28 de jun de 2014

"De Repente é Amor"



28ª Capítulo - Cachoeira, discussão e clima
#Maratona

Lua narrando
Depois que terminamos de tomar café, Chay e Arthur racharam a conta e nós fomos de volta pra casa nos arrumar. Coloquei o primeiro biquíni que encontrei na mala - ainda não tinha arrumado no guarda-roupa - e fomos pegar a trilha. Se não me engano, Arthur tinha comentado que eram uns 2 km até chegarmos à cachoeira. Eu e Chay andávamos na frente conversando sobre filmes, enquanto Mel e Arthur vinham logo atrás de nós trocando apenas algumas palavras, pareciam meio desconfortáveis. Chay percebeu e começou com suas palhaçadas, que irritavam Mel e a gente se divertia. Com a distração, nem vimos o tempo passar e demos de cara com aquela paisagem maravilhosa. Mel tirou o celular do bolso e começou a bater fotos, entramos na onda e fizemos as piores caretas possíveis, isso com certeza precisaria ser colocado num quadro. 

- AAAAH! - eu gritei e me atirei da pedra. Parece que demorei uma eternidade até cair na água de tão alto que era - Que gelo! - comecei a bater os dentes.
- É só mergulhar que esquenta - Arthur disse atrás de mim, então eu mergulhei até ele e o afundei lhe dando um "caldinho". 
- Pula Mel - Chay gritava enquanto subia pedra por pedra até chegar na última, onde Mel estava. 
- Não, é muito alto - ela dizia olhando pra baixo. 
- Fecha o olho, Memis - eu disse e ela negou com a cabeça dando pra trás novamente. Então o que conseguimos ouvir depois foram..
- AAAH!!! - Chay tinha a empurrado da pedra, depois de uns segundos, assim que ela subiu vimos sua face extremamente raivosa... - SEU FILHO DA PUTA, EU PODERIA TER MORRIDO, SABIA? - ela dizia batendo os dentes, realmente a água estava bem gelada - EU TÔ COM FRIO! - ela, com um pouco de custo conseguiu sair da água e se enrolou na toalha. 
- Calma Melanie, foi só uma brincadeira - Arthur disse sentando perto dela - Relaxa!
- Uma brincadeira de  péssimo gosto, né Arthur - ela bufou. 
- Relaxa aí estressadinha - Chay disse chegando perto dela, nesse momento eu também já tinha saído da água - Foi uma brincadeira, se não gostou, me desculpe! Mas não precisa descontar neles, o.k? 
- Não to descontando em ninguém, apenas não gostei do que você fez - ela se defendeu. 
- Você nunca gosta de nada, é cheia de "não me toque" - ele disse grosso - Já to cansado disso! Mais tudo bem, você não se importa né?!
- Não - ela disse sem emoção. Chay revirou os olhos e entrou de novo na água. 
- Precisava disso, Mel? - Lua disse chateada com a irmã. Não conseguia entender essa rixa que ela tinha pelo Chay, tudo bem que não foi a melhor brincadeira do mundo, mas também não era a pior. 


* * *

Eles voltaram pra casa antes das 16h da tarde. Quando chegaram, a primeira coisa que Mel fez foi subir e se trancar no banheiro. Chay ficou relaxado. Comeu uma maça e foi pra piscina com Lua. Arthur foi assistir TV. 

- As vezes eu acho que ela me odeia - Chay comentou enquanto acariciava a cintura de Lua com o polegar. 
- Ela não te odeia, só não foi com a tua cara – riu – É diferente – ela passou os braços envolta do pescoço dele - Me desculpa por hoje. 
- Tudo bem - ele deu de ombros - Mais foi engraçado vê-la toda irritada daquele jeito - riu. 
- Cachorro - dei um tapinha no braço dele - Você não presta, Chay. 
- Eu sei - ele sorriu - Mas no começo a gente se deu bem... 
- Verdade, por isso que eu achei estranho essa mudança repentina de comportamento – ela puxava o cabelo dele de leve.
- Gosto disso - ele disse mudando de assunto e fechou os olhos relaxando com o carinho. 
- Bom saber – ela disse e ele apenas sorriu de olhos fechados – Eu tava pensando em subir... O que você acha? – Chay abriu os olhos de imediato, Lua sorriu e passou as unhas na nuca de Chay deixando-o arrepiado.
- Ta brincando com fogo, loirinha - ele apertou a cintura dela trazendo-o para si, ela sorriu.
- E quem disse que eu não gosto? - ela falou no pé do ouvido de Chay e o garoto a beijou com desespero. 

Ele a prensou na parede e passeou com as mãos por todo o corpo da loira; Lua envolveu a cintura dele com as pernas e Chay colou ainda mais seus corpos, tirando os poucos centímetros que o impediam de um contato mais “próximo”. Era a segunda vez que estavam nessa situação e sabiam que a qualquer minuto chegaria um surdo pra atrapalhar, mais não importava, nada importava. Queriam aproveitar e desfrutar daquela sensação que estavam sentindo, aquele calor que a cada toque, suspiro e mordida , aumentava mais e mais. Chay desceu os beijos para o pescoço de Lua e a loira respondia os carinhos com suspiros abafados; Ele voltou a tomar os lábios da loira e como eu havia dito, sempre tem um surdo. 

- Gente eu to indo... Wow! – Arthur ficou sem graça por ter atrapalhado os dois – Existe quarto exatamente pra essas pornografias. 
- Fala logo Mané – Chay disse. Lua tirou as pernas da cintura de Chay e arrumou seu biquíni. 
- Eu vou fazer mercado, querem alguma coisa? – ele coçou a nuca. 
- Coca e você? – olhou para Lua que estava extremamente envergonhada. 
- Eu vou com ele – fez menção de sair, mas Chay a segurou – Que foi? 
- A gente tava... 
- Chay! Acabou o clima – sentiu o rosto queimar. Deu um selinho nele, saiu da piscina e se enrolou na toalha – Vou trocar de roupa, me espera? 
- Claro, vai lá – a loira assentiu e correu pro quarto – Foi mau cara.
- De boa – Chay sentou na borda da piscina. 
- Sério. Não queria atrapalhar.
- Relaxa irmão, não ia acontecer nada mesmo – deu de ombros.
- Ok – ficaram em silêncio até Lua voltar. 
- Vamos? 
- Já é – saíram. 


* * *

Gente, que jogo foi esse? 
PUTA QUE PARIU, quase tive um infarto 

2 comentários:

  1. amando LuEd, amo luar tbm mais eu queria muito uma web lued

    Ass:layza

    ResponderExcluir
  2. mirella vasconcelos29/06/2014 13:56

    Esse jogo foi dos nervos mais ainda bem que o Brasil ganhou.e posta mais a web amore.

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo