28 de mai de 2014

[Mini-Fic] "Cravo e Canela"


Capítulo 21 - Último capítulo.



Arthur estava sentado na cama ao lado de Lua. Ela ainda estava em coma.

Arthur: Sabe, princesa, a Mel morreu. Sophia me contou isso ontem. A Perola até não é tão ruim, né? Se não fosse por ela você poderia estar morta agora. - sentindo o coração se comprimir ao falar isso - Eu acho, ou melhor, eu tenho certeza de qe você vai sair dessa, né princesa? - lhe beijou o topo da cabeça - Você vai sair dessa. - convicto - Vai sim.
Soph: Aín, mamãe. Estou tão triste pela Lua. Ela não merecia isso.
Blanca: Não podemos questionar o que Deus nos manda. - acariciando os cabelos dela - Isso é uma provação. Para nos mostrar se somos ou não somos fortes o bastante.

Quase um ano depois ...

Sophia e Arthur haviam se formado. Ela estava namorando Eddy, um carinha novo da faculdade. Blanca e Fernando estavam mais unidos e apaixonados que nunca. Perola havia ido morar na França com seus pais. Pedro, Micael e Guto repetiram um semestre. E Lua? Ainda, infelizmente continuava em coma.


Arthur: ... E assim a Bela e a Fera viveram felizes para sempre. - terminando de contar uma história pra ela. -

Ele notou que ela deu uma leve mexida. Levantou-se da cama. Ela foi abrindo lentamente os olhos. Parecia zonza, e boba. Enxergou Arthur e sorriu. Ele estava incrédulo.

Lua: A...Arthur!?

Cinco meses depois ...

Arthur: Sim. - sorriu e em seguida olhou para Lua ao seu lado, emocionada -
Padre: Lua Maria Blanco, aceita Arthur Queiroga de Bandeira Aguiar como seu legítimo esposo para amá-lo e respeitá-lo na alegria e na tristesa, na saúde e na doença, até que a morte os separe?
Lua: Sim
Padre: Tragam as alianças por favor.

Uma meninha, prima de Arthur, trouxe as alianças em uma almofadinha e Arthur pegou a mais fina e colocou no dedo de Lua, ela pegou a mais grossa e colocou no dedo dele.

Padre: O noivo pode beijar a noiva.

~♥~

Lua: Estou tão feliz, meu marido. - sentindo-se orgulhosa ao poder chamá-lo de marido -
Arthur: Eu também, pricesa. - lhe deu um selinho - Agora seremos só nós dois e nada pra atrapalhar.
Lua: Não tenho certeza disso. - suspirou -
Arthur: Por que?
Lua: Talvez sejamos três. - pegou a mão dele e colocou em cima de sua barriga -
Arthur: Você tá grávida?

Ela apenas assentiu e se jogou nos braços dele. Um beijo apaixonado e emocionado surgiu e muitos aplausos dos convidados da festa também surgiram.

Fim

5 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo