8 de ago de 2014

Por favor, me ajude! - Capitulo 1

Boa leitura! ;)





1° Capitulo: O pedido, mas louco!

 – Por favor, Arthur venha logo!  – Lua pedia desesperada ao amigo pelo telefone, ela já não sabia mais o que fazer!
 – Calma Lua, o que aconteceu?  – Arthur perguntou já preocupado, Lua sempre foi muito calma, mais agora ela não estava assim! 
 – Eu não posso falar por telefone, só vem aqui em casa. Agora!  – Falou a Lua um pouco alterada. Arthur é o seu melhor amigo e ela precisa dizer o que acabou de descobrir.
 – Cadê a sua mãe?
 – Está dormindo, só vem aqui... Por favor!  –  Implorou ela deixando algumas lágrimas caírem .
 – Tá eu já estou indo!  –  Arthur falou. Ele estava com alguns amigos em um bar próximo a casa de Lua, ele largou tudo e foi atrás de sua amiga, que estava realmente muito mal!
[...]
        Lua esperava pelo Arthur em seu quarto em uns 10 minutos de espera ela ouviu a campainha tocar e foi até a porta atender Arthur.
 – Arthuuur!  –  Ela o abraçou com toda a força que tinha naquele momento e deixou que as suas lágrimas caíssem. Arthur a abraçou forte e deixou-a chorar.  – Me ajuda, me ajuda !  –  Ela implorava e Arthur não entendia... O que poderia estar acontecendo de tão grave? 
 – O que houve Lu?  –  ele perguntou e ela se soltou de seu abraço.
 – Vamos para o meu quarto!  –  Falou ela fechando a porta.
        Lua e Arthur caminharam apressados até o quarto de Lua sem fazerem muito barulho pois a mãe e o pai da mesma dormiam no quarto ao lado.
 – Então? O que está acontecendo.  –  Arthur perguntou quando se sentou na cama e viu sua amiga trancar a porta do quarto.
 – Arthur...  
        Lua estava desesperada e isso era visível... O que ela faria agora ? O que ela diria para os seus pais ? O que eles falariam para ela? Será que eles aceitariam, tal coisa ? 
 –  Fala Lua!  –  Arthur se zangou um pouco por a menina está fazendo todo aquele suspense .
         Lua se sentou ao lado de Arthur na cama e o olhou com os seus lindos olhos agora marejados e cheios de lágrimas prontas para serem postas para fora.
 – Eu tô grávida !  – Arthur arregalou os olhos no mesmo momento em que ouviu tal frase. 
        Arthur se levantou e passou a mão pelo seu próprio rosto não demonstrando nenhum sentimento.
 – Meu Deus!  –  Ele negou com a cabeça e começou a andar de um lado para o outro, pelo enorme quarto de Lua.
 – E isso não é a notícia preocupante!  –  Lua falou se levantando também... 
          "Como eu pude ser tão idiota?" Se repreendia ela em pensamento.
 – E qual é então?  
        Arthur parou no lugar onde estava e Lua foi até ele, mais parou a alguns passos distante do rapaz .
 –  Eu não sei quem é o pai!  –  Falou ela, deixando que as lágrimas caíssem pelo o seu belo rosto.
        Arthur a olhou exasperado e em poucos segundos já estava a sua frente só alguns centímetros os separava. 
 – Como você não sabe?  –  Gritou.       
        Lua abaixou o olhar, estava tão envergonhada... Se o Arthur teve esta reação, imagine os pais dela ?! 
 – Você é uma irresponsável, Lua!  –  Arthur virou o rosto e caminhou para longe de Lua, ele estava furioso.
 – Fale baixo, os meus pais podem acordar !  –  Ela quase implorou. 
 – O que você pretende fazer, Lua?  –  Perguntou Arthur, ignorando o pedido da amiga .  –  O que você pretende dizer aos seus pais ?   –  Ele estava tão nervoso quanto ela quando descobriu que estava grávida.  –  Você tem certeza disso? Tem certeza de que está grávida ?  –  Ele perguntou e ela só pode assentir .  –  Cadê a droga do exame ? 
 – Tá ali !  – Ela apontou para a escrivaninha de seu quarto e Arthur andou até a mesma procurando pelo papel que provasse tal irresponsabilidade da amiga.
        Arthur lia o papel com muita atenção e quando terminou olhou para Lua e viu que ela estava com tanto medo... Assim como ele ... Nervosa, preocupada... Sem saber o que fazer! 
  –  Eu não estou conseguindo acreditar que você conseguiu chegar a tal nível de burrice, tem tantos modos de você evitar uma gravidez e você não fez nenhum... Lua!  –  Lua se sentou na cama e tapou o rosto com as mãos. Estava tão envergonhada... Estava se sentindo uma idiota! 
 – Arthur, eu te chamei aqui para me ajudar e não para me dar bronca!  – Ela falou um pouco irritada, mais nem se importou em tirar as mãos do rosto.
 – É o que você precisa para ver se toma um pouco de juízo !  –  Falou Arthur se aproximando da moça que chorava de soluçar. Ele se sentou ao seu lado e afagou seus longos cabelos negros e foi recebido com um abraço da moça... Era tudo o que ela mais precisava naquele momento. 
       Grávida aos 18 anos?! Arthur não conseguia acreditar que isso estava acontecendo, mesmo que ele não tivesse nada a ver com aquilo... Isso mexia com ele, afinal, ela é a sua melhor e única amiga verdadeira ! 
 – Eu estou arrasada, Arthur!  –  A menina falou baixinho como em quase um sussurro.  –  Eu só preciso que você me ajude em uma única coisa!  –  Ela olhou bem nos olhos dele que assentiu.  – Assuma o meu filho?  –  Arthur arregalou os olhos e por algum motivo, caiu na gargalhada. 
        Ele não estava acreditando no que sua amiga acabara de dizer, Ela está louca? .
         Após muito rir, Arthur viu que a amiga estava falando realmente a verdade, ela quer que ele seja um "Pai de mentira" pro filho dela? Isso é loucura! - Pensou Arthur.
 – Por favor, Arthur...  –  Lua implorava, Arthur chegou a ficar sem ar por alguns segundos e então quando percebeu seus olhos já estavam cheios de lágrimas.
 – Você tá louca Lua?  –  Ele perguntou com a voz embargada.  –  Tá maluca? 
 – Eu só preciso que você diga que é o pai, mais nada!  –  Ela piscou algumas vezes e secou as lágrimas de seus olhos.  –  Você não vai precisar dar nada... Nem registrar a criança com o teu sobrenome... Só diz que é o pai... Sei lá depois eu invento que você saiu no dia de registrar o bebê e só registro com o meu nome, por favor Arthur... É tudo o que eu te peço!  –  Ela falou tão rápido que Arthur ficou ainda mais confuso do que já estava. Como uma garota de 18 anos engravida, não sabe quem é o pai da criança e ainda pede ao melhor amigo que seja o " Pai de mentira " da criança? 
 – Desculpa, Lua...  –  Arthur levantou-se abruptamente da cama e tentou de todo modo se manter calmo.  –  Eu não posso fazer isso!  –  Ele saiu do quarto de Lua, tendo medo da reação da amiga. Ele queria ajuda-la mais isso era muito para ele.
 – Arthuuur!  –  Ela foi atras dele, e sussurrou o seu nome. 
        Ele parou no meio do corredor da casa e Lua se encostou no batente da porta e suspirou. 
 – Você pode pelo menos, vim aqui em casa amanhã e me ajudar a dar a notícia para os meus pais ? 
        Arthur desviou o olhar e pensou por alguns segundos. Ele tinha marcado de sair com os amigos, mas a Lua estava precisando dele mais do que nunca, então sem dúvidas ele a ajudaria.
 – É claro, plincesa!  –  Ele fez uma vozinha de bebê e a Lua soltou um risinho triste. 
        Arthur se aproximou novamente da moça e colocou uma pequena mecha do cabelo de Lua atrás da orelha dela. 
 – Hey, olha para mim!  –  Ela olhou em seus olhos e respirou fundo.  – Vai ficar tudo bem!  –  Ele abraçou a garota e tentou passar para ela o máximo de forças que ele tinha... Pena que isso não era possível!



 E aí, curtiu? rsrs'
Espero que sim... Comente muito, diga o que achou, o que mudaria? ... Enfim, podem dizer ! ahaha' 
Beijokas e até semana que vem! ;) ✌


16 comentários:

  1. Minha nossa, que proposta indecente essa da Lua eim....
    Foi um baque pro Arthur, tomara que dê tudo certo mesmo.
    Adoreeei

    ResponderExcluir
  2. mirella vasconcelos08/08/2014 20:38

    To amando sua web ta boa demais

    ResponderExcluir
  3. Eu achei simplesmente P-E-R-F-E-I-T-O, sério, ta muito bom!! Posta maiiis!!!
    Xx Beca

    ResponderExcluir
  4. Eu já estou amando, posta ++,logo
    bjss...

    ResponderExcluir
  5. Ai que Perfeito .To super curiosa posta mais

    ResponderExcluir
  6. Posta maiiis!!

    ResponderExcluir
  7. +++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  8. adorei continuaaa, ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo