11 de set de 2014

Criminal Scene - Capítulo 5


 Arthur P.O.V 

- Prisioneiro, está solto pagaram sua fiança - Um daqueles ratos fardados falou 

- Valeu!- Falei saindo e seguindo aquele enorme corredor ouvindo xingamentos, bazarras, barulhos e etc. Mas o importante e Lua estaria comigo agora como a Terra pediu. 

Lua P.O.V

 Acordei com minha cabeça latejando como se eu tivesse batido ela na parede diversas vezes. Olhei pela aquela salinha escura e imunda pois dava pra ouvir os barulhos dos ratos roendo coisas, suspirei e tentei manter a calma percebi que estava em um porão minhas mãos estavam amarradas para trás e meu pé estava amarrado com um tipo de fita que eu não podia ver por conta da escuridão e estava com a boca amordaçada o que fazia eu queria um certo pânico. 

 Alguns minutos de puro silêncio ouvi um estrondo que seria sinal de uma porta se abrindo meu coração batia em uma sintonia que eu mal aguentava ele dentro de mim, minha respiração estava descompensada e um medo tomou conta de mim até. .. 

- Pequena - Uma voz rouca soou pelo meu ouvido me fazendo arrepiar por completa e sentir um pouco de alívio dentro de mim. - Calma, não irei te fazer mal , só deixa eu tirar isso - Falou tirando um certo pano da minha boca e passando o polegar no meu rosto - Calma , você promete pra mim que se eu tirar a corda da sua mão você não vai me bater ? - Arthur falou e assentir de leve - Ta legal , eu vou tirar isso - Falou apontando pra corda e desamarrando ela em seguida quando ele tirou a fita dos meus pés apertei seu saco e sair correndo. 

Subi as escadas em dois em três e até em quatros degraus , ouvindo os xingamentos de Arthur lá em baixo. Quando eu abrir a porta alguém puxou meu pé fazendo eu rolar escada a baixo e bater minha testa contra uma parede e fazendo a sangrar em seguida. Minha visão ficou turva por alguns insistentes segundos ate eu ver uma sombra de alguém puxando meu braço fazendo eu ficar em pé.


 - Porra Lua, mandei você não pirar caralho! - Me falou me sacudindo - Desculpa - Falei e ele suspirou alto - Deixarei você em um quarto de hóspedes e se ousar fugir ... eu mato você ta me ouvindo ? - Falou e eu assentir de leve e ele puxou meu braço me levando pra cima . 

Tentei fugir dos seus braços mas ele era mais forte que eu. Passamos em um corredor onde a parede era toda branca e tinha algumas cômodas com retratos e outras com relógios. E as paredes eram cheias de quadros onde tinha ele , uma mulher e uma menina de cabelos castanhos curtos até o ombro e era muito bonita. 

Chegamos em um quarto que eu suspeitei que era de Arthur, tinha grande cama , uma TV enorme que deveria ser de 51 polegadas pelo seu tamanho , sua parede tinha uma cor salmão claro o que realçava os quadros que tinha na parede, uns portas retratos da mesma menina mas só que agora era ela e uma mulher que eu não conhecia mas tinha um rosto angelical parecia uma boneca de porcelana me lembrava uma pessoa ela se parecia um pouco comigo mas ela não era tão estranha.

 - Fica aqui , não saia daqui! Tem um banheiro ali do lado , e se tentar alguma gracinha - Chegou perto de mim e falou - Irei te caça até no inferno - E me deu um selinho molhado e saiu fechando a porta Suspirei e deitei minha cabeça naquela cama enorme e fechei meus olhos tentando dormir. 

Ouvi a porta sendo a aberta e a menina com os cabelos castanhos e curtos adentrou dentro do quarto com um sorriso em orelha e orelha 

- Oi - Falou com uma caixinha de primeiros socorros na mão

- Oi - Levantei minha cabeça e joguei minhas pernas pra fora da cama - Me chamo América - Falou estendendo a mão pra mim 

- Sou Lua , prazer América- Falei e ela sorriu mais ainda 

 - O prazer e todo meu ... tia - Falou e eu gelei ela me chamou de que ? 

- Como ? - Foi a única coisa que conseguir dizer



- Não, me reconhece ? Você é minha tia lembra ?  - Ela falava e eu não compreendia suas palavras 

- América, desculpa mais ... -  Ela me interromepu 

- Sua irmã Ana Terra é minha mãe , só que ela morreu a muito tempo e meu disse que trazer ia você pra mim - Falou e eu me levantei com certa dificuldade e abrir a porta dando de cara com Arthur por lado de fora que agora me olhava com um olhar surpreso 

                     OMG *~~~* é agora ? Deem dicas preciso de expiração kkk próximo capítulo vai ter hot tá ? até o próximo

8 comentários:

  1. postaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. mirella vasconcelos11/09/2014 22:38

    To amando continua

    ResponderExcluir
  3. America é filha de Arthur ??? Curiosaaa posta maisss!!!

    ResponderExcluir
  4. Omg! Lua não lembra da própria sobrinha?? O.o
    Amando! Não demora para postaar por favor! ❤

    ResponderExcluir
  5. Mais, Arthur namorou a Terrinha?? Omg choquei prevejo Luar ficando junto xAdriana

    ResponderExcluir
  6. A Meri é filha do Thur??(sim, somos intimos, ja dei aré apelido!) A Lua tem sibrinha?? O Thur e a Terrinha eram casados??? To com muitas duvidas!!! Continuaaaaa, ta muito boooom!!!
    Xx Beca

    ResponderExcluir
  7. Pera o que?! A América é filha do Arthur?! Mas como a Lua não lembra da propria irmã??!
    Posta logooo!
    Ass: Mô Gomes

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo