria ter imaginado.-disse baixo, mas foi o suficiente pra eu ouvir-

- Como?-perguntei-

- Nada, eu estava pensando alto.-respondeu-

- É impressão minha, ou eu te deixo nervosa?-perguntei-

- Eu acho que já esta acostumado a causar isso nas mulheres.-respondeu ironicamente-

- Menina esperta.-comentei-

- Vai demorar?-perguntou-

- Pra que?-perguntei-

- Me deixar ir.-respondeu-

- Depende.-comentei-

- Do que?-perguntou-

- Quando irá me dizer o seu nome?-perguntei-

- Eu já disse que precisase esforçar mais.-respondeu-

- Não será necessário.-comentei-

- Você acha que não?-perguntou-

- Tenho certeza, tenho meios de fazê-lá falar.-respondi

- Vai enfiar uma faca no meu pescoço ou me apontar uma arma?-perguntou-

- Por que acha que eu faria isso?-perguntei-

- É o que os bandidos fazem.-respondeu- Eles ameaçam as pessoas.

- O que sabe sobre isso?-perguntei-

- Sobre os bandidos ameaçarem as pessoas?-perguntou- O suficiente.

- O que sabe sobre mim?-perguntei-

- Eu não sei nada sobre você.-respondeu-

- Esta mentindo, o que foi que você ouviu?-perguntei-

- Eu já disse. -respondeu-

- Pode ser pior se você não falar.-comentei-

- Esta me ameaçando?-perguntou-

- Talvez.-respondi-

- Se eu disser você me deixa ir embora?-perguntou-

- Esta negociando?-perguntei-

- Talvez.-respondeu-

- Desembucha.-disse firme-

- Pra começo de conversa eu não estava ouvindo de propósito.-comentou-

- Vou fingir que eu acredito.-disse a encarando-

- É a verdade, eu vim chama-lo pra tomar café e acabei escutando.-comentou-

- Continue.-disse-

- Você é a pessoa mais sem noção que eu conheço.-disse me encarando-

- Você não me conhece.-disse a encarando-

- E nem pretendo.-disse-

- Por que acha que eu sou sem noção?-perguntei-

- Você se considera o manda chuva, o popular, o rei da cocada preta.-respondeu- Já ouvi falar muito de você, já ouvi comentários a seu respeito e nenhum deles era bom.

- Se importa com o que as pessoas pensam?-perguntei-

- Não, a sociedade gosta de julgar e o povo fala demais.-respondeu-

- Então.-disse-

- Mais a seu respeito eles estão certos.-disse-

- Continue.-pedi-

- Na sua cabeça você comanda o Canadá, comete os seus crimes, delitos, é um marginal, um criminoso, ladrão, um hipócrita sem caráter. Você tem razão eu não te conheço, ouvi falar de você por que você esta acostumado a ficar na boca do povo, todos te conhecem, você já deve estar acostumado com o assedio, espero que saiba que é puro interesse.-dizia firme-

- Não me disse nada que eu não saiba.-comentei- Mais curti, é uma menina corajosa.

- Por que? Ninguém nunca te disse umas verdades antes?-perguntou-

- Você ouviu demais.-respondi respirando fundo- MIKA.

Chamei pelo Mika e fiquei o esperando em silêncio, a minha respiração tinha pesado. Ela tem razão, ninguém nunca me disse umas verdades antes, mas ela não disse nada que eu não saiba, sei disso e de muito mais, ela não sabe da missa a metade, mais por via das duvidas eu não posso deixar essa menina solta por ai, afinal, ela passou a noite na minha casa, ouviu a minha conversa, eu não sei a partir da onde ela ouviu, mais mesmo assim já é um risco, ela me viu ameaçar um bandido ontem e sacar uma arma, e se ela resolve bater isso pra alguém? Os segredos do Arthur Aguiar não podem vazar.

- Fala Arthur.-Mika apareceu na porta-

- Você tem irmãos?-perguntei a encarando e ela negou- Com quem você mora?

- Não é da sua conta.-respondeu-

- Com quem você mora?-perguntei levantando a voz e me aproximando-

- Passe todos os seus dados pro Mika.-disse firme-

- Não faça perguntas apenas me obedeça.-respondi-

- Eu não sou sua marionete.-rebateu e eu a encarei sério-

Quem essa garota esta pensando que é pra me tratar desse jeito? Ta certo que agente não se conhece mas ela não sabe com quem esta se metendo e eu acho melhor ela fechar a boquinha antes que eu resolva fazer isso. Me aproximei e fiquei de frente pra ela, ela estava imóvel me encarando, nossos olhos estavam colados um no outro e nossos corpos também.

- Escuta aqui cadela, é melhor você abaixar a bola.-sussurrei calmo- É só um aviso.

- O que você vai fazer?-perguntou respirando fundo-

- Você não vai querer saber.-respondi me afastando- Faça o que eu mandei.

- Você ouviu? Faça o que ele mandou vadia.-Mika disse se aproximando-

Sai dali e deixei os dois, ela passaria todos os seus dados pro Mika que providenciaria a ficha completa dela. Eu quero saber de tudo, cada detalhe desde o momento em que ela nasceu. É isso que ganha por se meter onde não é chamada e ainda por cima ousar desafiar o Arthur Aguiar. Eu já disse o quanto eu odeio que me contrariem?

                                             Lua Blanco P.O.V

Fiquei sozinha naquele quarto com aquele garoto que não tirava os olhos de mim, eu estava totalmente constrangida e desconfortável ali. Fora o medo, a tensão, o pavor, o susto, a vontade de sair correndo e o desejo de poder voltar no tempo pra não estar ali agora.

Passei todos os dados possíveis pra ele e ele veio pra cima de mim, pra cima no sentido se aproximou a ponto de querer me tocar mas quando iria fazer isso o Arthur abriu a porta.

- Terminaram?-ele perguntou entrando-

- Temos o suficiente.-Mika respondeu se afastando-

Respirei fundo e me encolhi nos meus braços, o Mika saiu e ele e o Arthur ficaram um tempo no corredor, depois de um tempo o Arthur entrou no quarto sozinho e fechou a porta.

- Vamos Lua.-Arthur disse me encarando- Lua Blanco é esse o seu nome?

Apenas assenti, ele deu um sorriso sínico e eu bufei. Ele se aproximou e segurou no meu braço me puxando pra fora do quarto com certa força, aquilo estava doendo mas eu não conseguia nem pensar no que fazer, eu estava confusa demais com tudo aquilo. Eu mal sabia o que estava acontecendo e o que aconteceria dali pra frente, eu só sei que não é coisa boa.

- Aonde esta me levando? -perguntei sentindo os meusolhos lacrimejarem-

-Vamos pra um lugar mais reservado.-ele respondeu me puxando pelo braço, senti uma raiva, um ódio percorrer o meu corpo naquele momento, eu estava tremendo-


                  Maratoona de Obsessed é Dangerous Woman :3

9 comentários:

  1. Maratonaaaaaa #AmeiAmeiAmei
    Postaaaa mais
    Xx Mila Mozart

    ResponderExcluir
  2. Posta +++++++++++++++++++++++++++
    TÁ IN-CRI-VEL!!!

    ResponderExcluir
  3. Posta maaaais ^^·

    ResponderExcluir
  4. sei que é chato, mas o mais chato é vcs prometerem maratonas e pararem no meio delas ou nem postarem um capitulo... entendo que estamos no ultimo mês de aula, sei como é sofrido escrever pq também passo por isso, mas quando eu escrevo e mostro para minhas amigas nunca prometo data por não conseguir mostrar no dia prometido e é muito chato quando prometem postar as web's e acabam não postando, acho que todos entenderiam melhor se pelo menos vcs explicassem o pq de parem de postar no meio de uma maratona ou nem chegarem a começar a maratona...AMO o blog, e acompanho a 2 anos, esse é um dos meus 5 blogs favoritos pois foi com eles que comecei a me apaixonar por esse mundo de web's e fanfic's e é muito chato ver como o blog anda bagunçado, pois tem web's que nem estão na parte de "andamento" e tem web's ja acabadas na parte de "andamento".... só queria dizer que AMO esse blog e as escritoras e as web's, mas é triste ver ele desse jeito....

    ResponderExcluir
  5. Cadê o resto ?

    ResponderExcluir
  6. O que está acontecendo?? Cadê o resto da maratona?? :'(

    ResponderExcluir
  7. Oxe cade o resto da maratona?? :(

    ResponderExcluir
  8. Cade , o resto da maratona ? queremooos mais adoramoos o bloog , de vs :) ..
    Xx Yasmin

    ResponderExcluir
  9. ++++++++++++++++ é +++++++++++++++++

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo