24 de set de 2014

A ladra e um segredo


Lua entrou em casa e subiu os degraus de dois em dois direto para o seu quarto, não queria vê-lo nunca mais, se jogou na cama chorando, como ele tivera a ousadia de fazer isso com ela? Ela se perguntou enquanto dava vazão as lágrimas.

Arthur chegou minutos depois em casa e foi direto para o seu quarto onde havia uma ligação com o antigo quarto de Lua, porém a porta estava trancada.

– Lua, abre a porta, precisamos conversar. ele bateu na porta com raiva, Giovana havia jogado sujo.

– Me deixa em paz! Não temos nada para conversar, eu vi vcs juntos e não há explicação para o que vi, vai embora. – gritou Lua por entre soluços.

– Meu amor me deixe explicar o que aconteceu. – pediu Arthur desesperado.

– Não me chame de amor seu canalha.

– Lua abre essa maldita porta agora! – esbravejou Arthur.

– Eu não quero e nem vou falar com você, não enquanto eu viver.

Arthur sentiu o coração se apertar ao ouvir aquelas palavras de Lua , pois sabia que ela era orgulhosa  e não lhe perdoaria facil.

Luinha por favor. – pediu Arthur em um sussurro. – Eu te amo mi amor!

– Não minta Arthur, eu não acredito mais em você.

Sol que acordou com  o barulho, seguiu para o quarto da mãe.

– Mamãe. – chamou, Lua limpou as lágrimas  e abriu a porta do quarto e Arthur aproveitou e entrou junto com a filha.

– Arthur sai daqui. – mandou Lua furiosa.

– Eu não vou sair daqui meu amor, você vai me escutar, e outra você é minha esposa e terá que me obedecer. – Lua ficou calada uma vez que a sua filha estava no quarto.

– Porque vocês estão brigando mamãe? – Perguntou Sol olhando de um para o outro.

– Assunto  de adulto minha flor. –  falou Lua a segurando na mão e a levando em direção a sua cama. – Está tarde anjinho você tem que dormir.

– Posso dormir com vocês? Perguntou ela coçando os olhos.

– Claro meu anjo. – falou Arthur a abraçando, sabia que Lua teria que aceita-lo ali, não discutiria com ele na frente da filha, Lua o fitou com fúria e ele deu de ombros.

Ele acomodou a filha no canto fez com que Lua deitasse também e finalmente deitou ao seu lado a puxando para se e a abraçando com carinho, a amava e pensar na possibilidade de perde-la o enlouquecia.

– Fique longe de mim Arthur.ela tentou se libertar, porém ele não permitiu.

– Quieta Lua, durma amanhã conversaremos. falou ele aconchegando-a mais em se e fechando os olhos em seguida, aquela noite havia sido um desastre.

7 comentários:

  1. A lua vai demorar para perdoar o arthur ???
    Posta maiss web perfeita

    ResponderExcluir
  2. mirella vasconcelos25/09/2014 09:27

    A lua tem que perdoar o thur ele nao teve culpa.

    ResponderExcluir
  3. Thur todo possessivo , ta com muitooooooo medo de perde a lua . Amando Xx adaline

    ResponderExcluir
  4. Posta mais
    Tomara q a Lua perdoe ele logo

    ResponderExcluir
  5. +++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  6. Sol super fofa

    Ana

    ResponderExcluir
  7. a Lua tá sofrendo e precisa de um tempo para pensar e Arthur tem correr atrás da verdade para que ele possa ser perdoado. Giovanna precisa de uma bela lição depois do que fez

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo