3 de jul de 2014

33°Capitulo: Unidos por uma criança // HMM...

Hello, moçada ! ahaha' ;)
Espero que gostem do capítulo! 
Bjoks e comentem! ;) Até segunda!
Danni: Ahaha' Etaa moça, tadinho dele... Mais ela vai deixar ele mansinho te prometo! Bjoks! : **
Alice: Pode deixar, que agora ela nn vai mais dar mole pra ele !ahaaha', Bjoks! :**
Rapidamente eu abri os meus olhos e dei um empurrão no Arthur.
-  Se pensa que vai ser fácil assim, acho melhor desistir ! -  Falei colocando o meu plano em prática, ele ficou sem reação alguns segundos e depois negou com a cabeça.
-  Isso, nunca ! -  Ele se aproximou de novo e me deu um beijo na testa e saiu eu fiquei no meio do quarto parada e rindo feito uma idiota até cair na real de que eu vou ter que preparar alguma coisa para comermos . Desci as escadas e vi que a Elena e o Bernardo viam um desenho que passava na tevê, e o Arthur não estava lá com eles... Isso é um milagre pois ele odeia o Bernardo pelo simples fato de ele ter beijado a Elena . Caminhei até a cozinha e lá estava ele sentado na bancada mexendo no celular .
  -   Tá fazendo o que ?   -   Perguntei quando ele me olhou.
  -  Tô vendo umas coisas aqui! -   Reviro os olhos e me aproximo dele.
  -   Hmm, que tal você ser o chefe hoje?    -   Perguntei sorrindo e ele rapidamente negou com a cabeça.
  -   Você sabe muito bem que eu não sei fritar um ovo!   -   ele largou o celular e se levantou pronto para sair da cozinha, então eu comecei com as minhas ' brincadeirinhas ' .
  -   Que pena!   -   Suspirei e ele parou no caminho.
  -  Que pena, porque ?   -   Perguntou e eu sorri.
  -  Ué, só achei uma pena!   -   Falei e ele revirou os olhos, eu consegui intrigar ele.
  -  Se você quiser eu posso te ajudar a fazer alguma coisa !   -  Ele falou e bati palminhas de alegria.
  -   É claro que eu quero, lava o arroz, soca o alho, corta o alface...   -   Ele se espantava a cada vez que eu aumentava mais a lista.
  -   Tá, tá... E o que você vai fazer ?   -   Ele perguntou com uma cara nada boa.
  -   Eu vou ligar pra uma pessoa!   -   Falei e fui saindo da cozinha, passei pela sala e a Elena e o Bê ainda estavam na mesma posição.
         Fui para a varanda e me sentei na escadinha que tem lá, disquei os números da Sophia e rapidamente ela me atendeu .
  -  Estava pensando em te ligar agora !   - Ela falou, pude notar um pingo de entusiasmo em sua voz .
  -  E ai como foi o seu jantar com o Micael ?    -  Perguntei doida para saber se eles tinham se dado bem.
  -  FOI ÓTIMO, ELE É SUPER LINDO, SUPER FOFO... NOSSA LUA... MEU DEUS ... PORQUE VOCÊ RECUSOU SAIR COM ELE ?   -  Ela falou tão rápido que eu quase fiquei tonta.
  - Relaxa, Sophia...   -  respirei fundo e ela fez o mesmo.   -  Você sabe que eu não consigo ficar com outro cara que não seja o Arthur!   -  Falei e suspirei cansada.
  -  É eu sei, e falando nele... Nós conversamos um dia desses !   -  Ela falou e o meu coração bateu tão forte que eu ouvi o seu som.
  -  O QUE VOCÊS CONVERSARAM ?   - Agora quem estava empolgada era eu... Será que ele falou alguma coisa com ela ? Ai meu Deus, isso é TUDO , hoje sem dúvidas é o segundo dia mais feliz da minha vida !
  - Acalme-se !   -  Ela falou com uma vozinha eu revirei os olhos.   -  Nada demais, até que ele é um cara bem legal !   -  Falou ela e eu bufei... É claro que ele falou alguma coisa com ela, ela é quem não quer me contar... Eu conheço, a peça !   
  - Me diga logo o que ele falou!    -  Quase implorei, mais ela não falou.
  -  Nem adianta...   -  Droga, deve ser importante para ela está guardando tanto segredo.
  -  Aé? Então eu não vou falar o que ele me disse !   -  Chantageei-a pude ouvir sua risada do outro lado da linha e então sua voz .
  -  É sério, Luh... Não posso te falar !   -  Ela disse por fim.
  -  Droga...   -  Falei
  -  Mais me diga, o que ele falou?    -  Perguntou e eu sorri só de lembrar da cena do quarto... Ele estava tão fofo! 
  -  Não posso falar !   -  Imitei a voz dela. 
  -  Deixe de bobagem e diga logo!   -  Falou e eu sorri.
  -  Não vou falar, sério!   -  Falei e antes que ela pudesse falar alguma coisa eu a interrompi.  -  Eu só sei que não quero mais sair com o Micael !  -  Falei colocando uma mexa do meu cabelo atrás da orelha .
  -  Poxa, ele me pareceu gostar bastante de você !   -  Ela falou meia que triste ? ... Não sei...
  - Mais você sabe como é, eu só tenho olhos pro Arthur...   -  Torci os lábios.   -  O Mika é um cara legal, mais não é o cara pra mim... Talvez você possa conhecer ele melhor!   -  Falei, eu sei que ela gostou de ter saído com ele, então joguei verde, talvez ela estivesse afim dele ! 
  -  Não, Lua... Ele gosta de você, eu não quero...   -  Eu a interrompi.
  -  Ele deve gostar de mim como uma amiga, porque mal nos falamos depois que saímos, vamos Sophia eu sei que você gostou de ter saído com ele, e eu tenho certeza que rolou beijo e tudo, pelo o que eu pude ver o Micael é muito igual a mim e ninca daríamos certo... Já você é totalmente diferente dele, e como diz o ditado ' os opostos se atraem ' . Agarra ele, mulher !   -  Sorri e ouvi a gargalhada dela.
  -  Sossega, Lua... Eu gostei de ter saído com ele e tals, mais sei lá... vai ficar um clima estranho se eu sair com ele de novo depois que você der um fora nele... Eu não quero isso... Já pensou se a gente der certo, você vai ser a minha madrinha e eu não quero que vocês tenham raiva um do outro...   -  Ela começou a tagarelar coisas que jamais iriam acontecer e então eu a cortei.
  -  Relaxa, Sophia... O Micael vai entender ! 
  -  Assim eu espero!   -  Ela falou.   - Mais o que te fez desistir dele assim ? De uma hora para a outra ? 
  -  O Arthur!   - Falei .
  -  O que ele fez ?   -  Ela perguntou curiosa como sempre.
  -  Foi um fofo, falou coisas fofas e eu me apaixonei mais ainda !   - Ela gargalhou e sorri também.
  -  Detalhes...   -  Ela pediu...
  -  Aah é muita coisa pra falar por telefone...   -  Argumentei.
        Tenho quase certeza de que ela revirou os olhos .
  -  Diga logo, não vou poder ir ai hoje !   -  Ela disse e eu suspirei.
  -  Quero falar ao vivo, então se você não vir não vai saber!   -   Falei e ela bufou do outro lado da linha
  -   Eu não posso ir hoje!   -   Ela disse com a voz tristonha e manhosa .   -   Me diga logo o que ele te disse !   -   Quase implorou.
  -   Tá... mais não vou dar muitos detalhes !   -   Avisei.
  -   Tá... Fala logo!   -   E a Sophia fofoqueira voltou a ficar empolgada como sempre.
  -   Adora uma fofoca!   -   Dei ênfase do ' Adora '  e ela sorriu.   -   Bom, ele foi lá no meu quarto e...
  -   MEU DEUS, VOCÊS TRANSARAM ?   -   Eu arregalei os olhos e cheguei até corar, não sei o porque mais... Meu Deus como ela é direta! 
  -   Claro que não né, Sophia?   -  Falei calmamente .   -   Ele só... Falou que não aguentaria me ver com outra pessoa que não fosse ele!   -   Eu sorri só de lembrar, foi tudo tão lindo...
  -   AAAAAAAH, LUAAAAAAA!   -  Ela gritou e eu gargalhei.   -   E O QUE VOCÊ FEZ? BEIJOU ELE?  
  -  Não, eu queria muito ter beijado ele... Mais enfim, não rolou!   -   Falei e ela bufou.
  -   Aai Lua, você hein...   -  Ouvi uma tose meia discreta vindo atrás de mim e quando eu me virei para ver do que se tratava, Meu Deus é o Arthur !   -  So-so-so-sophia eu te-tenho que desli-li-gar !   -  Eu nem sabia que gaguejava, olha só o que o Arthur me faz .
  -  O que está havendo Lua?   -   Desliguei e coloquei o meu celular no bolso, minha cara estava queimando de tanta vergonha, será que ele ouviu ? 
  -   Ham... Estava ai a muito tempo ?   -   Perguntei, com o coração na mão... Pedindo a Deus que ele não tivesse ouvido! 
  -  Cheguei em tempo o suficiente para saber que você queria ter me beijado, mais não fez !   -   Ele deu um sorriso safado e eu corei mais ainda, Acho que estou voltando a ser uma adolescente! . Eu fiquei sem saber o que falar eu apenas virei o rosto para poder desviar a minha atenção para outra coisa que me fizesse pensar em alguma coisa para falar .
  -   Espera que eu vou arrumar uma desculpa!   -   Pedi e ele gargalhou, voltei a olhar pra ele e ri também. Eu realmente estava tentando arranjar uma desculpa para tentar fugir dele, mais eu não consegui eu queria ter beijado ele mesmo, então não tenho porque mentir, vou falar a verdade e ver no que dar .   -  Bom... Eu queria mesmo ter te beijado... Mais sei lá, eu não iria dar o primeiro passo!   -   Dei de ombros e subi um degrau da escada ficando alguns metros longe dele.
  -  Aaah...   -   Ele franziu o cenho e deu um meio sorriso.   -   Isso quer dizer que eu posso te beijar ?   -   Ele perguntou e eu dei de ombros.
  -   Não sei, porque você não vem aqui e descobre ?   -   Eu sempre quis falar isso, e com toda a certeza usei essas palavras na hora certa, porque ele se aproximou de mim e me deu um beijo tão gostoso, que eu fiquei com as pernas bambas, beijar o Arthur é sempre uma novidade pra mim... Nossa... Hmm... É uma delícia!

14 comentários:

  1. Ahhhhhhh rolou o bjo... Posta maisssss

    ResponderExcluir
  2. maissssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhh que lindos
    Posta mais por favor

    ResponderExcluir
  4. A.D.O.R.E.I ahaha hmm Lua ta mostrando como a banda toca *-*
    Arthur meio lerdo néh? Kkkkkk
    Coisa mar linda é amor demais sôr <3
    está perfeitoo Vihh :*

    ResponderExcluir
  5. mirella vasconcelos04/07/2014 08:53

    Posta++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  6. Omg,ao mesmo tempo que eu os acho fofos e queros eles juntos,tambem quero que o Thur corra atras da Luinha :\
    Mais vc e uma otima escritora e sabe o
    que faz,vou fica queta :#
    Alice

    ResponderExcluir
  7. Você não ia postar ontem? (Segunda)

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo