29 de out de 2014

45° Capitulo: Unidos por uma criança// ISSO ME PARECE SER BOM, MAS AO MESMO TEMPO É RUIM!

Boa Leitura! :)



– Filha, vamos! – Peguei a Elena no colo assim que eu a avistei. – Oi gente, tchau gente ! – Dei um tchauzinho pra todos que estavam na mesa e sai com a Elena. Pude ouvir algumas risadinhas, mas nada demais...
– Mamanhe, quelo falar com o papai! – Eu olhei para ela e depois para Arthur que falava com um cara no outro lado da sala...
– Tá, mas vai rápido! – Pedi a colocando no chão, ela apenas assentiu e foi até ele.
Quero ir embora o mas rápido possível, assim não corro o risco de ficar mas estressada, afinal, se o Arthur continuar com o jeito " bonzinho" dele, eu não vou poder me vingar, não vou poder mostrar a ele o que eu sou capaz!
Olhei em direção a ele, Elena no seu colo, rindo de alguma coisa que ele disse... Ele a acompanhando com o sorriso... Quem vê, pensa que são uns anjos!
– Elenaa! – Chamei, ela me deu língua e voltou a prestar atenção no pai dela, que ria.
Essa garota....
– Lua? – Melanie tocou o meu ombro e eu me virei para encara-la.
– Oi? – Sorri.
– Eu não acredito que você já vai! – Ela reclamou enquanto dava uma olhadinha geral pela casa.
– Ai, Mel... Eu preciso! – Torci os lábios. – Tô cansada... O Arthur tá aqui, a Elena tá uma peste e eu não tenho paciência! – Bufei e ela riu negando com a cabeça.
– Eu fico com ela... – Neguei com a cabeça.
– Não, hoje é o seu aniversário... Tem que relaxar, namorar... – Dei um sorrisinho malicioso e Melanie corou.
– Para! – Pediu. –
– Tá...
– Mãe? – Elena puxou a barra do meu vestido e eu olhei para baixo.
– Oi?
– Poxo, mimi com o papai hoje? – Eu franzi o cenho e olhei para o Arthur que estava no mesmo lugar de antes, mas nos olhava, eu assenti olhando para ele, e ele deu um meio sorriso... Aaah, aquele meio sorriso que me deixa bamba e doida pra fazer as coisas que eu luto para não fazer... Com ele!
– Tá, amanhã a mamãe te busca tá? – Ela assentiu e levantou os bracinhos em minha direção, eu a peguei no colo e a enchi de beijinhos.
– Tá boum mamãe! – Ela reclamou enquanto passava a mão pelo rosto... Limpando os meus beijos.
– Tá limpando safada? – Ela riu e fez careta.
– Shim, ainda vou ficar na feista e voxe tá mi sujandu de batom! – Eu meneie a cabeça em concordância e olhei para Melanie.
– Amiga, fica de olho nela tá? O Arthur é meio maluco e deixa ela fazer tudo o que quer, mas por favor, não deixa ela mexer em água ou beber alguma coisa muito gelada... Só Deus sabe a dor que ela sente quando tá de garganta inflamada. – Melanie revirou os olhos.
– Tá, eu sei... – Ela ergueu os braços e pegou a Elena no colo. – Ouviu sua mãe né? – A pequena assentiu sorrindo.
– Tá, então eu já vou... – Dei um sorriso preocupado, não é que eu não confie no Arthur, mas eu fico com medo... Acho que é coisa de mãe né? ... A Elena anda muito próxima ao Arthur, vai que ele resolve sumir de novo? Sei lá... Cansa de ser pai?!... Vai ser difícil pra ela... – Amanhã a mamãe vai te buscar! – Avisei e Elena sorriu, então eu encarei Melanie. – Parabéns, goxtosa ! – Ela riu
– Obrigada... De novo!
– De nada... Tchau! – Dei um beijinho em cada uma e sai de lá...

 No outro dia, pela manhã... Resolvi ir buscar a Elena para leva-la até a creche, novamente. Sem dúvidas estou me esforçando pra ficar mais próxima a minha filha... Afinal, ela é a única que consegue tirar o Arthur da minha cabeça... Ou melhor... Era... De quebra eu veria o Arthur. 
        Dirigi até o apartamento dele, eu liguei, liguei, mas ninguém atendeu... Tanto pra casa dele quanto pro celular dele... Isso me deixou preocupada, até pra Melanie eu liguei, mas foi outra que me ignorou. Como eu era 'conhecida' pelo porteiro, consegui subir sem nenhuma dor de cabeça. Apartamento 350 no 5° andar... Esse apartamento me trazia ótimas lembranças e outras nem tão ótimas assim... 
            E em poucos minutos lá estava eu, parada em frente a enorme porta de madeira... Completamente arrependida de ter vindo até aqui. Coragem Lua, ele não vai fazer nada com você na frente da Elena... Fica calma!
        Toquei a campainha umas 3 vezes antes do Arthur aparecer, com alguns papéis nas mãos, só de bermuda me dando a bela visão do seu abdômen completamente definido e algo que eu a muito tempo não via: Ele de óculos... Já tinha até me esquecido do quão sexy isso era!
Limpei a garganta e desviei os nossos olhares.
– Hm, Vim buscar a Elena – Fui direto ao ponto, ele franziu o cenho. – Eu te liguei, mas você não atendeu... – Ele me interrompeu.
– A Elena não tá aqui! – Ele disse em um tom preocupado. Meu coração acelerou, comecei a soar frio e tremer sem parar, minha garganta ficou seca... Onde a minha filha estava? 
– Arthur, pelo amor de Deus me diz que isso é uma brincadeira ! – Eu pedi sem paciência.  Ele negou com a cabeça. – EU VOU TE MATAR ARTHUR, O QUE ACONTECEU? O QUE VOCÊ FEZ COM A NOSSA FILHA, SEU LOUCO... CADÊ ELA ARTHUR! – Eu empurrei ele e sai entrando no apartamento a procura da minha pequena pestinha. – ELENA APARECE, EU NÃO TÔ DE BRINCADEIRA! – Gritei, mas ninguém respondeu, eu me virei para Arthur e ele fechava a porta. – ONDE TÁ A ELENA, ARTHUR? – Choraminguei.
– Ela disse que você tinha ligado pedindo para que eu levasse ela pra casa, mas como eu estava ocupado e pedi pra Cris levar ela! – Eu passei uma das minhas mãos pelo cabelo.
– QUEM É CRIS ? – Gritei e me caminhei até ele.
– A nova arrumadeira! – Respondeu ele em um tom baixo, quase que inaudível.  Eu bufei e parei no meio do caminho.
– Liga pra ela, Arthur... Pergunta onde a minha filha tá... Rápido! – Passei uma das minhas mãos pelo rosto, demonstrando o meu nervosismo.
        Ele torceu os lábios e caminhou até o telefone fixo e jogando os papéis que segurava em cima do sofá...
– Andaaa! – Apressei-o, ele revirou os olhos e pegou a agenda que estava ao lado do telefone, então procurou pela " Cris " e discou o seu número. Depois de alguns segundos tentando ela o atendeu...
– Cris? .... Isso, onde vocês estão? – Ele deu um meio sorriso e negou com a cabeça. – Deixe-me falar com ela... Filha?... Porque você fez isso? Sua mãe está preocupada! – Ele me encarava, mas eu nem me importava, estava preocupada demais para isso. Eu me aproximei dele e tentei pegar o telefone.
– Me dá! – Estendi a mão e tentei pegar, mas foi em vão. – Arthur! – o reprimi. Ele não me deu atenção, apenas continuou a falar com ela. – Você está encrencada, mocinha! – Gritei para que ela ouvisse, Arthur sorriu e revirou os olhos... Porque ele não estava preocupado? Porque ele conseguia rir? ... Óoh, não... Eles armaram pra mim? 
        Por um lado isso me parece ser bom, afinal posso me entender com o Arthur, mas ao mesmo tempo isso é  ruim... Tenho apenas duas opções: Ficar e ser feliz por alguns minutos pra me arrepender depois... Ou, sair correndo e me arrepender do mesmo jeito... 

 **
Recaída , recaída , recaída , recaída ... tuts tuts tuts tuts tuts kkkkkkkkk . Uma recaída sempre é bom xx adaline
Resposta: Uhuul, como é ! HAuahusha... Bjs e obg por comentar! :*
Eita que Elena vai ser tipo "àgua mole em pedra dura tanto bate até que fura" kkkkkkkkkkkkkk
Humm bem que podia rolar um remember de Lua e Arthur *O* kkkkk
Lua querento atiçar o Arthur é ótimo kkk mais ainda acho que ele vai desdobrar ela u.u
Adoooooreeei *O*
Resposta: kkkk, essa Elena é difícil de lidar... :O Uóór, mds... Ahusahushuahs... Será? Sei não hein?! Bjs e obg por comentar! :*
Recaída? Uhuuuul adoro Recaídas, ainda mais com um cada igual a lua e o arthur.
A lua tá precisando de um sexo selvagem e eu acho que arthur pode da isso pra ela, porque ela tá com um mal humor kkkkk
Sua web tá perfeita baby
Posta mais
Xx Mila Mozart
Resposta: Ahahaha', Arthur é mestre em sexo selvagem... Ahushausha... Pior que a bichinha tá precisando mesmo...Ahaha... <3 Bjs e Obg por comentar!  :*
Aiin Tadinha Do Thur :((
Acho que chegou a hora da tão esperada Recaida LUAR <3<3
Mas não recaida normal,tem que ser diferente :)))
Resposta: Uaau, vamos ver o que eu consigo fazer... Que responsabilidade! kk' <3 Bjs e obg por comentar! :*
Acho que ta na hora deles voltarem!! Por sempre é culpa do Arthur em tudo!!
Resposta: Calma esse coração, mulher... Ahaha' A hora deles já está chegando! Bjs e obg por comentar! :*
QUEREMOS RECAÍDA, QUEREMOS RECAÍDA QUEREMOS RECAÍDA. Ta na hr deles voltarem msm. Posta maaaaaaaaaaaaaais
Resposta: Será que vai ter recaída? O.o Ahahaha' ... Tá msm, Lua tem que deixar de ser TÃO teimosa, não acha? rs' Bjs e obg por comentar! :*

Até o próximo capítulo amoreeeeeeees! <3 

6 comentários:

  1. Continuaaaaaaaaaaa, amando.. Sera Um Novo Começo ? Rumm espero que sim

    ResponderExcluir
  2. Maaaaaaaaaais, tá muito perfeita
    Posta mais
    Xx Mila Mozart

    ResponderExcluir
  3. Ficaaa logo besta tira casquinha 66'
    Ahhhh socorrooo uma recaída é sonho de vida de Lena u.u que menininha peralta imagina se fossem 2 kkkkk Lua tava frita ahahha
    Viihh eu to na sofrencia *O* kkkkk vc nos matando de curiosidade
    Adoreeeeiii *O*

    ResponderExcluir
  4. É AGORA QUE ROLA A RECAÍDA !.!.
    UHUUUULL .!.!..!
    Como eu amo a Elena .!. Existe criança mais amável que essa ? Não 😍😍
    Posta ++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  5. FICA FICA E DEIXA ROLAR O OBA OBA LUINHA.

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo