8 de mai de 2014

Ligações Perigosas: Cap 3 - parte 2





- Quando você falou que eu ia ser intimada essa semana, não me disse que era em plena segunda-feira! – ela disse extremamente irritada e se irritou ainda mais quando escutou a risada dele do outro lado da linha.
- Ah, me desculpe se a justiça é rápida.
- Ôh, super! – falou debochada – E eu já estou intimada a comparecer ao fórum quarta-feira, isso é alguma piada, por algum acaso?
- Não é não! Eu acabei de chegar ao escritório e fiquei sabendo... Você está ferrada!
- E você super feliz, hein?
- Mas é claro! Sempre quis você presa, amore mio.
- Idiota! – exclamou irritada – Você vai estar lá na quarta-feira?
- Mas é claro. Eu sou o promotor que vai estar no seu julgamento. – ele falava com extrema satisfação.
- Ou não! – ele pôde sentir o ar debochado na frase dela.
- Como assim ou não?
- Pois é, eu não sei!
- Sínica.
- É, eu sou! – sorriu – Até a quarta bambino.
- Até blonde! – ele suspirou quando desligou o telefone.
Ele tinha um sorriso enorme estampado em seu rosto quando se acomodou melhor em sua cadeira. Alex o olhou estranhado e franzindo o cenho.

- Com quem você estava falando Arthur?
- Isso realmente é da sua conta Alex?
- Bom... Não...
- Pois então, que tal você ir fazer seu trabalho?
- Ok, senhor simpatia! – o homem saiu da sala.

E Arthur soltou um suspiro.
Oh, ele não via a hora de chegar a quarta-feira, só não sabia se era ansiedade para vê-la presa ou se era para vê-la. Bom, talvez fosse os dois motivos. Isso realmente não importa, importa?

Fórum, quarta-feira. 15horas.

O longo cabelo moreno esvoaçava. A saia de cintura alta marcava as suas curvas bem feitas. A camisa social branca acompanhada pelo paletó preto, dava-lhe um ar sério. O salto alto fino do scarpin batia no azulejo, fazendo um barulho discreto. Os óculos escuros escondiam os olhos, dando-lhe um ar misterioso. E o sorriso lateral estampado em seus lábios, lhe deixavam sexy. Oh, tão sexy.
Todas as cabeças masculinas do local se voltaram para ela, quando passou. E seu sorriso só crescia ainda mais convencido.

Estava passando por um corredor repleto de salas, quando um nome escrito na porta lhe chamou atenção. Promotoria.
Ela sorriu, quando colocou as mãos na maçaneta da porta e viu que a mesma estava aberta. Não pensou nem duas vezes para abri-la.

O local estava vazio. A sala muito bem arrumada, tinha uma mesa no centro, com uma cadeira atrás e duas a frente. Uma enorme janela coberta por uma cortina vermelha-sangue. Haviam algumas cadeiras enfileiradas nas laterais e uma enorme estante, mogno no canto. 
Estava distraída, olhando todos os detalhes, quando escutou o trinco da porta e gelou.
Ela sabia que não deveria estar ali. E ela sabia que estava muito ferrada.

- Entrando em território inimigo, amore mio? – escutou aquela voz e sentiu o alivio passar por todos os músculos do seu corpo.
Bad Romance – Lady Gaga.



- Pensei que não iria vir... – ele comentou e ela virou para frente – E devo lhe dizer que prefiro seu cabelo Loiro. – ela levantou os óculos escuros e sorriu.
- Eu também prefiro, mas pensei em passar despercebida na entrada.
- E deve ter passado. Mas eu conheço todas as curvas do seu corpo, Blonde. A reconheci assim que coloquei meus olhos no seu traseiro.
- E você anda saidinho demais pro meu gosto, bambino! – foi se aproximando dele e ele sorriu – Eu nunca tinha te visto com terno... Você fica sexy!
- Obrigado, eu acho! – ela sorriu.
- Porque você trancou a porta, eu posso saber?
- Claro. Para que você não fuja... Você só sai daqui presa hoje.
- Eu não ia fugir. – piscou o olho.
- Ótimo, pois todos os guardas já sabem que você está no prédio.
- Ah, que beleza! – ela disse debochada e começou a passar o dedo indicador pelo peito dele – Sabe, bambino... Eu estou com saudades, de você. – ela sussurrou dando ênfase a frase e ele entendeu muito bem.
- Eu também estou... – falou sussurrando também.
- Então que tal a gente matar essa saudade, hein?
- Blonde...
Ti voglio! – ela sussurrou ante aos lábios dele.

E não tardou muito, para beijar a boca dele com uma fúria desenfreada, ativando alguma coisa dentro dele, pois segundos depois, sentiu os braços dele lhe envolverem a cintura, colando seus corpos.
As línguas se misturavam enlouquecidamente, trazendo arrepios pelos seus corpos.

7 comentários:

  1. Ahhhh posta mais

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que o cara que quer matar o thur vai aparecer e a lua vai proteger o thur e ainda vai ajudar a colocar ele na cadeia

    ResponderExcluir
  3. Amo quando eles se chamam de amor mio e bambino

    ResponderExcluir
  4. Eu sei que e cedo demais pra dizer mais eu já to torcendo por uma segunda temporada .pq essa web parece até um filme ...amo demaissss

    ResponderExcluir
  5. Bambino ai senhorrrrr

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo