5 de out de 2014

Você tem uma mensagem... - Maratona fanfics - Capítulo único

Boa leitura! 



Ela tinha acabado de chegar do trabalho, como sempre, chegou cansada e subiu para o seu quarto, jogou sua bolsa em cima da cama, foi até o banheiro, tomou um banho rápido se vestiu e desceu até a sala, pegou o telefone fixo e percebeu que tinha uma nova mensagem, então resolveu ouvir...
– Oi, eu só... Bom, eu só queria dizer a você que o tempo que passamos juntos foi o melhor de toda a minha existência... Você foi a única garota pela qual eu vi que valia a pena continuar lutando... Mas, ao mesmo tempo eu... percebi que se eu continuasse ao seu lado, só te faria sofrer, como eu faço agora...– Lua logo que ouviu a voz, sabia de quem se tratava. – Eu queria ter lhe dito, mas eu só queria o teu bem, você é uma ótima garota, Lua... Merece ser muito feliz, merece encontrar um amor, merece ter filhos...merece tudo de bom na sua vida... Mas você sabe que eu queria poder ser a pessoa que fosse te fazer feliz por toda a eternidade, mas como você sabe... Eu não vou viver até lá... – Lua sentiu seus olhos encherem-se de lágrimas, fechou os olhos e tentou imaginar o seu futuro com ele... Sim, seria perfeito! – Sabe, eu queria ter tido melhores chances, eu queria ter mais tempo, eu queria ter... Te conhecido, antes de tudo isso... Eu queria que você tivesse me conhecido antes de toda essa amargura e tristeza tomar conta de mim... Mas como isso não aconteceu, eu só vou me contentar com isso, e vou te dizer como seria a nossa vida, se eu não passasse por tudo isso... – Arthur falava com um pouco de dificuldade, mas Lua entendia perfeitamente tudo o que ele dizia, se ele soubesse o quanto ela queria ter outra chance... Se ele soubesse o quanto ela queria ter mais tempo com ele... Se ele ao menos soubesse... – Eu nunca iria te fazer chorar, os momentos que passássemos juntos seriam os melhores... Nós iríamos ter uma família, iríamos ter tempo, pra tudo... E eu nunca esconderia nada de você, como eu fiz ! – Lua se entregou a tristeza, momentos que ela viveu e que não foram nada bons vieram a tona em sua mente..
**
– O que você tem, Arthur? – O sangue jorrava pelo nariz no rapaz, ele estava pálido, tinha sangue por todo lugar. Ela estava em pânico, não sabia o que fazer, ele por outro lado só tinha medo... Medo do que ela pensaria sobre ele, medo da reação dela... – Responde, Arthur! – Ela gritou desesperada correndo atrás da maca onde o rapaz estava deitado.
– Câncer ! – Ele respondeu quase que em um sussurro, Lua olhou nos olhos do rapaz e tudo o que ela conseguiu pensar naquele momento foi: Como não descobriu? Como fora tão burra?
– Porque não me disse ? – Ela estava ofegante, suas mãos tremiam, ela não esperava por tal notícia, ela não sabia o que fazer, logo ele?! O cara que estava conseguindo a conquistar? Porque ele ? – se perguntava ela, tentando não surtar . Entrou na ambulância e se sentando, ela segurou a mão dele, ele precisava dela naquele momento, assim como ela precisava dele...
**
– Eu só queria fazer uma confissão! – Ele suspirou e Lua deixou suas lágrimas caírem...– Eu te amo, na verdade... Eu sempre te amei, desde a primeira vez que eu te vi, você foi a melhor coisa que me aconteceu em todos esses anos de luta! – Ela sorriu, mal ele sabia o quanto ela o amava... – E é porque eu te amo, que eu fiz tudo o que fiz, eu me afastei... Eu briguei com você, pra não fazer você sofrer mais, porque eu não aguento ver você chorar... Eu preferia mil vezes ter uma das minhas crises a te ver chorando... Não por qualquer coisa, mas por... Mim! – Lua suspirou e continuou a prestar atenção no que ele dizia. – Lua, eu só vou te pedir uma coisa antes que eu vá... Eu quero que você seja muito feliz, eu quero que você siga em frente encontre um rapaz que te ame, que cuide de você como eu cuidaria... E saiba que eu sempre vou estar com você, minha pequena! – Ela ouviu a voz dele embargar, e não conseguiu se segurar mais... Porque tinha que ser tão ruim? Porque? – E olhe! – Ele tentou sorrir. – Eu quero que você conte aos seus filhos e netos que eu existi... E que eu fui uma pessoa muito importante pra você! – Lua fungou, secou alguma de suas lágrimas e sorriu fracamente. – Só mais uma coisinha... Seja feliz! – E ele desligou...
Porque as coisa tinham de ser tão difíceis? Lua discou o número de onde ele havia a ligado e então recebeu a notícia... Arthur havia morrido, minutos depois de ter feito a ligação para ela... Ela mal teve tempo de se despedir, mal teve tempo de dizer o que sentia por ele... Mas como ele disse: Sempre vou estar com você! ... Ele já sabia que ela o amava, ele já sabia o quanto ele a fez feliz nesses meses em que eles passaram juntos... 
A única coisa que a confortava naquele momento, era que: Ele tinha sido feliz... Talvez, ela nunca fizesse o que ele havia pedido, mas ele sempre seria uma pessoa importante para ela... Porque a ensinou em poucos meses o que é o amor, o que é amar... E que pra ser feliz não é preciso ter dinheiro ou coisa assim, só é preciso aproveitar cada oportunidade, cada momento de sua vida, porque o tempo é curto demais para ser desperdiçado com brigas...
Ele a ensinou uma lição muito importante... Ele a ensinou a dar valor as pessoas ao seu redor, porque elas não vão durar pra sempre... Assim como ele não durou, mas ele seria lembrado eternamente por ela, porque ele foi o único homem que fez Lua Blanco se apaixonar!



Fim...

10 comentários:

  1. Que perfeição <3 #AmeiAmeiAmei
    Xx Mila Mozart

    ResponderExcluir
  2. Chorei :'( que emocionante <3
    Amei sem mais *O*

    ResponderExcluir
  3. Nossa não acredito que ele morreu :,( chorei

    ResponderExcluir
  4. emocionante

    Ana

    ResponderExcluir
  5. história triste, mas bonita

    ResponderExcluir
  6. mirella vasconcelos10/10/2014 20:06

    Perfeita demais

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo