2 de mai de 2014

28° Capitulo: Unidos por uma criança // POR FAVOR, ARTHUR! - Maratona 2

O capítulo da quinta feira, espero que gostem! ;) * 2 Cap. da maratona! *
Até segundaa! 
Booa leitura! ;)





Todos nós já tínhamos almoçado, Melanie, Sophia e Arthur estavam na sala. Eu tinha acabado de ir colocar a minha pequena pra dormir, deitei na minha cama com a mesma cantando uma canção e a mesma dormiu em poucos minutos. Eu continuei com ela por algum tempo, a olhando, tão linda... Minha bebê estava crescendo!. Como esse tempo passa rápido, como as coisas e pessoas mudam, rápido... É impressionante... Foram nesses pensamentos que eu acabei caindo no sono...

Acordei com um pouco de dor de cabeça, e logo percebi que eu havia deixado as meninas lá em baixo...E o Arthur. Meu Deus!!! - Me levantei devagar para não acordar a minha neném e assim que sai do quarto corri pelo longo corredor, que me levou a escada assim tive a visão de Melanie, Arthur e Sophia conversando animadamente... -   Sorri só de ver... Que bom que eles estavam se dando bem! -   Assim que eles percebem que eu estou chegando e então começam a rir mais ainda, eu fecho a cara e eles param de rir. -   Odeio que riam de mim! -

-  Parece que a Bela adormecida acordou! -   Melanie, falou e eu revirei os olhos .

-   Não enche! -   Terminei de descer as escadas .

-   E de mal-humor! -   Foi a vez de Arthur falar, então eu revirei os olhos mais uma vez e caminhei até a cozinha a fim de pegar um copo de água. Assim faço e o levo para a sala, sento-me na poltrona e começo a beberica-lo, começo a prestar atenção na conversa mas nada me chama mais atenção do que o Arthur, ele parece tão descontraído, nem parece o cafajeste de tempos atrás, sim... Ele ainda é um cafajeste, mais está menos do que era antes... Sei lá... Ele tá diferente. Me pego olhando demais pra ele e quando percebo ele também está me olhando e eu logo trato de fugir dos contatos visuais, não seria nada bom... Afinal ele com toda a certeza queria conversar comigo, mesmo não sendo esse o seu costume! Percebi que Sophia e Melanie também me olhava, será que tem alguma coisa errada ?

-   Que foi? -   Perguntei um pouco confusa. Ninguém respondeu e então voltaram a conversar... Eu hein... bando de loucos.

Fiquei alguns minutos na sala, até ver que eu estava definitivamente " Sobrando ". Mal conhecem o Arthur direito e já estão nessa intimidade... - Me levanto da poltrona um pouco estressada pela falta de consideração das meninas. Volto a subir as escadas e ninguém repara em mim * Isso tá começando a ficar ridículo! * . Caminho até o meu quarto até onde a minha bebê ainda dorme,deito ao seu lado e caio no sono novamente.

Acordo algum tempo depois com a Elena me cutucando, olho atentamente pra gatinha que está na minha frente.

- Mamãe, acoda! -  Ela falou rouca, pelo fato de ter acordado agora.

-  Já acordei, bebê! -  Ela deu um meio sorriso e então eu me levantei, e fui até o banheiro, lavei o meu rosto para dar uma " acordada " e voltei para a cama, onde Elena se sentava com um pouco de dificuldade por causa da perna engessada .

-  Que tal um banho? -  Perguntei e ela balançou a cabeça positivamente.

-  Juntaaaaaaas! -  Ela gritou e eu neguei.

-  Só quando você estiver melhor! -  Falei dando uma piscadela e ela fez bico cruzando os braços fui até ela e apertei suas bochechas .

-  Nada de bico, mocinha! -  A repreendi e ela sorriu, depois a peguei no colo e a levei para o banheiro do quarto dela, pois lá tinha tudo o que eu precisava, como toalha, roupa... Enfim não iria precisar deixar ela sozinha. Assim que chegamos deixei ela sentada na poltrona de seu quarto e separei um short jeans, uma blusa branca com alguns desenhos e uma havaiana(Pra perna sem geso), também branca.

- Vamos logo, mamãe ! -  Ela me apressou e eu dei um meio sorriso em sua direção.

-  Tá, tá! -  Caminhei até ela e a peguei a levando assim para tomar banho...Minutos depois a tirei de lá e a vesti. Penteei seus cabelos recém lavados e a peguei no colo levando-a até a sala onde eu acho que todos estariam.

-  Nossa Lua, foi dormir de novo? -  Sophia perguntou, acho que espantada.

-  Não enche! -  Disse colocando a Elena no sofá e logo em seguida dando um beijinho em sua bochecha.

-  Nossa, delicada como um elefante!-  Ela revirou os olhos e eu bufei a ignorando e indo até a cozinha, preparar um bolo.

Fiquei na cozinha sozinha por pouco tempo até que as meninas ( Sophia e Melanie) foram atrás de mim.

- O que houve ? -  Melanie perguntou adentrando a cozinha e Sophia veio logo atrás.

-  Nada... -  Falei, olhando para elas com um sorrisinho no rosto.

-  Claro que tem alguma coisa... Conta ! -  Sophia falou se aproximando.

-  Ué... Eu só estou um pouco chateada! -  Elas se entreolharam e depois se sentaram na bancada da cozinha, eu voltei a separar os ingredientes para o bolo.

- Com o que? -  Melanie perguntou um pouco curiosa, e eu parei tudo o que eu estava fazendo para me virar para elas e falar .

-  Vocês me ignoraram ! -  Falei. Elas se entreolharam e deram de ombros.

-  Nós não te ignoramos! -  Melanie respondeu.

-  Aaah, nossa, vocês me deram toda a atenção do mundo! -  Falei com um tom de ironia e elas perceberam .

-  Lua, relaxa... -  Eu enterrompi Sophia.

-  Relaxa, não... Vocês são as minhas amigas, não as do Arthur... Vocês esqueceram de mim pra ficar conversando com ele! -  Voltei a me concentrar na massa do bolo e nem olhava mais na cara das duas.

-  Mais nós estávamos conhecendo ele melhor, você mesma diz que a gente julga ele sem conhecer ! -  Sophia falou e eu voltei a minha atenção para ela.

-  É Sophia, mais vocês me abandonaram suas traidoras! -  Reclamei. -  Mais tudo bem... Já aprendi a lição, não se pode contar com ninguém... -  Melanie me atrapalhou.

-  Nem começa com a ladainha, e pra sua informação, você estava certa! -  Melanie cruzou os braços e pude notar um sorriso surgir nos lábios de Sophia.

-  Certa sobre o que ? -  Perguntei um pouco confusa.

-  O Arthur é um cara legal! -  Sophia respondeu e eu dei de ombros, afinal eu pouco me importava.

-  Não me importo... -  Fui interrompida, mais agora não foi nenhuma das meninas que falaram e sim: Arthur... Droga!

-  Meninas, será que eu poderia falar com a Lua? -  Puta merda... Elas não podem me deixar aqui, olho espantada para as meninas que sorriem para Arthur.

-  Claro ! -  Melanie respondeu. Puta que pariu! Isso não pode tá acontecendo... Droga, droga, mil vez droga! . Vi as duas se levantarem e passarem por Arthur que adentrou a cozinha meio sem jeito.

-  O que você quer ? -  Fingi que não sabia, afinal seria melhor assim.

-  Não finja que não sabe do que se trata! -  Ele falou e eu estremeci, não era possivel que esse efeito que ele tinha sobre mim, nunca iria passar... Não é possivel mesmo!

-  Olha, aquilo não deveria ter acontecido, afinal você tá namorando e eu to saindo com o seu amigo... -
 Comecei a tagarelar e mal me toquei que Arthur estava muito próximo a mim, meu coração quase parou naquele momento. * Eu não posso ser fraca, eu tenho que ser forte! *.

-  Tem certeza ? -  Foi a única coisa que ele me perguntou quase tocando o seu lábio ao  meu, eu queria muito beija-lo agora, mais nunca se pode ter tudo o que quer . Virei meu rosto .

-  Por favor, Arthur! -  Falei. -  Eu não quero mais isso pra mim! -  Falei me distanciando um pouco dele, até porque se ele encostasse em mim de novo, eu não iria aguentar não beija-lo.

-  Porque isso agora ? -  Ele perguntou tentando se aproximar de mim novamente, mais eu recuava a cada passo que ele dava.

-  Porque eu quero uma vida, Arthur, eu quero alguém que me ame, não alguém que me queira só por uma noite ! -  Falei, e ele se espantou... Não sei porque motivo!

-  Você realmente quer isso ? -  Perguntou ele, pude ver a fúria em seus olhos, só em pensar que se eu respondesse o que eu realmente queria tudo iria se repetir, brigas, transas e depois brigas, eu estava absolutamente cansada de tantas discussões .

-  É ! -  Respondi me virando de costas, não iria conseguir falar isso olhando nos olhos dele, e graças a Deus ele não me pediu isso.

-  Tudo bem! -  Ouvi seus passos se distanciarem e caminhei até  a bancada da cozinha me sentando lá e abaixando a cabeça... Eu não queria ficar com o Micael, eu quero o Arthur. Mais o Micael me faz feliz... Ele é legal... Vai fazer tudo o que o Arthur não fez... Será mesmo que ele é o cara certo ? Será mesmo que o Micael é o que parece ser ?

9 comentários:

  1. Aff o thur tem que parar de ser babaca e adimitir que ama a Lua -_-

    ResponderExcluir
  2. estranho essa amizade do arthur e das meninas

    ResponderExcluir
  3. Posta ++++++++++
    Tinha que fazer o Micael mal e a Lua se tocar que tem que ficar com o Arthur de vez !!

    ResponderExcluir
  4. A lua tem e que ficar mesmo com o mica , pq o arthur pega várias pessoas se duvidar ele pega até gay e a lua fica sofrendo #queremosqarthursofra

    ResponderExcluir
  5. Estávamos com saudades

    ResponderExcluir
  6. Tomara que o Micael não vá enganar a Lua eles podem ate ficar mas com o tempo percebesse q tudo estava procurando algo no outro que nao poderiam ter "Amor"
    E Arthur visse que estava perdendo a Lua e criasse vergonha na cara pq ele é mt cretino '-'
    Kkkkk adoreii Viih *O*

    ResponderExcluir
  7. Tomara que a Lua fique com o Mika, o Arthur se toca que ama a Lua, Ai ele ja ta cansando do "namorinho" de Mika e Lua e admita q ama ela, Arthur não seja o cafajeste q a Lua fala e ela para com essa bobagem de esquecer o Arthur ... <3

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo