1 de set de 2014

40°Capitulo: Unidos por uma criança // EU PRECISO DIZER ADEUS!

Hey meus amores, espero que tenham uma ótima leitura! :*



 –  Vamos filha!  –   Apressei a Elena, hoje eu iria leva-la até a creche.

 –  Pela!  –   Falou ela, pegando a mochila e arrastando-a pelo chão, já que era de rodinhas.

 –  Venha, me dê a mão!  –   Pegue a mochila dela e coloquei em um braço só. Peguei a sua mão e saímos de casa.

        Hoje eu resolvi levar a Elena para creche, já que estava para completar anos que eu não fazia isso.

 –  Mamãe, o papai num veim mais nãum?  –   Ela perguntou enquanto ainda caminhávamos sem pressa.

 –  Vai, filha... Ele me disse que amanhã já deve estar de volta!  –  Expliquei.

 –  Aah, tô cum xaudade dele!  –   Sorriu.

 –   Eu também!  – Falei dando um meio sorriso.

        Era verdade! Eu estava cheia de saudades do Arthur, mas ainda estava com raiva dele, por ter me deixado falando sozinha... Depois de 3 dias de viajem ele resolve me ligar, nem quando chegou no seu destino se deu ao trabalho de avisar que estava bem, mas isso são assuntos que vamos tratar quando ele voltar... No caso, amanhã! 

        Andamos por 10 minutos, a creche não era longe. Talvez tivéssemos demorado por conta de que andamos muito devagar. Quando chegamos a creche ainda fiquei esperando uns 3 minutos até o sinal bater e a Elena querer entrar, nós despedimos com beijinhos e lá se foi ela...

        Quando estava voltando para casa, pude ver uma banquinha de jornal um pouco mas para frente da creche e então resolvi passar lá para ver se a minha fama de ' vadia ' já tinha passado. Quando cheguei lá, não havia ninguém na banca... Talvez tivesse, mas eu não vi, porque estava ocupada demais encarando a revista que tinha na capa o Arthur e a Camila aos beijos.

 –  Moço...  –   Chamei alguém da banca, mas não fui atendida...  –   MOÇO!  –   Gritei, e uma pessoa colocou a mão no meu ombro, eu olhei para trás assustada, um homem alto e magro com os cabelos grisalhos e olhos cansados sorria calmamente para mim.

 –  Posso ajuda-la?  –   Perguntou e eu assenti descontrolada, peguei o dinheiro no meu bolso e entreguei a ele. 

 –   Essa revista!  –   Avisei ele assentiu e entrou na banca, eu estava com pressa, então...  –   Pode ficar com o troco!  –   Informei-o e sai dali o mas rápido que pude. 



...



 "    ...Como era de se imaginar, a estilista Lua Blanco era só mais uma na lista de mulheres de Arthur Aguiar!

        Isso mesmo, ele já partiu para outra e curte as férias com outra gata, vamos afirmar que o gato é um tremendo de um sortudo! ... " 



         Basicamente era isso o que a revista dizia... Basicamente de novo eu fui passada para trás...E mas uma vez pelo mesmo homem! . Joguei a revista longe e pus-me a chorar, como eu posso ser tão idiota? Eu sempre caio no mesmo truque, Arthur merece um prêmio... 



...



 –  Amiga, não faça nada que depois você se arrependa!  –   Avisou-me a Melanie.

 –  Eu sei o que eu vou fazer, Mel... Não se preocupe !   

        Isso era mentira, eu não fazia ideia do que falar ao Arthur, eu queria socar a cara dele, eu queria gritar com ele até perder toda a minha voz, mas sei que isso não adiantaria... Não mudaria nada o que ele fez... 

 –  Tiau mamãe, naum bliga com o papai!  –   Elena me pediu baixinho quando me abraçou para ir passar o dia na casa da tia. Eu beijei o rosto dela e tentei ser forte e não chorar. Ela me olhou nos olhos e disse.  –  Ixo vai pachar!  –   Avisou e eu dei um meio sorriso assentindo.

 –   Eu sei!  –   Falei com um pouco de dificuldade, pois eu já tinha um nó enorme na garganta... Eu precisava muito chorar, desde ontem quando eu descobri tudo... Tentei não chorar, tentei entender ele... Mas falhei... Eu não consegui entender o porque de ele ter me traído! 



...

Acompanhem com a música: Say Something.



         Fechei a porta a minha frente depois que as meninas saíram, caminhei lentamente até o sofá da minha sala, lá me sentei e tentei não me lembrar das coisas boas que passei com o ele. Tentei não me lembrar de que foi ele quem me deu o meu melhor presente. Eu tentei deixar de o amar.

        Eu já deveria saber que é impossível...  –  Pisco algumas vezes tentando secar as lágrimas dos meus olhos que sismam em querer descer.  –  Agora eu me pergunto, se algum dia ele me amou de verdade... E se tudo isso que nos vivemos não se passou de uma mera mentira. 

        Eu queria poder voltar no tempo e não ter me apaixonado tanto pelo Arthur, queria poder... viver a minha vida, queria poder ser feliz sem que me interrompam... –  Me deito no sofá e fico encarando o teto.  –   Como é triste essa minha realidade, a semanas atrás eu pensava que o homem que eu amo, me  amava... Mas hoje tudo mudou!

        Mesmo amando-o eu preciso seguir em frente, eu preciso viver a minha vida, mesmo que ele já tenha acabado com ela! . Eu preciso deixar ele ser feliz... Mesmo que não seja comigo, eu preciso deixar ele descobrir o amor... Eu irei deixar ele ir... Mesmo que me doa tanto!  –  Fecho os olhos e deixo que as lágrimas caiam sobre o meu rosto, como se elas fossem levar a minha tristeza consigo, mas eu sei que é em vão.  –   

        Eu sempre achei que seria eu a mulher que faria o Arthur mudar, mas estava enganada... Tantos anos que eu sofri, tantas humilhações eu passei... Pra terminar assim... Desistindo, agora quem não quer sou eu! 

        Eu o amo, mas o deixarei partir! 

         A falha foi minha  por ter o amado demais, por ter insistido muito... Eu só quero que tudo isso termine logo, porque eu não aguento mais sofrer por algo que nunca foi e nunca vai ser meu!  –  Seco as minhas lágrimas com as palmas das mãos, funguei o nariz algumas vezes e então me sentei novamente no sofá. 

        Eu vou ser forte, pela minha filha... Porque se não fosse ela, eu não sei o que seria de mim!  –  Tento sorrir ao me lembrar da minha princesa quando nasceu tão pequena, tão frágil... –  Por ela eu vou lutar pela minha felicidade... Sei que vai ser difícil, mas eu vou conseguir.

        Vai ser difícil deixa-lo, mas eu vou conseguir!



******

a Lua tá sentindo falta de carinho e atenção da parte do Arthur
Resposta: E tá certa... Né?! ahsuahsua... Bjs e obg por comentar!
Lua tá brava!

Ana
Resposta: E com razão né? ahuas... Bjs e obg por comentar! :*
Ela me respondeu !.!.! ����
Posta ++++++++++++
Ameeii *-*
Resposta: Ahahaha' fofa ! ... Bjs e obg por comentar!

13 comentários:

  1. mirella vasconcelos01/09/2014 22:09

    Amando posta+++++++++

    ResponderExcluir
  2. Lua tem que fazer ele sofrer 😒

    ResponderExcluir
  3. Mais o que que é isso? O.o choreiii :'(
    Arthur é um cretino da pior especie :@, não merece a Lua mt menos o amor dela...
    Bora Lua, segue a vida \O

    ResponderExcluir
  4. Posta ++++++
    Ameeii *-*
    Isso não pode ser verdade !.!.!.!

    ResponderExcluir
  5. Aaahhh Arthur vc tem q se explicar direitinho com a lua , Pq se ñ vc vai perde-lá Xx adaline

    ResponderExcluir
  6. Arthur um tremendo de um galinha, quero só ver a explicação que ele vai dar. A Lua não merece sofrer como vem sofrendo por causa dele.
    amando demais a web

    ResponderExcluir
  7. +++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  8. muito fofa a Elena. tadinha da Lua, que barra que ela tá enfrentando por causa do Arthur. ele tem que sofrer. a Lu não merece o que ele faz com ela

    Ana

    ResponderExcluir
  9. Ele é um galinha mesmo
    Tadinha da lu

    ResponderExcluir
  10. Tadinha da Lua :'( Ela não merece sofrer tanto :( O Arthur é um tremendo galinha. :( Maiiis <3

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo