28 de mai de 2014

Superei TUDO por você meu amor





Capitulo único:






-Você não podia fazer isso!- eu disse no momento em que entrei no quarto dele.
Meu estômago ruía só de ver o estado em que ele se encontrava, tanto trabalho que tivemos. E ele simplesmente desmorona assim tão.....
Facilmente.
-Você não manda em mim.- ele disse seco e grosso.
-Porque você faz isso em? Eu pensei que... que... que VOCÊ ESTAVA MELHOR GAROTO.- eu disse gritando a ultima parte.
Minha garganta parecia que estava preste a vomitar algo muito além de vomito, a decepção assombrava todo o meu corpo.
-Melhor? HAHAHA porque ser melhor quando eu não sou feliz ser bonzinho para todos pisarem em mim? Sinto muito mas não.- ele disse sarcástico e arrogante.
-Ser melhor por você, por sua mãe por mim ,pelo seu filho. Que tadinho esta lá em baixo sozinho e chorando, com medo do próprio pai dele.- eu disse e ele me olhou meio irônico.
-Aquele bastardo mal agradecido? Quando a mãe dele morreu no parto eu assumi todas as responsabilidades por ele, e tudo que ele faz e chorar o tempo todo.
-Arthur ele é uma criança.- eu disse com a voz embargado com meu choro.
As lágrimas escorriam furiosamente pelo meu rosto.
-Por que você esta chorand...
Ele começou a falar mas eu o interrompi.
-Por que você bebeu?
Eu perguntei com um fiapo de voz.
-Porque eu quis Lua.- ele disse grosso.
-Não! Me responda o que eu perguntei seu estúpido.
Eu disse quase gritando.
-Eu tive mas uma briga com meu pai, e eu precisava relaxar.- ele disse e eu levantei num pulo completamente desacreditada.
-Você bebeu por causa do seu pai?- eu perguntei e ele balançou a cabeça em confirmação.
-Seu estupido, idiota, filho da mãe, cachorro...
Eu comecei a xinga-lo em quanto batia no peito dele.
-PARA LUA, PARA.- ele gritava mas eu não estava nem ai então ele me deixou bater nele ate que eu cansei, e cai sentada no chão.
Ele se abaixou e sentou também no chão, ficamos quietos encarando o piso por longos minutos.
Levantei o rosto ao mesmo tempo que ele e nos encaramos.
De repente lágrimas caiam tanto dos meus olhos quanto dos deles.
-Lu me perdoa?- ele perguntou ainda chorando.
-Eu não tenho o que te perdoar. Você tem que se perdoar Arthur, você foi fraco consigo mesmo.-eu disse e ele desabou em lágrimas.
Suspirei fundo e puxei ele para um abraço e logo depois depositei sua cabeça em meu colo.
Ele continuava a chorar desesperadamente, comecei a fazer um cafuné em sua cabeça e logo ele foi se acalmando e vieram os soluços que logo foram cessando. Sua respiração foi ficando cada vez mas devagar até que ele relaxou e dormiu.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Tempos depois

Acordei sentindo beijos pelo meu rosto, abri os olhos avistando os dois homens da minha vida.
De um lado estava Arthur sorrindo maliciosamente para mim e do outro João Pedro que a cada dia se parecia mas com o pai.
-Será que toda vez que eu vir dormir aqui eu não vou ser capaz de dormir em paz?- eu perguntei e o Arthur riu alto.
-Você sabe que não.- ele disse.
-Em pensar que vocês dois querem que eu venha morar aqui.- eu disse e o Thur sorrio pra mim.
-Ai quando você se mudar definitivamente para aqui eu vou te tratar como uma Deusa, e dormir ate a hora que você quiser.- ele disse distribuindo beijos pelo meu rosto.
-É mama você podia vim ficar aqui comigo e com o papa.- disse o João com aquele sorriso lindo herdado do avô.
-Olha João para a Mama casa com seu Papa nos teríamos que casar e nos iríamos brigar muito. E se tem uma pessoa defeituosa no mundo esse alguém é o seu pai.- eu disse rindo da cara que o Arthur fez.
-Hey não venha com essa. Eu sou um anjo para você, ate superei meu pior inimigo por você. - ele disse.
-Não! Você fez isso por você, a bebida estava acabando com o seu próprio ser.- eu disse sentindo os olhos dele fixos em mim.
-Eu sei. Mas mesmo assim eu superei TUDO por você meu amor e superaria de novo. E pelo NOSSO filho e claro.
-Sabia que eu te amo?
Eu perguntou e ele riu.
-Sabia que eu te amo mas?- ele perguntou de volta mas o João nos interrompeu.
-Hey não comecem. Vocês sabem quem eu amo mas vocês dois.    

Fim

Gostaram? Comentem por favor.
Bjs... 

5 comentários:

  1. Meio nada haver.. Ficou mais ou menos.

    ResponderExcluir
  2. Uma leitora qualquer!02/06/2014 14:37

    Desculpe, não entendi direiro, por isso não gostei, apesar de achar que se você explicasse mais, a historia iria ter fundamento. Da proxima vez, tente explicar melhor a situação. Não estou sendo grossa, nem mal educada, caso alguem quiser vir falar isso de mim, só estou dando minha opinião, pois é errando que se aprende. Beijos!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo