21 de mai de 2014

[Mini-Fic] "Cravo e Canela"


Capítulo 07.



A prova para Arthur e Sophia não poderia ter sido melhor, pra eles estava muito fácil.

Xx: Professor - chamou um engraçadinho da turma.
Professor: Sim - mirando o aluno.
Xx: Sei todas as perguntas da prova - se gabando.
Professor: Aé?
Xx: Agora só me falta aprender as respostas

Todos da sala riem, inclusive o professor.
No intervalo, Sophia e Arthur resolveram lanchar juntos. Ele até a ajudou com suas mochilas. Sophia havia conversado com Lua e tinham resolvido que depois da faculdade iriam juntas para a Mansão Blanco.
Muitas pessoas os olhavam curiosas. Arthur sempre andou sozinhou e Sophia sempre estava grudada em Lua. Ambos ignoravam os olhares e os boxichos que lhe lançavam.

Arthur: Não vai ir falar com suas amigas?
Soph: Depois explico pra elas que não fiquei com elas no intervalo porque estava estudando com você

Sentaram-se em uma mesa e ficaram estudando. Lua saiu de sua sala e foi direto para a lanchonete da faculdade. Estava exausta, havia tido que fazer um resumo de 10 páginas em menos de meia hora. Quando chegou no estabelecimento achou estranho, estranho demais, ver Sophia conversando com Arthur.

Lua: Atrapalho?

Sophia e Arthur ergueram os olhos e encontraram com a de Lua.

Soph: Claro que não, Lua. Sente-se conosco se quiser, estamos apenas estudando
Lua aceitou o convite. Sentou-se.
Arthur: Então, Sophia, aqui - mostrando a página do livro - temos a estrutura de uma casa e na página seguinte a estrutura de um prédio. O professor pediu para que fizéssemos em um tamanho considerável uma maquete de cada estrutura

Lua revirou os olhos. Olhava Arthur se perguntando por que ele não se vestia melhor, por que ele não arrumava sua aparência.

Soph: Que dia acha que podemos fazer esse trabalho?
Arthur: Não sei, você decide e me avisa
Soph: Tudo bem - sorriu - Vou beber água, querem algo?
Arthur: Não, obrigado - concentrado em seu livro.
Lua: Também não quero nada, Soph.

Sophia assentiu e saiu em busca de um bebedouro. Lua olhou em volta e viu que as pessoa lhe lançavam um olhar confuso, Mel lhe olhava com uma força divertida, e Lua entendeu o que o olhar dela dizia. Que se todos da faculdade soubessem que ela estava sentada em uma mesa com Arthur, sua popularidade dançaria. Suspirou. Tinha que agir e a única forma seria a que ela decidiu fazer.

Lua: ENTÃO JÁ ESTAMOS CONVERSADOS, ARTHUR. NÃO QUERO VOCÊ PERTO DA SOPHIA, SE NÃO, EU MANDO O PEDRO QUEBRAR A SUA CARA - começou a gritar e Artur ficou confuso com aquilo.
Arthur: Do que está falando? - fechou seu livro.
Lua: NÃO SE FAÇA DE BOBO, SEI QUE GOSTA DA SOPHIA E POR ISSO NÃO QUER QUE ELA ANDE COMIGO. POIS ESPERE ISSO SENTADO, JÁ LHE AVISEI UMA VEZ E VOU LHE AVISAR A SEGUNDA, NÃO QUERO VOCÊ PERTO DA SOPH - saiu pisando firme.

Ela não queria ter feito isso, mas tinha que fazer. Sua popularidade era importantíssima. Suspirou se direcionando a sua sala. Todos que olhavam a cena começaram a caçoar de Arthur. Soph chegou e não entendeu nada.

Soph: O que aconteceu? 
Arthur: Não aconteceu nada - juntando seu material apressadamente e o guardando na mochila - E pode deixar que eu faço o trabalho e coloco o seu nome - se levantando, estava morrendo de medo de Pedro.
Soph: Mas ... - não terminou de falar, ele já tinha saido correndo - Eu hein.

Lua estava caminhando pelos corredores da faculdade quando Pedro a chama. Ela se vira para olha-lo.

Lua: Que é? - grossa.
Pedro: A gente ainda tem que conversar
Lua: Não me lembro de ter nenhuma conversa pendente com você e mesmo se tivesse, hoje não estou com paciência pra isso
Pedro: Qual é, gata? Nosso lance era tão bonito
Lua: Lance? Eu achava que era namoro
Pedro: É só um modo de falar
Lua: Retardado - pegou o copo de suco que estava na mão do mesmo e jogou em cima dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo