6 de ago de 2014

A namorada do papai - 2

Boa Leitura! 


Arthur:

 - Você tem que saber que eu mereço viver... Eu quero ter uma vida Marie!  -  Eu falei assim que chegamos em casa, de uns tempos para cá a Marie estava ficando cada vez mais difícil de lidar. Eu sou homem e preciso de uma pessoa que fique comigo, a minha vida tem sido a anos só cuidar dela... Preciso sair para jantar, preciso conversar com uma mulher que não seja a minha mãe ou a minha irmã... Eu quero poder sair de vez em quando e me divertir.
 - Você tem uma vida pai, você escolheu ter uma filha, você escolheu cuidar de mim... Então cumpra com o seu dever !  -  Ela jogou a sua bolsinha no sofá e parou no meio da sala, eu fechei a porta de casa e a olhei, ela estava de costas por isso não pude ver a sua reação.  -  Já que a minha mãe não teve essa chance !  -  Ela falou com um tom de voz baixo.
 - Por favor, Marie... Se você está com medo de ser deixada de lado, isso nunca irá acontecer... Você é e sempre será a minha filha, a minha bebê!  -  Eu falei caminhando até ela, toquei o seu cabelo e ela me abraçou apertado, Eu odeio brigar com a minha pequena, mais isso está se tornando cada vez mais frequente. 
 - Não quero que você seja de mais ninguém!  -  Ela falou me tentando me apertar mais em seu abraço, mais foi em vão, já que eu nem sentia a sua força sobre a minha cintura .
 - Acho que sei de quem você puxou esse ciúme!  -  Eu falei e ela me empurrou emburrada.
 - Não estou com ciúme!  -  Ela se sentou no sofá e olhou para mim fazendo bico.
 - Okay, vou fingir que acreditei!  -  Falei me ajoelhando a sua frente e a dando um beijo em sua bochecha.  -  Eu te amo, filha!  -  Eu falei e ela sorri de lado.
 - Eu também te amo!  -  Falou e então eu me levantei.  -
- Vai trocar de roupa!  -  Falei e ela assentiu se levantando e indo em rumo ao seu quarto.
        Depois de algum tempo eu fui ao meu quarto fazer o mesmo... 
        A cada dia Marie está ficando mais esperta isso é bom, mais por outro lado é péssimo... Quanto mais ela cresce mais o ciúme dela cresce também... Espero que isso passe com o tempo, bom... O meu não passou mais o dela tem que passar ! 
        Ela notou que eu gostei da garota da loja e isso fez com que ela quisesse que eu ficasse distante dela, isso não é uma coisa boa até porque se eu quiser recomeçar com outra pessoa eu não vou poder, porque a Marie não irá gostar! 
        Os meus ' relacionamentos ' não duram nem 1 mês, a Marie faz de tudo para que as minhas companheiras desistam, eu já tentei de tudo, tentei conversar mais não dá... Ela nunca aceita, mais dessa vez eu estou disposto a mudar tudo isso, e com a garota da loja. Assim que eu coloquei os olhos nela, pude sentir meu coração se acelerar, e quando eu vi o seu sorriso então... Eu nunca senti isso por alguém, nem pela falecida mãe da Marie.
        Vou até o meu closet e pego uma bermuda e uma blusa branca, me troco por ali mesmo e depois me deito na cama.
        Talvez eu possa voltar na confeitaria algum dia desses, mais ... Sozinho! 

Lua:
 -  Como ele era amiga ?  -  Sophia perguntou e eu fiquei vermelha na hora, não estava acostumada a falar dos caras que eu estou afim... Ainda mais um que é o meu cliente! 
 - Aah, Sophia eu já até me esqueci!  -  Tentei fazer com que ela acreditasse mais foi em vão.
 - Nossa, eu falo tudo o que acontece no meu relacionamento pra você e você nunca me fala nada dos seus.  -  Ela falou colocando algumas estrelinhas comestíveis no bolo de três camadas que eu tinha acabado de montar .
 -  Mais eu só disse que achei ele bonito, não falei que queria namorar  com ele!  -  Eu tentei me defender enquanto segurava um suporte de rosas de chantily, peguei o saco cheio de chantily e comecei a fazer os movimentos para a flor ficar do jeito que eu quero.
 - Mais se você disse que ficou vermelha quando ele te olhou, é porque você sentiu alguma coisa por ele !  -  Ela falou parando de enfeitar o bolo por alguns instantes  e depois voltando ao seu trabalho.
 -  Aaah, isso não tem nada haver !  -  Falei tirando a flor do suporte e a colocando em cima da mesa enorme da cozinha .
 - Tudo bem... Mais e a filha dele ?  -  Sophia perguntou colocando uma última estrela no final do bolo.
 -  Ela é linda !  -  Falei apenas e a Sophia me olhou com raiva.
 -  Okay, Lua não quer falar não fala!  -  Ela bufou e saiu da cozinha.
 -  Sophiaaa!  - Chamei mais ela nem respondeu. Suspirei e voltei a fazer as flores... As vezes é difícil lidar com ela!

Marie:
         Eu troquei de roupa e liguei a televisão do meu quarto para poder assisti-la, acho que eu mandei mal em ter escolhido aquela porcaria de loja de doces, meu pai e eu vamos ter que ir lá mais vezes e com isso ele vera a atendente mais um vez... O que eu vou fazer agora, vou precisar dar um jeito para que ele nunca mais a veja. 
        Eu nunca vi o meu pai daquele jeito ele está afim dela e pretende por uma mulher aqui em casa, mais isso não vai acontecer porque eu não vou deixar de forma alguma, ninguém vai roubar o ligar da minha mãe, e nem o meu! 
        Talvez eu possa até falar com a atendente que ele é casado... Assim ela nem irá dar bola pra ele... Eu saquei que ela também ficou de olho nele! . Era para eu ter perguntado o nome dela, agora vou ter que descobrir! 
        Caminhei até a mesinha do meu notebook e o peguei levando-o para cama, liguei-o e coloquei na ferramenta de pesquisas: Candy Shop ! . Apareceu o site da loja e eu cliquei nele, na esperança de achar o nome da funcionária. E como eu imaginei tinha uma página só para os funcionários... Ela não é uma atendente, ela é a dona! . Porque ela nos atendeu? Isso só pode ser brincadeira... Eu e o meu pai fomos até ela, então ela nos atendeu... Será que isso é obra do destino? Bom... Que seja... Se for não vai fazer a mínima diferença! 
        LUA BLANCO . Porque alguém se chama Lua? - Sorriu ao ler e continuo procurando informações. - 26 anos!  -  Tem cara de ser mais nova... Bom meu pai é apenas um ano mais velho. Enfim... Tire isso da cabeça Marie, seu pai não está interessado nessa menina! 
Arthur:

        Lua Blanco... Esse é o nome da atendente... Lindo assim como ela! . Estou pesquisando sobre a vida dela quero saber do que ela gosta e quais são os seus hobbies... Enfim, quero ter uma noção do que ela gosta para que eu possa me aproximar sem passar vergonha.
        Isso pode até parecer meio louco, mais ela foi a única mulher que conseguiu despertar um sentimento em mim, mesmo que eu ainda não saiba o que eu sinto... Sei que ela é a garota certa. Mais o que me incomoda é saber se ela sentiu alguma coisa por mim... Por menor que seja o sentimento, preciso saber mais...

Lua:

         Acabei de chegar em casa só preciso tomar um banho bem quente e relaxante... Eu preciso relaxar... Muito! O meu dia foi extremamente estressante, pelo simples fato de a Sophia estar com raiva por eu não falar da minha vida pessoal para ela, e como ela é a minha sócia não podemos discutir no trabalho, mais como moramos no mesmo apartamento eu com toda certeza vou falar com ela sobre toda a minha vida pessoal... Já que é isso que ela quer saber !
        Falarei sobre o gato que foi ao Candy hoje, falarei da filha fofa que ele tem e falarei também que se ele me desse mole eu com certeza ficaria com ele... Não só por alguns anos... Mais pelo resto da minha vida... Até porque ele é muito gato e me parece ser uma boa pessoa! 


10 comentários:

  1. Posta maiis
    Xx Beca

    ResponderExcluir
  2. mirella vasconcelos06/08/2014 19:08

    Amando posta mais

    ResponderExcluir
  3. ela sufoca o pai
    amando a web

    ResponderExcluir
  4. coitado do Arthur,vai cortar um dobrado com a filha ciumenta dele

    Ana

    ResponderExcluir
  5. +++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  6. Posta ++++++++
    Ameeii *-*
    Nunca vi criança desse jeito !!.

    ResponderExcluir
  7. ++++++ mds amando essa fanfic <3

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo