11 de nov de 2014

46° Unidos por uma criança // MARATONA

Boa Leitura!
Amores, quero me desculpar antes de tudo... Aahaha'... Gente eu não sei escrever Capítulos " Hot" então relevem... O capítulo não ficou tão ' Selvagem ' quanto eu imaginei... Enfim, espero que gostem assim mesmo! ;)



SEXO, ARREPENDIMENTO E FELICIDADE... Part. 1
– Fique calma, está tudo bem! – Ele desligou o telefone e eu franzi o cenho.
– Isso foi uma armação? – Perguntei colocando as mãos na cintura e fazendo uma carranca nada boa. Arthur torceu os lábios e negou com a cabeça.
– Bom, se foi... Eu não sei... Só sei que eu não tenho nada a ver com isso! – Colocou o telefone em cima de uma mesinha que fica atrás do sofá.
– Será mesmo, Arthur? – Aumentei o tom de voz para que ele visse que eu não estava gostando nada daquela situação. – Você parece uma criança, já fez a cabeça da Elena, já fez ela se virar contra mim... O que mais você pretende fazer? – Me aproximei dele. – Não consegue enxergar que você por perto faz mal para a Elena? – Ele negou com a cabeça e deu um meio sorriso safado.
– Pra Elena ou pra você ? – Ele me olhou de baixo a cima e eu me arrepiei por completa, SÓ COM UM OLHAR... IMAGINE SE ELE ME TOCAR... SERIA[...]
         Minha respiração se acelerou, meu coração quase parou... Por um momento me esqueci de todos os meus problemas... Eu tentava encontrar forças para resistir mas era em vão, quando ele me olhava eu me sentia como uma insana... Louca, sem nenhuma capacidade de fugir ou resistir.
– Pra ela, é claro! – Respondi, saindo do meu pequeno transe. Vendo que havia me afetado, Arthur deu mas um passo em minha direção sem tirar o contato visual, o desejo me consumia, eu não ousaria me impor quando ele me tocasse eu só me arrependeria, depois... Até porque era óbvio que isso iria acontecer.
– Tem certeza? – Ele sussurrou bem próximo a  mim e então em poucos segundo.A 1 centímetro de distância um do outro, vendo o quanto ainda me afetava ele roçou os seus lábios nos meus. 
        Foi a gota d'água.
– Não! – Sussurrei de volta e esperei que ele me agarrasse, mas ele não fez, então... Eu é quem tive que tomar a iniciativa.
        Puxei-o mas para perto– Se é que era possível – . Busquei por sua boca como nunca antes... Como se fosse pela última vez, e do mesmo jeito ele correspondeu... Um beijo intenso e fervoroso, as mãos de Arthur passeavam pelo corpo, assim como as minhas passeavam pelo seu... Ele parou nosso beijo com uma mordiscada no meu lábio inferior e então começou a beijar todo o meu rosto, pescoço, ombros... Aaah, isso é tortura! – Gemi e o puxei novamente para um beijo, ele me empurrou até uma parede mais próxima, encurralando-me em seus braços. Nem que eu quisesse sairia dali.
        Entrelacei minhas mãos ao redor do pescoço de Arthur e ele me pegou no colo... Não sei bem onde eu estava, mas sei que ouvi barulhos de vidro se quebrando, papéis sendo jogados bruscamente pelo chão... E então eu tomei consciência de que ainda estávamos na sala... Ele me sentou na mesa e aos poucos foi subindo a minha blusa, minha respiração a cada segundo se acelerava mais, meu desejo aumentava a cada toque que eu recebia de Arthur... Eu só queria ele... 
        Ele separou nossos lábios para tirar minha blusa, deixando os meus seios cobertos apenas pelo sutiã, ele encarou os meus seios ainda cobertos por alguns segundos e depois me encarou, eu dei um sorriso safado e ele me acompanhou. Em poucos segundos o sutiã já não me cobria... Arthur começou a massagear os mesmos com certa força o que me fez gemer e o querer dentro de mim o mas rápido possível... Antes que eu pudesse fazer ou dizer algo, ele abocanhou o meu seio esquerdo e chupou-o com volúpia enquanto continuava a massagear o direito. 
        Em alguns minutos sendo " torturada " resolvi que agora seria a minha vez de "torturar", empurrei-o para longe e desci da mesinha, ele sorriu e voltou a se aproximar o empurrei novamente, até que ele ficasse encurralado entre os meus braços, assim como eu fiquei entre os dele.
        Dei-lhe uma mordiscada em seu lábio inferior, desci para o seu pescoço, ombro, peito, abdômen até eu avistar o 'caminho da felicidade' . Mordi o lábio e encarei Arthur com uma cara que eu julguei ser sexy... Desci a bermuda dele aos poucos até me deparar com sua cueca Box preta, com um volume impressionante por baixo dela... Uau!
– Lua... – Ele chamou o meu nome, mas eu não o dei ouvidos, apenas passei a mão por cima da cueca, por alguns segundos antes de ser puxada para cima pude sentir seu membro...
        Ele me puxou para cima e beijou-me com volúpia, mas ao mesmo tempo com carinho... Era estranho, mas era bom... 
        Aos poucos ele me levou até o sofá e antes que eu pudesse me sentar ele agachou em minha frente.
– Você ainda está muito descente! – Ele desceu a minha saia acompanhada com a minha calcinha e então enfiou em mim dois de seus dedos... Ou três, não sei bem dizer, já que eu estava focada apenas no prazer e não no que ele fazia...
...
– Eu preciso de você dentro de mim, agora! – Ordenei, ofegante... Arthur apenas sorriu, como eu estava em desvantagem resolvi que quem comandaria a partir de agora seria eu. Empurrei ele, o que o fez, cair sentado no sofá, me agachei e tirei a sua cueca, seu membro ereto quase que ' pula ' pra fora, me sinto um pouco envergonhada... É sempre assim...
        Me levanto novamente e me sento no colo de Arthur, aos poucos encaixo o seu membro na minha intimidade, ele me segura pelo quadril e eu começo a cavalgar, bem devagar, rebolo... Ambos estamos gemendo, Arthur solta uma de suas mãos do meu quadril e começa a massagear o meu seio direito, e o esquerdo ele chupa... 
        Aos poucos eu começo a aumentar a velocidade... A cada estocada, ambos estavam mas próximos do auge do prazer... Eles queriam apenas que depois de tudo isso, eles continuassem bem, assim como estão agora! 
        Em poucos minutos ambos chegaram ao clímax, atingindo a plenitude de todas as sensações.
        Lua desencaixou o membro de Arthur de sua intimidade e sentiu um tremor por todo o seu corpo quando assim fez, sentou-se ao lado dele... Ofegante e agora, feliz.... Mas em poucos minutos isso mudaria! 



7 comentários:

  1. OMG :O no chão com esse hot *O*
    Arrasou Viih \Õ/
    Que lesco lesco quente nossa ;P se num vier outra Elena kkkkk depois esse flashback *O*
    Adoreeeeiii <3 demais de top Viih u.u

    ResponderExcluir
  2. Posta maaaaaaaaaaaaaaaaaais, please. Eles vão voltar agora né? By: Lela

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Meeeu Deeus !.!.
    Morri e ressuscitei com esse hot !.
    Faz mais assim, por favor, ARRASOU !.
    Posta +++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  5. mirella vasconcelos13/11/2014 11:05

    Amando posta +++++++++++++

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo