8 de jul de 2014

Friendship Evidence












Capitulo 11

Pov Lua:




-Então Lua você está gostando daqui de Londres?- me perguntou Amarílis sorrindo. 
-Lis! A menina só está aqui em Londres a um dia. - disse seu Alexandre.
-Sim! Um dia já é o suficiente. - ela disse sorrindo.
-Então Lua diga logo a resposta para essa temos, ou você não terá sossego por um bom tempo.- disse seu Alexandre.
E eu ri.
-Na verdade o seu Alexandre tem razão eu ainda não tive tempo, eu cheguei tarde ontem e dormi cedo. - eu disse sorrindo sem graça.
-Ah meu Deus. – disse a Amarílis rindo.
-Viu? Eu tinha razão Lis.- disse seu Alexandre.
-É você tinha seu chato.- ela disse dando língua para ele.- Mas Lua?
-Oi?
-Você disse que chegou tarde! O voo atrasou?- ela perguntou.
-Não!- eu disse e ela me olhou apreensiva.
-Mas como? Se você não teve atrasos no voo, porque você chegou tarde aqui?- ela me perguntou.
-Err... é que na verdade eu ainda não sei o problema.- eu falei e ela me olhou confusa.
-Como assim não sabe?
-É que eu acho que vocês devem ter se atrapalhado com a hora, ou o pessoal do intercambio deu os dados do voo errado. Eu ainda não sei.
Eu disse e ela me olhou seria.
-Eu ainda não estou te entendendo.
-É que o Arthur, que eu acho que é filho de vocês.- eu disse e ela assentiu confirmando.
-O que tem ele?
-Ele chegou a tarde para me buscar, sendo que o meu avião chegou pela manhã.- eu disse.
-Lua você está me dizendo que o Arthur te deixou plantada sozinha no aeroporto?- perguntou seu Alexandre.
Pov Sophia:
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Um dia antes~
-Como assim casar mãe?- eu perguntei caindo da cama.
-Como é que se casa Sophia?- ela me perguntou irônica.
-Não sei mãe você nem tem namorado. Como você vai casar assim de uma hora para outra?
-Sophia eu realmente não tinha namorado, ate a semana passada.
Ela disse e meu queixo caiu
-Como assim?
-Você deve estar lembrada do dia em que eu e a sua tia Luciana fomos aquela joalheria onde nos sempre encomendamos joias.
-Lembro sim. Mas continue.
-Então lá naquele dia naquela joalheria eu conheci o amor daminha vida.
-O amor da sua vida.- eu repeti de boca aberta.
-Sim.- ela disse toda sonhadora.
-Mãe você não pode casar com o primeiro desconhecido que aparecer na sua frente.- eu disse nervosa.
Levantei e fiquei para na frente dela.
-Ele não um desconhecido.- retrucou ela levantando e me encarando seria.
-A não? Ele deve é esta querendo te dar um golpe.- ele é rico Sophia.
-Isso é o que ele diz. Eu posso saber pelo menos o nome do amor da sua vida?
Eu perguntei e seu rosto se iluminou.
-Ah sim!
-Então como é o nome?
-João Pedro Borges.- ela disse e eu cai sentada de volta na cama com a cara no chão.

Continua...

Comentem a maratona gente....
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo