13 de jul de 2014

33° Capítulo - Caminhos traçados




Com Rodrigo e Juliana
– Eu não quero ir Rodrigo! – Juliana dizia.
– Eu também não quero que você vá.– A abraçou mais forte, sentia que ela poderia desmoronar a qualquer momento.
– Rode? – O chamou mais calma.– Posso perguntar uma coisa?
– O que Juh? 
– Por que nunca mais tocou no assunto do nosso beijo?


***
Dirigindo até a casa de Micael, Arthur pensava no que estava acontecendo com ele,por que a ideia de ver Lua e Igor juntos? Deve ser porque Arthur conhecia muito bem Igor e não queria que ele fizesse com Lua o mesmo que fez com Karen.Ele tinha magoado a menina sem dor nem piedade.

Estacionou em frente a casa de Micael, não era uma casa igual a de Arthur grande espaçosa, mas muito aconchegante. Arthur tocou a campainha.
– Arthur, quanto tempo! – Lena disse alegre ao ver o jovem. – Nunca mais apareceu. – Abraçou Arthur. – Achei que tivesse me esquecido. – Brincou e Arthur riu.
– Sabe como é né tia? – Arthur coçou a cabeça.
– Sei sim querido. – Colocou a mão no ombro dele e o deixou entrar. – Seu amigo está no quarto dele com a Rilley . – Informou. – Beijo meu anjo, tenho que ir trabalhar. – Deu um beijo na testa do mesmo.
– Tchau tia Lena! – Se despediu de Lena, e foi para o quarto de Micael. – E ai cara. – Disse dando um patinha nas costas do mesmo. – Oie princesinha. – Agachou na frente de Rilley e lhe deu um beijo no rosto.

– O que faz aqui Arthur? – Perguntou Micael.
– Preciso conversar com você Mika.
– Poxa cara agora eu não vou poder falar com você. – Disse e Arthur o encarou. – Meu chefe pediu para mim ir para o escritório hoje mais cedo. Vou deixar a Rilley na vizinha e vou para lá.
– Eu te levo e no caminho a gente conversa, pode ser? – Ofereceu e Mika assentiu.
– Princesinha você vai ficar na casa da dona Inês ok? – Micael perguntou a irmã.
– Ok Mika.

Após deixar a menina na casa da vizinha, os dois foram em direção ao escritório que Micael era estagiário. Arthur contava ao amigo o que estava acontecendo com ele, e o que o preocupava.

– Arthur posso te falar o que eu acho? – Micael perguntou e o amigo concordou sem tirar os olhos do volante. – Eu acho que esse negocio de você odiar o Igor pelo que ele supostamente “fez” com a Karen, é uma idiotice. – Deu aspas no fez, pois desconfiava que fosse mentira da garota. – Ninguem sabe se isso é verdade. Afinal de contas todos nos sabemos que Karen sempre foi apaixonada pelo Igor, e ele nunca gostou dela. – Murmurou Micael. – Ela fazia tudo por ele, e você sempre a viu como uma amiga porem ela só te usava. – Dizia tranquilamente, pois sabia que isso era um assunto que irritava o amigo.
– Isso não é verdade. – Arthur disse, querendo que Micael parasse.
– Igor ficou com ela por dó, mas ele não seria capaz de força-la a nada. Ela queria... – Parou de falar, pois viu que tinha ido longe de mais. Com certeza Arthur sentia algo pela menina. – Sabe Arthur? Eu acho que você nunca esqueceu a Karen. – Finalizou fazendo o amigo arregalar os olhos.
– Isso é loucura da sua cabeça. – Riu debochado. – Entre mim e Karen nunca ouve nada.
– Sim, não ouve! Mas naquela época você estava apaixonado por ela, e por isso fechou seu coração.
– Micael por favor, - Pediu.
– Ela ainda mora ai dentro. – Apontou para o coração de Arthur. – Mesmo você não falando pra ninguém eu sabia o que estava acontecendo com você. Arthur esquece essa garota já faz mais de 3 anos que ela foi embora, e deixou essa duvida  na sua cabeça.
– Chegamos Micael. – Disse encerrando o assunto.
– Ok. – Abaixou a cabeça. – Só mais uma coisa. – Encarou Arthur. – A Lua não é como a Karen ok. – Disse saindo do carro.

***
– Por que nunca mais tocou no assunto do nosso beijo?
– Juh esse não é o momento para falarmos sobre isso. – Disse fugindo do assunto.
– É sim. – Discordou. – Sabe por que? Eu quero entender Rodrigo! – Disse se afastando dele.– Porque uma hora você me beija e o resto da semana você me ignora.Você acha que eu sou o que? Que eu sou uma das vadias que você e o seus amigos pegam e descartam no dia seguinte.
– Juliana eu...
– Cala a boca e me escuta. – Disse exaltada. – Eu me senti usada, a viagem pra Angra inteira. – Disse deixando algumas lagrimas caírem. – Toda vez que eu me aproximava você recuava. – Encarou Rodrigo com algumas lagrimas no rosto.
– Juliana eu não sei explicar o que aconteceu aquele dia. – Rodrigo suspirou.
– Muito comodo pra você falar isso. – Virou o rosto.
– Eu fiquei incomodado em saber que talvez você fosse embora e me deu uma vontade de te beijar. – Disse sem graça.
– As coisas não são assim Rodrigo, pelo menos não comigo.Você não pode fazer algo só porque deu vontade. – Brigou com ele. – Quer saber? Eu sou uma imbecil de pensar que você... – Parou de falar quando percebeu a besteira que ia dizer.
– Que eu... – Fez um gesto para que ela continua-se.
– Que você nada. Como eu disse eu sou uma imbecil. – Disse levantando e indo embora.
– Juliana ! – Rodrigo gritou.


Lua e Ray acharam estranho os barulhos que vinham da sala então foram ver o que aconteceu.

– O que aconteceu? – Ray perguntou ao entrar na sala e ver o irmão sozinho. – Cadê a Juliana?
– Ela foi embora. – Respondeu e Lua e Ray respiram fundo.
– Eu vou indo também. – Lua disse e Ray fez uma cara que dizia que estava cedo. – Prometi aos meus pais que chegaria antes do jantar.
– Ok eu te levo até a porta. - Lua assentiu e se despediu de Rodrigo. - Pode começar a explicar! - Rayana disse de braços cruzados.

...
Jantar em familia? Sim era isso que estava acontecendo agora mesmo na casa da familia Aguiar, todos estavam jantando juntos inclusive Vitor o que era raro de acontecer. Era um jantar silencioso, a unica que falava era Vitoria que contava alegremente ao pai como tinha sido seu dia.

Claudia observava Arthur e Lua que estavam calados desde que haviam chegado. Lua evitava olhar para Arthur, e com ele não era diferente.

– Como foi seu dia filho? – Vitor perguntou para Arthur.
– Foi bom pai. – Sorriu fraco. – Tirando algumas coisas, ele foi bom.
– Hum. – Vitor balançou a cabeça concordando. – E você Lua?
– Mais ou menos. – Respondeu, olhou para Claudia que tinha um semblante preocupado.– Juliana vai embora. - Finalizou e Arthur arregalou os olhos.
– O que? Quando? Por que? – Arthur perguntava.
– Os pais dela chegam daqui 3 semanas. – Suspirou. 
– Meu amor! – Claudia exclamou, colocando a mão sobre a da filha. – Vai ficar tudo bem.
– Posso me retirar? - Lua perguntou sem animo.
– Pode querida. – Vitor deixou.
Lua se levantou indo para o quarto, Arthur a seguiu com o olhar. Sabia que ela estava triste, suas amigas eram tudo pra  ela.

Quem aqui está curioso para saber quem é Karen, e o que aconteceu entre ela, Arthur e Igor?
O que vocês acham que devia acontecer com JuDrigo?Será que eles vão ficar juntos?
Quando o Arthur vai admitir que gosta da Lua?

3 comentários:

  1. Espero que o arthur perceba logo que deve ficar com a lua. O rodrigo deveria perceber que gosta da ju. E contaaaaaa o que aconteceu entre a karen o ygor e o arthur.

    ResponderExcluir
  2. Posta maiiiiii!!!
    Xx Beca

    ResponderExcluir
  3. Gente...meu coração
    "Cala boca e me escuta" hahaha eu amo Ju velho
    Posta logo Amanda!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo