11 de jun de 2014

Minha irmã adotiva

Capítulo 293

Arthur: O que é isso?(indagou entrando no quarto)

Alexandra: Lua, acabei de ouvir a voz de Arthur,entregue o telefone a ele por gentileza(molhou seus lábios com a língua) Vc não está em condições de falar.(concluiu certeiramente)

Lua: Alexandra, o Miguel é meu filho e eu tenho o direito de saber o que ta acontecendo com ele.(disse pausadamente procurando se esforçar o bastante para não cometer grosserias)

Arthur: Lua, o que ta acontecendo?(franziu o cenho, entrando no quarto e fechando a porta atrás de si)

Alexandra: Eu sei que ele é seu filho, eu não estou te desmerecendo, só quero que saiba que o Miguel está com começo de pneumonia e vamos levá-lo ao médico agora.Não se preocupe.(concluiu calmamente)

Lua: (gargalhou ironicamente) Não se preocupe. Me poupe Alexandra, meu filho está doente e vc quer que eu não me preocupe.(negou com a cabeça) Qual hospital vcs vão?

Arthur: O Miguel.(arregalou os olhos) O que aconteceu meninas?(indagou buscando olhar Sophia, Rayanna e Mel, tendo em vista que suas tentativas de conversar com Lua enquanto falava no celular foram todas em vão)

Mel: Não sei , ela acabou de atender o telefone.(concluiu ofegante e preocupada)

Alexandra: Vamos levá-lo no Dr. Alberto, um grande amigo de Victor. Não há necessidade de vc ir, querida. Alberto é “supimpa” quando se trata de receitar medicamentos a crianças.(forçou uma gargalhada do outro lado da linha)

Lua: O problema é que meu filho ainda é um bebê.(afirmou com a cabeça) Alexandra estou indo para ai agora.(se limitou a dizer)

Alexandra: Lu..(foi interrompida)

Lua: Não tem o que vc dizer que vá mudar. Até logo.

Fim de ligação

Arthur: O que aconteceu com o Miguel?(indagou preocupado)

Lua: Está com começo de pneumonia .(disse, enquanto calçava sua sandália de dedo) Preciso vê-lo.(concluiu agoniada, procurando sua bolsa, dentro de seu guarda roupa)

Arthur: Precisamos vê-lo.(a corrigiu) Minha mãe, te ligou pra avisar que vão no Dr. Alberto?(indagou certeiro)

Lua: Como sabe?(franziu o cenho, desconfiada)

Arthur: Porque eu sei.( inspirou e expirou lentamente)

Lua: Vamos então.(Concluiu desesperada)
Arthur: Vc não ta pensando que vai sair daqui de pijama, néh?(revirou os olhos)

Lua: Não é hora de pensar em que roupa colocar Arthur, meu filho precisa de mim.

Arthur:   Tá legal! Mas vc não sai deste quarto com esse roupa.(apontou para a mesma)

A loira vestia um baby doll preto, com detalhe de renda rosa claro, seu comprimento era exatamente nove dedos acima do joelho, para evitar transparecer o quão curto era sua roupa, colocou uma blusa de moletom verde e colocou por cima, algo que não satisfez o moreno.

Mel: Huuum, que lindo do “Casal Ciúmes” (procurou descontrair)

Lia: Se acontece..(foi interrompida, enquanto colocava a primeira calça jeans que achou em seu guarda-roupa)

Arthur: Lua, não vai acontecer. (a garantiu)

Rayanna: Vcs querem que a gente vai junto com vcs pra se precisarem de alguma coisa?(indagou prestativa)

Lua: Obrigada Ray, mas não precisa, qualquer coisa nós entramos em contato com vcs.(concluiu vestindo por ultimo uma camisa rosa lisa) Vamos Thur.


Arthur: É aqui.(concluiu estacionando o carro de frente a casa do Dr. Alberto) Meus pais não estão aqui.(franziu o cenho, ao notar que não havia um carro sequer estacionado de frente a casa, ou sequer aos arredores)

Lua: Arthur, ele pode ter se mudado daqui.(afirmou com a cabeça, saindo do carro)

Arthur: Não Lua. Tenho certeza que ele ainda mora aqui, Felipe, filho dele, estuda comigo.(saiu do carro também,marchando ruma a porta da casa, receoso)

A loira apertou a campainha duas vezes consecutiva, aguardando que pudessem notar que a “visita” estava com pressa.

--: Olá?(disse uma senhora, de cabelos grisalhos, com os olhos entreabertos, provavelmente estava dormindo)

Arthur: Olá Flavia, Alberto está? Ou talvez meus pais?(indagou curioso)

Flavia: Óh Arthur!(o reconheceu) Quanto tempo querido.(o abraçou pelo pescoço)

Lua impaciente revirou os olhos.

Arthur: Pois é.(respondeu sem graça)

Flavia: Entre, acabei de passar um café agorinha, e tem bolachas crocantes com pingos de chocolates.(procurou ser agradável)

Lua: Senhora, queremos apenas conversar com Alberto, podemos?(arqueou uma das sobrancelhas nervosa)

Flavia: Olha, que bela moça, que doçura.(sorriu simpática) Sua namorada Arthur? (antes que o mesmo pudesse responder, continuou) Vc realmente tem um bom gosto. (afirmou com a cabeça) Entre conosco, acabei de passar um café agorinha mesmo (Lua revirou os olhos, enquanto escutava a velho senhora repetindo a mesma coisa que havia falado segundos atrás) e tem bolachas crocante com pingos de chocolates que fiz antes que Alberto saísse as pressas.

Bingo! Pelo menos já sabiam que Alberto já não estava presente. O que provocou um frio no estomago de Christopher, e um desespero em Lua. Naquele momento a loira se lembrou de Alexandra, e desejou matá-la mentalmente. Por que haveria mentido?!

---: Mamãe, o que faz essas hor...(parou de falar ao se deparar com a figura de Arthur a sua porta) oi Thur, como vai?(indagou se aproximando da porta)

Arthur: Oi Mariana, desculpe incomodar, mas vc sabe aonde Arthur está?(indagou receoso)

Mariana: Sua mãe pediu pra eu não falar nada a vcs.(expirou lentamente) Mas acho que vcs como pais devem saber.

Lua: O que a Alexandra quer com isso?(arregalou os olhos)

Arthur: Isso quer dizer o que Mariana?

Mariana: Eles estão no Hospital São Longuinho , no centro.(informou) Mas não se preocupem, que o Miguel está apenas com uma terrível febre.(afirmou)

Arthur: Obrigada Mariana, até mais(agradeceu)

Flavia: Tem certeza que não vão querer as bolachas crocantes com pingos de chocolates?(indagou a velha senhora, observando Lua e Arthur entrarem no carro)

Lua: Essa senhora sofre de alguma doença?(revirou os olhos)


Lua e Arthur entraram no hospital aos pulos, observaram a recepção que se mantinha vazia aquela hora da madrugada, e logo puderam avistar Victor, tomando um gole de café e fazendo careta e Alexandra com as duas mãos os rosto se lamentando. Algo parecia estar acontecendo. Algo não muito legal, concluiu Lua em seus pensamentos.

Lua: Como está Miguel? Por que não nos avisaram que vieram pra cá? Por que pediu pra moça da casa de Alberto não nos falar que estavam vindo pra cá?(disse sem ao menos respirar)

Alexandra: Lua, perdão.(sentiu uma lágrima riscar seu rosto)

Alexandra estava chorando? Era isso mesmo? Algo de muito errado estava acontecendo.

Lua: Quero ver meu filho.(ordenou)

Victor: Ele está sendo atendido.(se limitou a dizer, se sentando ao lado de Alexandra)

Lua: Como assim atendido.Sem nenhum acompanhante?!(arregalou os olhos)

Victor: É.(se limitou a dizer)

Lua: E vcs dizem isso com a maior normalidade do mundo.(levou as duas mãos a cintura) Vou procurar meu filho.

Arthur: Lua(a segurou pelo braço, a fuzilando com os olhos)

Lua: Arth..(foi interrompida)

Victor: Controle-se (ordenou sério) Antes que vc despenque a falar novamente, quero que saiba que eu já fui pai, e sei muito bem cuidar de uma criança, e não adianta se desesperar, porque se vc veio aqui pra não ajudar, não atrapalhe.(disse sério)

Lua abaixou a cabeça, sabendo que realmente merecia o tom áspero do qual Victor lhe referiu.

Lua: Por que Alexandra está chorando então?(indagou em um tom de voz fraco)

Victor: Não se preocupe enquanto a isso, estamos pagando os melhores médicos e os melhores tratamento nesse momentos para Miguel se recuperar o mais rápido.

Lua: Não foi essa minha pergunta.(mirou Arthur com receio, que a abraçou carinhosamente)

Arthur: Tudo vai ficar bem, eu te prometo.(a assegurou)

Lua: Eu quero noticias do meu filho.(se aninhou nos braços do loiro)

Arthur: Victor.(o chamou, enquanto abria uma enorme porta branca que separava a parte interna do hospital, da parte interna) o primeiro diagnostico já temos.

Arthur é muito ciumento concordam? Mas ele também é muito fofo!!!


4 comentários:

  1. fofinho posta mais

    ResponderExcluir
  2. Que saudade dessa web,ai tomara que o Miguel fique bem '-'

    ResponderExcluir
  3. Muito ciumento mesmo viu hihi qreo logo eles juntos *-*
    Espero que Miguel fique bem :)
    Adorando mais um cap *--*

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo