6 de abr de 2014

Capítulo Único:Here Without You



                                                                             Espero que gostem! ♥ 

                                        


Descongela!Lua berrava internamente,ele já havia desviado o olhar e continuou a andar e ela continuava parada sem reação,sua irmã Ana continuava a conversar e ela ali sem fazer nada.
Encontrar Arthur era tudo que ela menos esperava.Mas o que ela queria?Ela havia ido embora,não as pessoas com quem havia convivido e essas pessoas o incluía,a pessoa que conseguiu transformar 2 anos de sua vida em uma completa confusão sentimental.

Arthur não era seu amigo,mas também não era um inimigo,eles conviviam pelo simples fato de serem obrigados,ele não é o tipo que se quer por perto,problemático,maluco,brinca com tudo sem se importar com ninguém,a banca de que é o melhor,tinha um dom de atormentar Lua ao extremo,mas no fundo ela nunca se importou com as zoações,a convivência com ele,sentando em sua frente durante dois anos a fez perceber,que aquelas atitudes era pelo simples fato,de ele não querer mostrar as fraquezas que o cercavam, e aquilo que realmente sentia,mas no fundo era uma boa pessoa,era inteligente e talentoso,acho que isso se fez despertar um sentimento diferente por ele,que deveria ser mantido em segredo.

Arthur nunca fez um mal direto para ela,só brincadeirinhas sobre o seu jeito de ser,que todos faziam,que Lua de fato não se importava,mas as coisas mudaram em relação a Arthur,uma aposta.
Uma só não,duas!A primeira aposta não magoara tanto Lua,ele não era o alvo ele só fazia parte do grupo que apostara que Micael não conseguiria ficar com ela,assim como Chay e Marcos,o único que dissera que sim era Diego,mas Micael não tentara nada,porque gostava de Lua,como sua amiga, e não queria magoá-la,então deixou o tempo da aposta passar,sem fazer nada,Lua desconfiara da aposta através das indiretas que os meninos lançavam um para os outros,e porque Chay sem querer deixou escapar para Sophia,que contou para a amiga não ser feita de besta.

Praticamente todos de sua turma souberam da aposta,e Lua ficou muito mal com isso,mas após algum  tempo caiu no esquecimento,os meninos até onde ela sabia não sabiam,que ela sabia.
Após alguns meses,Mel contou a Lua que ela e Pedro,que eram seus melhores amigos,tinham apostado com Arthur que ele não ficaria com Lua,queriam dar uma lição nele,humilhando-o,mas ela não queria,não queria  humilhar ninguém,mas foi levando,Arthur se aproximara sem nenhum motivo aparente,só que agia de uma forma estranha,as vezes como sempre agia,mas as vezes era educado e não tentava fazer mal a ninguém de graça,só que Lua cansou dessa brincadeira,pediu para Pedro e Mel acabarem com essa aposta,não era um brinquedo,que se apostava e brincava,ele ia acabar consigo sozinho,mesmo que o fim dele não fosse o que realmente Lua quisesse.

E foi isso que aconteceu,então Lua foi embora,moraria um tempo com sua mãe no Rio de Janeiro mas  ali estava ela,um ano não havia sido o suficiente,um simples olhar havia feito tudo voltar,mas era apenas um feriado ia passar rápido.

                                                                           * * *

Andar por aqueles corredores,era consideravelmente estranho,tudo que vivera ali sua vida inteira,voltava como tiros,mas algumas lembranças eram boas,outras nem tanto,havia passado na secretária para pegar,uma papelada que não tinha pego,ao sair da sala esbarrou forte com alguém.

 -Lua? -A voz falou assim que se levanta e ela reconheceu.
-Micael? Oi!- Ela fala já de pé e organizando os papéis -Como você tá?

-Como você tá?Se mudou sem dizer nada!Vai voltar?

-É...não,não vou,só vim para o feriado!- Lua falou sorrindo meio sem graça.
-Entendi,eu vou dar uma festa hoje a noite,tenta ir,assim todo mundo se vê o que você acha?-Mica pergunta.

-Perfeito,que horas? -Ela pergunta.

-As 20:30,marcado? -Ele pergunta e ela assente -Tenho que ir,a gente se vê a noite,tchau Lu.
-Tchau!-Lua acena e dá um tapa na própria testa,não sabia porque tinha aceito ir a essa festa,mas tá na chuva é para se molhar.

* * * 
Lua chegou na casa do Micael eram 21:00 tinha muita gente,mas teria mais,se bem lembrava das festas dele.

Lua se divertiu,encontrou seus ex colegas de classe,como Mel,Sophia e Pedro,dançou,conversou e riu com eles.
                                                                                * * *
-Já volto!-Lua se levantou do banco do jardim e se dirigiu para dentro da casa,para a cozinha,abriu a geladeira atrás de gelo,quando a fechou e se virou de volta para o balcão quase deixou o copo cair,estava congelada de novo a diferença é que ele a encarava de volta,e estava parado bem na sua frente.

-Oi - ele fala
-Oi - ela responde em um arquejo
-Parece que viu um fantasma!- ele debocha

-Talvez -ela responde seca.

-O que aconteceu Lua?-Ele fala colocando seu copo no balcão.
-Aconteceu que você é um idiota! -Fala também colocando o copo em cima do balcão antes que o jogasse contra Arthur -Um estúpido!

-Veio de longe para me xingar,tenho que me sentir lisonjeado ou assustado?-Ele faz uma cara debochada.

-Um babaca,que é o que você é!-Lua fala com raiva.

-Pera,sei que não somos amigos,mas não precisa ficar me xingando assim!O que que eu te fiz? -Arthur mexe as mãos exasperado.

-As apostas! -Ela solta sem pensar,assim como todos os xingamentos desde que o encontrou,ela queria explicação,qualquer uma!-O que eu te fiz para você fazer aquilo? O que? -Ele faz uma expressão séria de repente.

-Do que você tá falando?Louca você sempre foi,mas acho que agora pirou de vez!

-Você sabe do que eu estou falando!Me explica porque?-Lua fala cruzando os braços e o encarando da forma mais severa que consegue.

-Vem -Ele sai andado e Lua o segue até a sala de DVD da casa,quando ela passa pela porta fecha atrás de si.

-Nenhuma delas foi ideia minha,se interessa saber!-Ele se vira para ela.

-Eu só quero saber PORQUE?-Deu ênfase a última parte-Eu nunca te fiz nada para você brincar comigo assim!

-Eu queria ficar com você!-Ele exclamou a encarando com os olhos faiscando.

-O...que..?

-É,isso! A primeira aposta não foi ideia minha,foi do Diego eles estavam zoando o Micael...ai você entrou no papo,então deram a ideia...eu concordei para não ficar como um chato,mas não acreditava que você ficaria com o Micael... e também porque ele era o único que sabia que eu era afim de você,ai passou -Ele respirou fundo desviando os olhos rapidamente e voltando a encará-la.

-Depois o Pedro apareceu falando que não acreditava que eu conseguiria ficar com você,porque eu sou eu,porque  você não tinha ficado com ninguém da nossa turma e o que você ia querer comigo? Mas ai a Melanie apareceu falando que me ajudaria,que ia me ajudar a me aproximar de você e que queria que o Pedro perdesse a aposta na hora não vi o mínimo sentido nisso mas...era a minha chance,a única chance que eu teria de ter você,mesmo que não de verdade,então...eu topei,mas umas semanas depois o Pedro aparece cancelando tudo,dizendo que eu tinha muitas chances,então eu concordei,não queria que eles soubessem que eu estava fazendo aquilo porque realmente sentia algo por você!Não só por diversão e pelo dinheiro,eu pensei já to mais próximo dela,se fizer tudo certo,talvez ela me aceite,talvez você não fugisse de mim...Mas você foi embora,se mudou no meio do ano para outro estado,então eu tentei esquecer,mas...eu não sabia que você sabia de tudo isso!
Eu sou apaixonado por você desde o 1°ano,mas isso não importa! -Ele fala de uma vez a encarando,ele vai até a porta,mas Lua puxa seu braço.

-Quem disse que não importa? -Ele levanta os olhos e olha no fundo do seus -O que eu sinto  por você não importa?Você é o maior retardado que eu conheço,e se tivesse um remédio ou um botão que apertasse para te esquecer eu já teria...mas..-Ela encosta seus lábios no dele meio sem jeito e meio sem porque o selinho dura pouco,já que Arthur parte e a encara esperando uma explicação ela apenas assente,e ele a beija de novo e de verdade a puxando pela cintura e a  prensando contra a porta com força.

-Ai -Lua sussurra.
-Desculpa-ele sussurra de volta e a beija de novo,a língua dele explora cada detalhe da boca dela como se dependesse disso,ela não muito atrás disso,ela pousa as mãos na parte de baixo das costas dele e arranha as partes de pele exposta que vão se mostrando de acordo com que a camiseta sobe,ele já tem as mãos em seu quadril,pensando em descer pelas coxas grossas.

-Aqui...-Ele começa.
-Não!-Ela completa ofegante.

-Não tem ninguém na minha casa! -Ela fala e ele arregala os olhos para ela  pasmo -O que eu sou louca não sou? -Ele assente rindo -O.K vai na frente!-Ela entrega um molho de chaves para ele,dá um selinho e sai da sala.
* * * 

Ela toca a campainha da própria casa,isso era ridículo!Nunca ser vizinha do Micaeç veio tanto a calhar.
Arthur a puxa pelo braço para dentro da casa e fecha a porta com o pé,enquanto se beijam eles sobem as escadas,e se não fosse por Arthur segurando firme na cintura de Lua ela já teria rolado escada abaixo,Lua o empurra até seu quarto e tranca a porta enquanto Arthur tira o tênis.
Eles se beijam de novo com toda a vontade que estava reprimida a anos,ela tirou a camiseta dele,ele começa a beijar seu pescoço enquanto abre o zíper do vestido,quando ele desliza pelo corpo dela,ele encara e admira o  corpo dela.

Lua o joga na cama e beija seu o pescoço deixando uma marca,logo os dois estão apenas de roupas íntimas,Arthur está sentado na cama e Lua está com as pernas em volta de sua cintura,eles se beijam como se o outro fosse fugir a qualquer momento,ele abre o fecho de seu sutiã,e beija seus seios,ela vai o empurrado até ele se deitar na cama e se estica para pegar o preservativo,ela retira a cueca box dele e o encara com um sorriso sapeca que o faz rir,ela o protege,ele se vira por cima dela e a joga na cama.

-Ai -ela fala rindo.
-Você anda muito delicada não acha? -ele fala a provocando,enrolando para adentra-lá.

-Anda logo com isso Arthur!-Ela fala cravando as unhas em seus ombros
Ele a adentra sem aviso,ela solta um gemido longo,ele se movimenta rapidamente beijando o seu lóbulo da orelha ela abre um pouco mais as pernas.

-Arthur...eu acho que...
Eles chegam ao máximo juntos,dão um último beijo e ele sai de dentro dela,ela se deita em seu peito ofegante.

-Me desculpa?Por tudo,eu tinha medo de não poder te ter de verdade-Ela levanta o pescoço para olhá-lo.
 -Desculpo,e me desculpa por não ter falado nada também.

-Você não é esperta 24h por dia!-ele fala
-Cala boca!-Ela fala fazendo uma careta.
-Vem calar!-Ela o beija,sem aviso,deixando todos os medos e magoas para trás,mas não a nada como uma paixão maluca e entorpecente para nos deixar completos.





Hey Babies!Sei que eu estou meio sumida mais "I'M BACK BABY!".

Eu ia postar um capítulo da web mas perdi o carregador do meu celular (Sou uma anta,eu sei) e os  próximos capítulos estão salvos no bloco de notas então preciso dele para postar,então decidi postar esse capítulo único (Para a Juliana parar de me encher) e também para não ficar tão em falta com vocês.
Achei que ficou grande demais,mas espero que tenham gostado!(Só para constar o nome desse capítulo é esse porque estava ouvindo essa música quando comecei a escrever hahaha).
Beijos!
Até qualquer hora!

4 comentários:

  1. g-suis vadia demais adoreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei , e eu não te enchi o saco ta ta ta , homenagem mais que perfeita mais dia 19 quero outraaaaaaaaaaaaaaa beijos ( juh fogaça)

    ResponderExcluir
  2. ameeeeeeeeeeeei

    Ana

    ResponderExcluir
  3. linduu
    ass Sofia

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo