10 de set de 2014

Dangerous Woman - Capítulo 17

                     


Jake quase me engolia a cada beijo que me dava e passava as mãos por
todo o meu corpo. Na hora da adrenalina eu rasguei a blusa branca que
ele usava e ele, como troco, transformou a minha blusa em um trapo.
Continuamos nos beijando, até que eu o empurrei de cima de mim, o
fazendo cair no chão. Ele me olhou confuso, provavelmente pensando que
eu desistiria, mas eu o surpreendi ao me levantar e tirar a minha saia,
ficando só de lingeri e eu subi em cima dele tomando seus lábios para
mim novamente. Jake enroscou os dedos em meio aos meus cabelos, dando
mais velocidade ao beijo, enquanto sua outra mão apertava a minha bunda.
Sem desgrudar meus lábios dos dele, eu o puxei pela corrente grossa que
ele sempre usava, e que eu costumava dizer que aquilo se parecia mais
com a coleira de um cachorro, e fiz com que ele se sentasse. Prendi
minhas pernas ao redor da cintura dele e Jake se levantou comigo no
colo, caminhou as cegas até esbarrar na mesa de jantar que havia na
sala. Ele me jogou ali e em fração de segundos já estava em cima de mim
novamente.

Meu relacionamento com Jake nunca foi dos mais normais e nós não éramos
diferentes na cama, na verdade, nós éramos bem piores.

Acabamos jogando tudo que estava em cima da mesa no chão, mas nem eu e
nem ele ligamos para aquilo. Jake tirou  calça sem que eu nem visse e
logo em seguida arrebentou as laterais da calcinha fio dental que eu
usava e a jogou longe. Ele abandonou meus lábios e começou a descer para
o meu colo. A  cada beijo que ele depositava em minha pele, pedaços do
episódio que eu presenciara na boate vinham em minha mente e meu ódio
por Arthur aumentava. Meu sutiã foi retirado e Jake teve meus seios para
ele. Enquanto lambia o bico de um dos meus seios, ele massageava o outro
e com a mão livre começou a me penetrar com dois dedos logo de cara, o
que me fez dar um pulo e soltar um gritinho agudo, fazendo Jake rir
satisfeito.

- Para de graça e me fode logo - falei tentando ser autoritária, mas
minha voz saiu falha quando ele sugou meu peito com força e me penetrou
fundo e forte com os dedos.

 - Você é quem manda, morena - ele disse e entrou em mim com tanta força
que a mesa chegou a chacoalhar e eu cravei minhas unhas em suas costas
com toda a força que eu tinha em meus braços.Jake segurou em minha cintura com as duas mãos para controlar a
velocidade que ele entrava e saia de mim e eu me segurava em seus
ombros. Chegou um momento em que ele aumentou tanto a velocidade das
entocadas que eu não aguentei mais  e todos os gemidos que eu havia
segurado surrando meus lábios com os dentes eu soltei e comecei a
praticamente gritar.

As sensações que Jake me causava não eram boas como as que Arthur
conseguia me causar, ele simplesmente estava me satisfazendo, ou melhor,
estava satisfazendo a raiva que eu estava sentindo. Cheguei ao meu
máximo depois de algum tempo e fiz Jake sair de dentro de mim antes de
gozar. Eu o masturbei e engoli o líquido que ele liberou, mesmo que a
contragosto. Me levantei, peguei meu sutiã que estava no chão e o vesti.

- Me arranja uma roupa, já que você transformou minha blusa e minha
calcinha em dois trapos - falei me virando para Jake.

 - Você está bem melhor assim, morena, confie em mim - ele sorriu safado.

- Para de graça, anda logo, me arranja uma roupa.

-E como você pretende que eu arrume roupas femininas para você? - ele
perguntou cruzando os braços.

 - Jake, você vive com vadias nessa casa que eu sei e sei que você deve
ter um monte de calcinhas sobrando, Quanto a blusa, me arranja uma sua, ué.

Ele revirou os olhos e subiu as escadas para ir a procura das roupas que
eu havia pedido. Peguei minha bolsa, que eu havia largado logo na
entrada quando cheguei, e procurei meu celular. Assim que desbloqueei a
tela tinham milhares de mensagens e ligações, a maioria eram de Arthur,
mas haviam de Kenny e Joe também. Mandei uma mensagem para Kenny
avisando que estava tudo bem e que não precisava se preocupar.

Quando eu resolvi guardar o celular de volta na bolsa ele começou a
tocar, olhei no visor e era Arthur. Meu coração acelerou tanto, como se
pedisse que eu atendesse a ligação. Eu não aguentei e apertei o botão
verde, colocando o celular no ouvido.

- Lua?! Lua me responde pelo amor de Deus! Cade você?! Eu to
louco te procurando! Lua fala alguma coisa, me responde! Arthur
falava de forma desesperada, mas eu não conseguia falar nada, minha voz
não saia - Lua aonde você ta? Me diz que eu vou te buscar!

Dei fim a ligação e joguei meu celular de volta na bolsa. Senti meus
olhos encherem de água, mas os sequei quando ouvi os passos de Jake
descendo a escada.

- Aqui morena - ele me estendeu uma calcinha e uma camisa de botão.

Eu vesti a calcinha, coloquei minha saia e fechei a blusa.

- Agora você já pode me dizer o que o segurança aprontou pra você vir
aqui me procurar - Jake disse encostado nas costas do sofá enquanto me
observava arrumando o cabelo.

- Eu não te devo satisfações - respondi ríspida.

- Calma aí, sem ser grossa comigo que eu só te fiz uma pergunta.

- Não aconteceu nada. Eu vou indo para a minha casa - falei colocando o
sapato e pegando minha bolsa a ajeitando no ombro.

- Espera! Dorme aqui - ele pediu me segurando pelo braço.

- Nem nos seus sonhos querido, já são 8:00 - dei um tranco com o braço
me soltando, pisquei para ele e sai indo para o meu carro e o deixando
com cara de tacho.

Joguei minha bolsa no banco de carona e liguei o carro. Quando eu estava
fazendo manobra para sair, vi Jake na porta da casa me observando
enquanto fumava um charuto. Abriram os portões e eu sai dali cantando pneu.

Arthur P.O.V.


Eu acabei nem dormindo naquela noite, fiquei quase que a madrugada toda
procurado por Lua e a única coisa que eu consegui foi o silêncio
dela quando finalmente atendeu uma das minhas ligações. Eram umas 6:00
quando resolvi voltar para a mansão.

- Alguma notícia nova? - perguntei para Kenny assim que cheguei na sala.

- Ela só me mandou uma mensagem dizendo que estava tudo bem e mais nada
- ele disse afundando o rosto nas mãos.

- Ela atendeu uma ligação minha, mas não falou nada.

- Por que você fez isso com ela Arthur? Porra cara, você deveria ter
algum tipo de consideração com a garota - Joe disse me olhando com desgosto.

- Eu vou me odiar por isso pelo resto da minha vida, mas eu estava
totalmente bêbado e eu não tinha nem ideia do que estava fazendo. Eu só
queria que ela me perdoasse - falei me escorando na parede e escorreguei
nela até cair sentado no chão.

Na noite anterior eu não tinha nem ideia do que estava fazendo. Eu só
conseguia me lembrar do rosto de Lua ao me ver e ela saindo
correndo. Eu não podia ter feito aquilo, eu não podia. A porta se abriu
novamente e Lua entrou, me fazendo dar um pulo. Ela estava com a
mesma roupa da noite anterior, com exceção da blusa, agora ela usava uma
camisa azul que eu não conhecia. Fui até ela e a abracei forte, mas em
segundos ela me empurrou me estapeando.

- Não encosta em mim!

- Lua, por favor me escuta. Eu estava bêbado e não sabia o que
estava fazendo - eu falava enquanto ela me ignorava e ia em direção ao
quarto.

- Kenny manda o meu carro pra lavar - ela falou e continuou subindo as
escadas e eu continuei indo atrás dela.

- Por favor me perdoa - falei e a segurei na parede, a cercando com os
braços para não deixar que ela saísse - Lua - ela se debatia - Meu
amor - eu disse segurando sua cabeça a fazendo olhar para mim e ela
pareceu travar ao ouvir o modo como eu a havia chamado - Meu amor, por
favor, me desculpa, eu nunca faria aquilo com você de propósito.
Acredita em mim.

Aproximei meu rosto do dela deixando nossas respirações se chocarem e
ela continuava travada. Nossos lábios quase se encostaram, mas ela me
empurrou com força me fazendo quase cair.

- Eu já disse, não encoste em mim, seu cachorro.

- Lua! Chamei, mas não adiantou, ela já havia fechado a porta do
quarto e quando tentei abrir ela já estava trancada.

Chutei a parede com raiva e desci pisando forte as escadas. Sentei no
sofá ao lado dos caras e ninguém trocou nenhuma palavra. Ouvi chinelos
batendo nos degraus e NLua estava descendo, ela ainda estava de cara
fechada. Ela foi até o barzinho e apenas a segui com os olhos em
silêncio. Ela encheu um copo com gelo e whisky e quando ia colocar na
boca seu telefone começou a tocar. Lua olhou para o celular e bufou
antes de atender.

- Fala... Não, eu não vou sair com você... Ta, ta bom, você pode passar
aqui as 19:00.

Ela desligou e eu franzi o cenho. Com quem ela estava falando? Lua
virou a dose de seu copo e o colocou de volta no balcão.

- Eu vou sair e vocês vão comigo.

- Posso saber com quem você vai sair? - perguntei enquanto ela voltava a
subir as escadas sem nem olhar para trás.

- Não.

Fiquei boquiaberto. Me afundei no sofá estressado.

- Você que aprontou, agora aguenta meu chapa - Kenny disse dando dois
tapinhas no meu ombro e se levantou indo para fora da casa.

Joe me olhou feio antes de seguir Kenny, me deixando sozinho na sala. Eu
passei a tarde rodeando a porta do quarto de Lua, mas ela nem deu
sinal de que sairia dali tão cedo. Fiquei um pouco com Luz na cozinha
enquanto ela fazia o café da tarde e depois comi com os caras, esperei
que Lua viesse se juntar a nós, mas ela nem deu as caras. Por volta
de 20:40 a portaria avisou que um carro estava entrando e eu fiquei
esperando na sala com Kenny e Joe. Bateram na porta e Kenny foi abrir.
Para a surpresa de todos Jake passou por ela sorrindo e deu um abraço em
Kenny, que assim como eu, parecia bem surpreso.

- E aí caras? Como estão as coisas?

- Bem. O que faz aqui Jake? - Kenny perguntou fechando a porta.

- Que pergunta idiota. Eu vim buscar a Lua, ué.

Eu já estava com vontade de socar aquele merda desde o momento que ele
deu as caras, mas eu estava tentando me manter sentado no sofá para não
cometer uma besteira. Jake pegou whisky no barzinho e se sentou no sofá
enquanto mexia no celular. Alguns minutos depois Lua desceu as
escadas. Ela estava maravilhosa como sempre, mas continuava séria e
evitando contato visual comigo.

- Você está uma delícia, morena - Jake disse mordendo os lábios a
analisando.

- Vamos logo Jake. Venham rapazes.

Jake riu e foi na frente para abrir a porta. Saímos e ele levou Lua
até a sua Lamborghini. Entramos na Range e eu fiz questão de dirigir, eu
não perderia aquele carro de vista por nada nesse mundo. Chegamos em um
restaurante francês que havia no centro da cidade e deixamos os carros
com os frentistas. Entramos seguindo os dois.

- Vocês podem esperar ali no bar, quando terminarmos eu aviso - Lua
falou e Jake e ela seguiram o garçom até uma mesa.

Eu conseguia ter uma visão aberta da mesa que eles estavam. Jake passou
o jantar inteiro fazendo gracinhas, mas Lua continuava séria. Ela me
olhava de canto de olho algumas vezes, mas logo desviava o olhar quando
percebia que eu a observava. Depois de umas duas horas tediosas
esperando aquele programa de índio terminar, eles se levantaram e Jake
puxou Lua para si e a beijou. Eu pensei que ela o empurraria, mas
ela simplesmente ficou parada. Senti vontade de socar ele, mas tive que
me controlar. Ela separou os lábios dos dele e veio na frente.

- Vamos embora meninos - ela disse sem nem nos olhar e foi indo em
direção a saída.

A seguimos em silêncio. Nem Kenny, nem Joe, assim como eu, pareciam
gostar muito de Lua estar saindo com Jake, mas não podíamos fazer
nada. Bom, eu até poderia fazer, mas Kenny provavelmente me impediria.
Depois de alguns minutos já estávamos de volta a mansão e eu pensei que
finalmente me livraria daquela praga, mas ele resolveu entrar junto com
Lua e nós entramos também. Jake pegou a garrafa de whisky e dois
copos e os colocou na mesa de centro.

- Vocês podem se retirar já rapazes - Jake disse se sentando de forma
despojada no sofá.

- Você não é nosso chefe - falei trincando os dentes.

- Podem ir meninos, se eu precisar eu chamo - Lua disse percebendo o
meu estado de nervos.

Olhei feio para Jake e sai batendo a porta indo para o jardim.

- Arthur relaxa, ela não é idiota nem nada - Kenny disse enquanto eu
andava de um lado para o outro.

- Eu sei que ela não é idiota, só que eu sei que ele é. Eu quero matar
aquele babaca.

- Aprontou agora aguenta - Joe falou em tom sarcástico tirando uma com a
minha cara.

- Escuta aqui Joe, eu sei que eu errei e já admiti isso, agora você já
pode parar de ser um babaca e pegar no meu pé - falei raivoso chegando
perto dele.

- Escuta aqui você - ele disse se levantando e me empurrando pelo peito
- você magoou uma das garotas mais incríveis que eu já conheci em toda a
minha vida, ela é quase uma irmã mais nova pra mim, e ainda quer ter
razão. Não tenta botar moral pra cima de ninguém porque você não está
com nenhuma no momento Arthur.

Eu ia pra cima dele e Joe parecia pronto para a briga também, mas Kenny
entrou no meio segurando ambos com a mão no peito de cada um.

- Vocês não vão brigar. Arthur você aprontou, mas está tentando se
redimir então relaxa aí Joe. Joe bufou passando a mão no rosto.

- Me desculpa Arthur, eu só fiquei bravo. Como eu disse, a Lua é
praticamente minha irmãzinha e eu só não quero ver ela mal. Muito menos
eu quero ver ela com aquele idiota. Foi mal - ele estendeu a mão para mim.

Eu hesitei um pouco, mas bati na mão dele e o clima voltou a ficar mais
tranquilo.

- Não dá mais pra ficar aqui parado - falei e fui em direção a casa.

Kenny e Joe me chamaram tentando me conter, mas eu não queria dar
ouvidos. Eu não iria entrar na casa, eu só precisava ver como ela
estava. Fui com cuidado até a parte de trás da casa aonde ficava a
cozinha, abri a porta com cuidado para não fazer barulho e entrei.
Caminhei em silêncio até a porta da cozinha, aonde eu tinha a visão da
sala e para a minha surpresa não havia ninguém ali. Andei pela sala
procurando os dois e nem sinal. Subi as escadas devagar e ouvi ruídos
vindos do quarto de Lua. Não, ela não poderia estar fazendo aquilo.
Eu não consegui chegar mais perto daquele quarto e sai o mais rápido que
pude dali. Eu não conseguia acreditar. Eu sei que eu tinha feito merda,
mas ela não poderia sair com aquele cara, era inaceitável. Cheguei no
jardim e Kenny viu meu estado, mas não fez perguntas.

- A Luh mandou mensagem e disse que você pode ir para casa, eu vou
dormir aqui hoje - Kenny disse.

- Oi? Você só pode estar de brincadeira comigo. Quer saber? Beleza.
Ótimo. Eu to indo pra casa, vejo vocês amanhã.

Sai dali nervoso e voei até minha casa. Entrei batendo a porta de casa e
meus irmãos deram um pulo do sofá, assim como a minha mãe.

- O que é isso Arthur ? Você ta doido menino? - minha mãe perguntou me
seguindo enquanto eu ia para a cozinha.

- Eu to puto mãe, é isso que eu to.

- Olha a boca! O que aconteceu?

- Eu fiz uma merda gigantesca e agora ta tudo terminado, mãe. Eu perdi
ela - falei colocando as mãos nos olhos tentando conter as lágrimas que
ameaçavam começar a cair e me sentei me encolhendo.

Senti alguém acariciando meu cabelo e quando levantei o rosto vi Mitch
ao meu lado. Uma lágrima acabou escapando e antes que ela chegasse ao
meu queixo, Mitch a secou com suas mãozinhas e acariciou minha bochecha.

- Você ta triste? Não fica triste Kid. Você quer que eu divida meu
chocolate com você? Eu divido.

- Não precisa princesa, não precisa.

Ela pulou no meu pescoço e me deu um abraço bem forte, que eu retribui.
Aquilo era o que eu mais precisava. Enxuguei as lágrimas e levantei, fui
até a sala aonde Alex estava deitada agarrado com um ursinho,
assistindo tv e com a chupeta na boca.

- E aí campeã? - falei me sentando ao lado dele no sofá.

- Voxê inda ta bavo? - ela perguntou todo embolado por causa da chupeta
na boca.

- Não, eu não to mais bravo. E também não vou ficar mais triste.

Dei um beijo na testa dela e um na bochecha de Mitch e me levantei indo
até o meu quarto. Disquei o número e depois de alguns segundos Mika atendeu.

- Mika? Sim, sou eu mané. Passa aqui em casa as 00:30 - sorri para mim
mesmo - Hoje nós vamos nos divertir meu parceiro e vai ser como antigamente.






Anônimo
O Arthur e Lua vao demora a ficarem juntos?

Resposta:  Não! prometo pra vocês que no capítulo 19 eles vão está juntos novamente

Anônimo
Ameiiii a Web. Ta ótima Beca (posso te chamar assim?) </3 

Resposta: Obrigado flor , Pode me chamar do jeito que você quiser </3 


Anônimo
Lua vai da o troco no thur , mais ela tem q está ciente de q ela deixou ele completamente bêbado e sozinho . Quero ver como eles vão ficar daqui pra frente.se o thur ainda vai trabalha pra ela Xx 
adaline

Resposta: Lua é orgulhosa demais pois já sofreu por amor e ela vai estar ciente disso só depois , sim o Thur via continuar ainda trabalhando pra ela 


Anônimo
Tb sou louca por TVD, vc prefere a elena com o stefan ou damon ??
Tb estou amando sua web ♥

Resposta: Somos duas loucas então , eu acho os três perfeitos mais sei lá prefiro o Damon .~~. , Obrigado amor 

Anônimo
esqueci de janeiro pergunta duas coisas:
1: O Thur ainda vai trabalha pra lua?
2: A Lua vai começa a namora o Jake?
Sua web tá perfeita demais gata
Xx Mila Mozart


Resposta: 1-Sim ele ainda vai trabalhar pra Lua 2- Não! Eu não faria isso com vocês , Awwn obrigado gata

Cara... o Thur perdoou a Lua (embora ela não tenha feito nada mas ele também não teve culpa) então ela tem que perdoar ele caramba!!!!!
VAMPIRE MANIAC??? ME ABRAÇA COLEGA <3 <3 Você. Eu sempre gostei de você kkkkk
Delena? Stelena? Klaroline? Steroline? Jonnie? Jatherine? (Ok, eu sou a única que shippa o Jeremy com a Katherine, preciso me conformar com isso kk)
Vampira? Bruxa? Lobsomem? Duplicata? Hibrida? (Ok, não precisa responder as minhas perguntas se não quiser mas eu sempre faço elas quando conheço uma vampire maniac kkkkk)
Amando a web D+
XOXO
Maddie

Resposta: Verdade mais a Luh e orgulhosa , AAAAH ME ABRAÇA FORTE </3 Serio? Sempre gostei de vc tmb kk . Delena </3 Eu shippo um pouquinho de Jatherine kk </3 , Vampira passando beijos pro recalk kkk, tmb sou assim quando encontro uma Vampire Maniac e sou bem pior acredite eu já derrubei uma menina por conta disso kkkk , Obrigado amooor </3 minha colegaa 

                                                    

8 comentários:

  1. Posta ++++++++
    Ameeii *-*
    NÃO ACREDITO .!!.
    Esses dois vão me deixar doida .!.!

    ResponderExcluir
  2. Aii eu tb prefiro o damon, vc ta ansiosa pela 6 temporada ??? Pq eu estou haha.
    Sua web ta maravilhosa, parabéns, posta mais um hj por favorrr.
    Bjoss
    Ass: vic

    ResponderExcluir
  3. Ta muito boa a sua web
    Posta mais pf

    ResponderExcluir
  4. mirella vasconcelos10/09/2014 23:16

    Amando posta +++++++

    ResponderExcluir
  5. OMG Vc é Vampire Maniaca eu tb colega me abraça.mais quero logo thur é lua juntos bem que ela podia ficar gravidinha ,tudo culpa da piriguete da Anne xXAdriana

    ResponderExcluir
  6. Não gostei da Lua transar com esse cara. Seria interesante o Arthur pedir demisao so pra Lua ficar mal por nao ouvir ele!!

    ResponderExcluir
  7. Tomare que Arthur nao fique com ninguem apesar do que a Lua fez .essa ficar outra pessoas ficar chato toda web mesma coisa!"

    ResponderExcluir
  8. Falar sério! O Arthur tava bebado, e a Lua ta por acaso, fora q ela ta passando na cara dele isso.isso Arthur vai para a balada, huhu!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo