12 de nov de 2014

A Luz das Estrelas


Capítulo 25
"Agradecer?!"

– Droga! Lua, esqueci meu celular no quarto... Se importa se eu for buscar?
– Não. Tudo bem. Eu vou indo - Lua diz com um sorriso.
Arthur  sorri desajeitado também e então desata a correr até o quarto para buscar o telefone.
Chegando lá Arthur  revira todas as gavetas e cobertas mas ainda sim não achou o celular.
Voltou correndo para o luau mas não para encontrar Lua. Foi direto na mãe que estava sentada à mesa conversando com o pai.

– Mãe, a senhora viu meu...? - Marye exibe o aparelho, o que faz Arthur soltar um suspiro aliviado - Graças a Deus!
– Aprenda a cuidar melhor dele - Marye entrega o eletrônico com certo desprezo - Helena ligou.
Arthur sentiu o coração parar e já não sabia mais respirar.
– O que?
– Helena ligou - repete a mulher.

– E... E o que ela disse? - Arthur sentia o coração pular dentro do peito batendo tão forte contra a caixa toráxica que chegava doer.

– Disse que precisava falar com você - Marye diz inexpressiva. Arthur abre a boca para falar algo mas não há tempo.
– E eu disse a ela que você não precisava mais dela. Que estava apaixonado pela Lua. O que é o correto. Mandei que ela nunca mais ligasse.

James se apoiou na mesa sentindo-se um pouco tonto. Olhou para o pai mas ele não disse nada em sua defesa. Apenas o olhou como a mãe o olhava.

– Eu não acredito - murmura o menino sentindo a garganta fechar - EU NÃO ACREDITO!- Arthur bate a mão em um dos jarros de flores sobre a mesa fazendo-o cair e se espatifar no chão. Agora todos no salão o olhavam - VOCÊ NÃO TEM O DIREITO DE FAZER ISSO MARYE MESTERS!

– Não grite comigo, garoto! Você vai precisar esquecê-la de qualquer forma! - Marye já estava de pé de frente para o filho.

– O que?! Vocês tem problemas! Vocês dois! -Arthur  olhava para os pais indignado - Eu odeio vocês! Eu odeio vocês dois!

– Não, não odeia. Você vai me agradecer Arthur - Marye toca o ombro de Arthur  mas ele recua com desprezo.

– Agradecer?! AGRADECER?! AH CLARO, MARYE! OBRIGADO POR ARRUINAR MINHA VIDA! MUITO OBRIGADO MESMO!

– Arthur  não fale assim com a sua mãe - diz Jensen finalmente se manifestando.

– Eu amava ela! Eu amo ela! Você não entendem isso? Que quero ela e não uma garota que vocês escolheram por motivos próprios, pensando em si mesmos!
-Quer saber, Jensen. Nunca mais quero falar com essa mulher. Nem com ela nem com você - Arthur dá as costas andando pesadamente.
As lágrimas finalmente podem sair e Arthur  as limpa furiosamente indo em direção ao lago. Já não se importava com todas aquelas pessoas olhando ou por ter falado daquele jeito com os pais. Uma dor em seu peito era maior. Maior e esmagadora. Parecia que alguém pisava em seu peito sem dó ou piedade.

EAE???

6 comentários:

  1. Vai ter mais hoje, por favor ñ vivo sem sua web fico contando os dias kk postaaaa

    Babi

    ResponderExcluir
  2. Pooosta mais pfvr , *--* #BlogPerfeito

    ResponderExcluir
  3. , tomara q o arthu fik com a Lua ! <333 '

    ResponderExcluir
  4. Posta ++++++++++++++hj
    Please

    ResponderExcluir
  5. mirella vasconcelos13/11/2014 11:11

    Amando posta +++++++++

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo