16 de mai de 2014

Little Rebels - Capitulo 14



Just Breathe...




POV Bianca

"- Por favor, Abby. A gente vai achar um cara legal e divertido, e eu te garanto que vai ser um gato. Juro que você vai se divertir! Quem sabe até fique com ele...
Travis Jogou a frigideira na pia.
- Eu não disse que não vou levar a Abby pra festa.
Revirei os olhos
- Não me faça nem um favor, Travis.
- Não foi isso que eu quis dizer, Flor. Essas festas de casais são pros caras com namorada, e todo mundo sabe que eu não namoro. Mas não vou ter que me preocupar com a possibilidade de você esperar um anel de noivado depois da festa"

Parei de ler quando senti algo esbarrar no meu ombro. "Isso mesmo Bianca, é muito inteligente essa sua mania de ficar lendo no meio de um corredor com alunos desorientados procurando os quartos".
Me virei para ver quem era e quase derrubei o livro. Lá estava o meu maior pesadelo materializado na minha frente, eu deveria estar calma não é? Ou almenos parecer calma, mas não, eu não estava calma, eu não demonstrava estar calma e eu não queria estar calma.
Tudo o que eu queria era entender porque no meio desse mundo enorme esse garoto resolveu vir pra cá, justamente pra cá.
-Ah Bianca, eu não sabia que estudava aqui. Como você está? -Perguntou sorrindo, canalha.
-Estou maravilhosamente bem comparando com o dia em que fui deixada pra escanteio no meio de um corredor como esse aqui -Cuspi tudo de uma vez sem me importar se já havia feito anos e eu já deveria ter superado.
-Ainda guarda mágoa? Que feio em B. -Ele disse colocando suas mãos ao redor da minha cintura deixando cair a mala que levava em suas mãos.
-O que você ta fazendo? -Perguntei empurrando-o mas o mesmo me puxou de volta sorrindo
-Vai dizer que não sente falta disso -Ele começou a acariciar meu rosto mas eu não sentia o mesmo de antes. Sentia nojo, não pelo toque mas pelo olhar que ele fazia...não era o mesmo de antes.
-Me larga -O empurrei e saí correndo mas ele estava me seguindo, quando chegamos na escada ele me agarrou de novo e dessa vez eu gritei.
-Me Larga Carter -Quando gritei ele finalmente me soltou e eu me desequilibrei tendo que segurar no corrimão da escada olhando apenas para as pessoas que estavam vendo a cena lá em baixo e uma delas era...ai droga.
Ele saiu andando e eu corri atrás dele me arrependendo de ter gritado aquele nome
-Frederico, espera -Gritei mas ele fingiu que não estava me ouvindo
-Foi por causa dele que você saiu daquele jeito da festa? Foi por causa dele que você virou a noite chorando? E não venha negar isso, minha irmã dorme com você. Eu pensei que você já tivesse esquecido -Ele disse virando pra mim vermelho de raiva. Eu sabia que isso iria acontecer. Nós dois podemos brigar a vontade mas se um de nós não enfrenta o nosso medo o outo é que se machuca.
-Eu perguntei quem ele era, eu estava com você e você fugiu -Ele falou e uma lágrima escorreu do meu rosto
-Não finja que não sabe com quem eu aprendi isso -Falei e ele apenas olhou pra minha cara como se estivesse se rendendo e saiu andando.
Procurei um canto vazio e escuro (que no caso, era um canto atrás de um vazo de plantas) e comecei a chorar agarrada ao livro que estava lendo.
Eu queria o meu pai ali, eu queria a minha mãe, a tia Marcia ou o tio Téo. A Sara, a Bruna, a Becky. Qualquer pessoa que pudesse me ouvir chorar sem perguntar o que aconteceu porque eu realmente não quero falar.
Foi quando meu celular começou a tocar. Era o Blame, meu melhor amigo na califórnia...Nossa faz muito tempo que não falo com ele. Espera...por que ele gastaria tanto dinheiro com ligação internacional só pra ligar pra mim?
Tentei fazer minha voz parecer normal e controlar os soluços ao atender.

-Alô? 
-Bianca? -Ele perguntou 
-Blame, ai meu deus eu pensei que vocês nunca mais fossem falar comigo. Cadê a Lena? -Falei de uma vez e ele provavelmente deve ter sorrido do outro lado 
-B, fica calma. Eu to ligando por que a Lena pediu pra falar com você e eu sou o único que ainda tinha seu numero. 
-Então ela estava com raiva mesmo né? -Perguntei me sentindo culpada
-Mas é claro, você não ficaria com raiva se a Lena namorasse o cara que te machucou e por mais que você falasse pra ela que isso não era boa ideia, ela fisese assim mesmo? -Lição de moral agora não pelo amor de deus.
-Passa logo pra ela Blame.
Ouvi o telefone ser passado para outra pessoa que ela respirou fundo antes de pronunciar a primeira palavra
-Eu te perdoo 
- Lena? Tem certeza que me perdoa? Eu não mereço ser mais sua amiga -Falei com mais culpa ainda 
-B, eu te amo. Eu quero que você seja feliz ok? Agora provavelmente eu nunca mais vou te ver e essa ligação vai ficar muito cara então vou acabar por aqui sem dar nem uma chance de você responder mas... Viva feliz minha amiga, eu te amo.

E depois disso ela desligou. Me sinto desconfortável com a forma e o tom com que ela falou aquilo mas prefiro relevar e me concentrar no que ela falou. Eu vou ser feliz.
Com ou sem Carter. Com ou sem Frederico.
Com ou sem lágrimas.


Respostas::
Jade Franca:: Siim, a nossa bebê já morreu uma vez e eu não iria deixar ela morrer outra vez né? Nosso Justin *-* Ele é tão bebê né?

Maddie:: O Livro que a Bianca estava lendo chama-se "Belo Desastre" da autora Jaime Mcguire que é o meu livro favorito EVER. Quem quiser ler eu super recomendo, faixa etária para maiores de 16 anos (tenho 13 e li pq sou v1d4 l0k4) kkkkkkk ignorem.
O Blane é representado pelo David Henrie e a Lena pela Selena Gomez (Jalex *-* )

XOXO
Maddie

2 comentários:

  1. Ahhhhh.. *------* ' Posta mais, please !!
    Quero Lena e Blane no Elite Way !! <3 '

    ResponderExcluir
  2. Sem Fred? Vai ser difícil viu B.

    Amei!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo