27 de nov de 2014

Caminhos traçados



– Esse. – Pego e mostro para mesma que sorri sapeca.
– Pode pegar pra você. É presente. – Sorriu agradecida e vou me trocar.

– Temos que decidir quem vai com quem, e quem vai dirigir. – Micael disse.
– Eu sei que vou beber, então só posso levar o carro, outra pessoa tem que trazer. – Arthur avisou, se jogando no sofá em seguida.
– Arthur você e pode vir comigo. – Rodrigo ofereceu. – Não pretendo beber muito hoje.
– Tem certeza cara? – Questionou Arthur e eu o olhei desconfiada. – Não quero morrer no meio do caminho. – Rodrigo riu assentindo. – Okay então eu vou.
– A Mel vem comigo no meu carro. – Chay abraçou a namorada, e depositou um beijo em seu rosto. –  Guilherme eu acho melhor você e a menina radical ai, vir com a gente. – Disse.
– Concordo Chay.
– Diego e Rayana podem vir comigo e o Mika. – Sophia sugeriu. – Amor você dirige ou eu dirijo?
– Eu dirijo Soph. – Deu um selinho na loira.
– E eu e a Lua? – Juliana pergunta indignada, não sei se é pelo fato de ter que ir com Rodrigo ou porque nossos amigos não citaram seu nome.
– Vocês podem ir com Arthur e Rodrigo ou cada uma vai em um carro. – Melanie disse sem rodeios.
– Eu vou com... – Ela estava prestes a fazer um discurso quando eu a puxo para um canto da sala.
– Tem certeza que quer ficar de vela? – Pergunto olhando os casais formados na sala, mesmo que Rayana e Diego não estivessem juntos, eu sei que isso um dia vai acontecer. – Se você acha que eles vão deixar de ficar se beijando só porque você esta lá ,você esta muito enganada.
– Ok, você me convenceu. – Suspirou dando-se por vencida.E depois olhou para Rodrigo que estava no canto da sala
– Eu e a Juliana vamos com o Arthur e o Rodrigo. – Digo. – Então vamos?
– Achei que ninguém nunca ia falar isso! – Diego com uma pontinha de ironia.
– Ixi. – Eu e Mel rimos.
....
No estacionamento
– Arthur você pode ir dirigindo? Eu não dormi bem essa noite e quero descansar um pouco.
– Claro, - Arthur pegou a chave e entrou no carro.
– Valeu cara. – Agradeceu Rodrigo, e os dois deram um toque de mãos.

Fiquei no banco do passageiro e Rodrigo e Juliana foram no de tras. Pelo retrovisor do carro vejo Rodrigo soltar um pequeno gemido.

– Rode ta tudo bem? – Perguntei me virando para mira-lo, Juliana que estava ao seu lado fez o mesmo.
– To com uma dor de cabeça insuportável. – Reclamou, esfregando a palma da mão no pescoço.
– Deita no colo da Juliana e descansa um pouco. – Pronunciou-se Arthur.

Rodrigo estava pronto para retrucar quando Juliana o interrompe.

– Pra mim tanto faz. – Fez pouco caso, desviando o olhar.
– Não precisa eu to bem assim.
– Larga  de ser teimoso Rodrigo, você vai ficar com torcicolo depois.

Antes de concordar ele encarou novamente a Juh que apenas assentiu, se aproximou um pouco mais da loira que eu podia jurar que ia ter um ataque depois, passou o braço por trás dela como se fosse abraça-la pela cintura, e automaticamente Juh colocou seu braço ao redor do pescoço do mesmo que deitou sua cabeça próxima ao pescoço da garota.

YEAP! 1x0  pro Rodrigo, ele realmente sabia como desarmar a Juh.

Olho de relance para Arthur, e me pergunto se nossa vida não fosse o que é, se teríamos alguma chance junto. Quando dou por mim, vejo que ele agora me encarava.

– Você acha que eles?... você sabe! – Perguntou baixo.
– Não sei. – Respiro fundo olhando-os pelo retrovisor. – Talvez. – Sorriu vendo minha amiga sorrir, quando Rodrigo dormindo a apertou mais em seus braços.

Rapidamente chegamos, ao pub que os garotos tinham falado. O local era deslumbrante, muito bem decorado e chamava muito a atenção.

Acordamos Rodrigo e entramos, por dentro ele era mais bonito do que por fora. No centro havia uma pista ampla de dança, o bar era totalmente de vidro, o que dava um ar sexy ao local quando era iluminado pelas luzes da pista de dança. Subindo uma escada dava para o segundo andar, onde pessoas conversavam, beijam, dançavam etc... lá tinha alguns puff’s e sofá.

Pov Off.
– Ai papai! – Diego disse passando a mão no peito. – Quanta mulher bonita! – Quase babou.
– Cara menos. – Pediu Guilherme rindo.
–Vamos no bar, quero beber algo bem forte hoje.Pra esquecer o que minha vida ta desmoronando. – Disse Juliana se dirigindo ao bar.
– O que deu nela hoje? – Arthur perguntou para Sophia.
– A mãe dela ficou ligando pra ela o dia inteiro. – Suspirou seguindo a amiga.
– O que vocês vão querer? – Indagou o barmen.
– Eu quero um copo de whisky, o melhor que você tiver. – A loira respondeu o que surpreendeu a todos.
– Vou querer um Martini. – Ray pediu.
– Quatro coquetéis sem álcool. – Melanie pediu, olhando para Sophia, Lua e Alice que concordaram.
– Eu vou acompanhar a loira ali. – Arthur apontou para Juliana.
– E vocês ?
– Vamos querer nada por enquanto. –Rodrigo respondeu por todos, enquanto observava Juliana beber o liquido que estava no copo que o garçom lhe entregou, todo de uma vez, e pedir outro.
– Isso não vai dar certo. – Lua cochichou para Alice.
– Também acho, é bem capaz dela passar mal depois. – Preocupada Alice pediu uma porção de petiscos. – É melhor ela comer alguma coisa antes de encher a cara.
– Vamos todos sentar ali. – Sugeriu Sophia, ao encontrar um lugar vago.
– Aqui parece ser bem legal né? – Comentou Chay.
– Também achei. – Arthur disse.

Lua, Melanie, Sophia e Juliana levantaram em um pulo quando começou a tocar Give me love.As quatro amavam aquela  musica, tentaram puxar os meninos para dançar com elas mais foi inútil.

Mesmo assim as quatro seguiram para pista de dança. Lua sentiu alguém puxando seu braço e quando virou para ver quem era, deu de cara com Caique.

– Caique. – Sorriu surpresa.
– Dança comigo essa musica? – Perguntou galanteador e a mesma aceitou.

Arthur que via a cena, não conseguia tirar os olhos dos dois, tinha varias garotas ao seu redor, mas a única que importava estava neste momento dançando com outro.

Give me love like her
'Cause lately I've been waking up alone
Pain splattered teardrops on my shirt
Told you I'd let them go

Por que disso agora Aguiar? Ele se preguntava. Era somente uma dança. Lua e ele não eram nada além de amigos ou melhor irmãos. Não tinha o porque de estar incomodado com a proximidade dos dois.
You know I'll fight my corner
And that tonight I'll call ya
After my blood, is drowning in alcohol
No I just wanna hold ya
Sentiu seu sangue ferver quando Caique sussurrou algo no ouvido de Lua que a fez corar.



Capítulo Aleluiaaaaa
Eu sei! Podem matar a tia Mandy, mais eu estava muito sem tempo, me perdoem meninas. Não vou prometer, nem jurar que vou postar todos os dias mais vou fazer o possível e o impossível pra postar diariamente.

Vocês dever ter visto o video da Suzanna, então gente vou fazer o meu essa semana e quem quer dar dica sobre tema para abordar?
Espero que gostem 
Beijinhos

5 comentários:

  1. Adorei, pena que vc não posta todo dia, mas entendo :), quero Luar juntos logo <3

    ResponderExcluir
  2. mirella vasconcelos28/11/2014 19:09

    Amando

    ResponderExcluir
  3. será que o Arthur vai tomar alguma atitude? sei lá tirá-la para dançar?

    Ana

    ResponderExcluir
  4. +++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  5. será que rola alguma coisa entre o Rodrigo e a Juh??? ela bebendo vai rolar confusão.
    perfeita a web

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo