15 de mar de 2014

Obligation Volontiers

Capítulo único

 Espero que gostem  






 -Porque a convocação dessa reunião?-Arthur perguntou arqueando uma sobrancelha
-O fato é que...vocês precisam ficar juntos!-Falou Leonel de uma forma calma,provavelmente para não assustar os dois,o que não funcionou
-O QUE? -Perguntaram os dois em uníssono
-Bom ...como vamos explicar para vocês...Vocês precisam se casar se,quiserem ter algo na vida -Falou Leonardo em um tom meio que obvio
-Você tem que explicar com algo que faça sentido!Não que complique mais ainda!-Falou Lua se jogando na cadeira pasma - Porque? Eu e...
-Eu...-Arthur falou parecendo mais chocado que Lua - Mas ainda não entendi porque precisamos ca..ca..casar!-falou Arthur com os olhos arregalados
Lua e Arthur se conheciam desde que tinham 15 anos foi quando seus pais iniciaram uma sociedade no ramo cientifico,faziam experimentos sobre tudo que se pode imaginar,todos achavam que os dois tinham parafusos a menos e seus filhos também começaram a pensar isso,
-Estamos enfrentando  problemas com a empresa,e os nossos nomes envolvidos facilitam mais problemas -Leonel começou - Temos que tirar a empresa dos nossos nomes mas não queremos desfazer a sociedade...-ele é interrompido
-Porque então não passam para o nome das mulheres de vocês?-Arthur pergunta-Pai sei que a mamãe não se importaria
-Sim  pensamos nisso Arthur-Leonel retoma-Só que como somos casados tudo que se acarreta no nome de um acaba influenciando no nome do outro ,já que somos casados com comunhão de bens
-Então a melhor solução é que vocês nossos filhos passem isso para o nome de vocês!-Leonardo termina de explicar
-Sim...mas nós não podemos simplesmente assinar algum documento e passar sociedade para o nosso nome?-Lua falou-Eu tenho só 20 anos!
-Sim até teria uma forma diferente,mas se existir laços conjugais entre vocês tudo se torna algo espontâneo,quanto se formos esperar...vai levar muito tempo,e tudo que não temos é tempo!-Falou Leonel
-E o documento a se assinar Lua é a certidão de casamento-Fala Leonardo -Fiquem relaxados é temporário depois de tudo ser resolvidos desfazemos a sociedade e providenciamos o divórcio!-Falou Leonardo -Por favor!Precisamos de vocês!
Lua e Arthur se viram um para o outro e se encaram não teriam opção se tratava de duas das pessoas que mais amavam
-Bom...nós temos mais alguns dias até a documentação do casamento seja providenciada -Arthur falou  assentindo para Lua e se voltando para encarar o pai
-Na verdade,nós já providenciamos,estávamos esperando ficar pronta a documentação para falar com vocês -Leonardo retira papéis de sua pasta e entrega a Lua,que o encara
-Como sabia que íamos concordar?-ela arqueia a sobrancelha -Porque sabemos da lealdade de vocês -Respondeu Leonel,os dois assentiram,pegaram os papéis
-Bom não era bem assim que eu planejava me casar um dia-Lua falou assinando o papel
-Já que não tenho opções!-Arthur entregou os papéis assinados a seu pai novamente
Em seguida Lua e Arthur se encararam os dois sabiam que no fundo tinham realizado o sonho de suas vidas
...
-Cuidado Arthur!-Lua falou quando ele entro com uma caixa pequena e colocou em cima da mesa de vidro com digamos pouca delicadeza- Ai tem coisas frágeis
-Que pena dessas coisas!-Arthur deu de ombro e foi em direção ao sofá preto de couro se sentando nele - Ainda não sei porque temos que morar juntos -falou Arthur
-Nem eu mas pelo que eles falaram as pessoas que estão tentando "acabar" com eles vão querer ver quem são as pessoas que receberam a empresa no nome e o porque o processo está acelerado, no caso o casamento
-É estranho falar isso!-Arthur mordeu o lábio inferior -Poe estranho,nunca pensei que ia ser obrigada a me casar com você -Lua falou
-Muitas estão loucas para tomar o seu lugar!-Ele arqueou a sobrancelha para ela e deu um sorriso safado isso fez Lua suspirar baixo,apesar de se conhecerem a muito tempo e brigarem digamos MUITO  Lua tinha uma paixão louca por Arthur,eles estudavam juntos desde que seus pais começaram a pareceria,no colégio não eram amigos,mas como eram da mesma quase andavam com mesmo grupo de pessoas,os dois sentiam uma certa tentação um e relação ao outro,quase se beijaram uma vez,nunca demonstraram nada para as pessoas,muito menos seus pais,que ficaram ate com medo de pedirem tal coisa,já que pelas atitudes dos filhos pareciam se odiar,mas o desejo existia e ele estava cada vez mais complicado de ser controlado
-Bom onde eu vou ficar?-Lua arqueou a sobrancelha
- Quarto de hóspedes primeira a porta a direita,no corredor,ele apontou -Minha porta é a segunda fique a vontade!-falou rindo ao ver ela arregalar o olho com a petulância-Caso necessite de alguma coisa Lua,cuidado com a mente poluída!-ela revirou os olhos e foi em direção aos quartos
...
-Só não destrói a cozinha -ele falando chegando atrás dela fazendo ela levar um susto
-Só queria água-ela fala colocando o copo de volta na pia-Não sabia onde ficava os copos,mas já descobri obrigada!-ela fala finalmente se virando para ele e tomando um susto ele já que ele estava apenas com uma boxer preta,deixando todo o seu corpo definido a mostra,ela não conseguia desviar o olhar
-Você não tem roupa Aguiar?- ela arqueia a sobrancelha fala sério,isso  já era sacanagem -Claro que tenho Blanco,mas...eu nem sei o que você tá falando,com esse pijama ou parte dele -Arthur falou olhando o corpo dela de uma forma nada discreta,analisando as curvas e as partes de pele exposta pelo pijama preto
dando um sorriso malicioso ele olhou seu rosto
-Nunca falei,mas gosto do seu cabelo assim -ele fala se aproximando dela,e pegando o copo que estava em sua mão e bebendo um pouco d'água 
-Obrigada -falou respirando fundo,ele estava próximo demais e com roupa de menos digamos que não era um problema,a não ser para o auto controle dela 
-Já vai?-ele pergunta quando ela faz menção de desencostar da pia 
-É melhor -ela fala mas não sai do lugar 
-Porque?É muito para o seu auto controle?-ele a prensa contra a pia,segurando em sua cintura,fazendo ela arfar,ela imaginava que Arthur tinha pegada,mas não imaginou que era tanta
-Claro que não,só... que -falou com suspirando enquanto ele beijava seu pescoço
-Qual é,já estamos casados mesmo...-fala com o sorriso debochado
-É estamos enlaçados até segunda ordem -falou Lua já nem ai para nada,estava meio que em transe
-Exatamente-ele dá um sorriso safado
-Cala a boca!-ela falou sorrindo maliciosamente,ela dá um beijo nele para lá de quente e ele a prensa ainda mais na pia,fazendo ela soltar um arquejo,ela o empurrou até a parede e o prensou lá,não tinha tanta força quanto ele mas passou o recado,ele puxou a camiseta dela para cima e a jogando em algum canto,e já ia puxando o seu shorts enquanto beijava seu lóbulo da orelha
-Isso tudo é pressa Aguiar?-Lua falou rindo
-É que estou na desvantagem,ou estava -sussurra em seu ouvido quando termina de tirar joga o shorts para junto da camiseta,eles vão se beijando pelo corredor,até chegarem ao quarto de Arthur
-Bela decoração -Lua falou o enquanto o jogava na cama
-Tenho bom gosto -ele deu um sorriso debochado,ela sorriu e começou a trilhar beijos a partir do lóbulo da orelha para o pescoço,ombro,outra orelha,pescoço e ombro,colocou a mão sobre a abdômen dele,fazendo ele contrair,ela desce os beijos pelo peito e abdômen chegando ao cós da boxer e a puxando o elástico,ele a vira e sobe por cima dela,abrindo o sutiã vermelho  com um movimento rápido,beija seu colo e vai descendo os beijos por todo o corpo,depois volta os lábios aos dela de uma forma ainda mais quente,eles se queriam cada vez mais,estavam com fome um do outro,um tipo de fome que quanto mais se tem,mais se quer,ela conseguiu tirar sua boxer e ousou tocar o seu membro,fazendo ele soltar um gemido rouco que fez ela se arrepiar por inteiro,ele arrancou sua calcinha vermelha,enquanto beijava seus seios 

-A camisinha!-Falou Lua suspirando,já estava enlouquecendo 
-Sempre certinha-Arthur falou sorrindo safado e se esticando até o criado mudo,depois de protegido,não demorou a completá-la,quando isso aconteceu fez Lua soltar um grito e Arthur sorrir,os movimentos eram precisos,logo chegaram ao clímax juntos,cada um deitou sobre um travesseiro e se encaram por um instante 
-Sempre gostei de você...é bom saber que você também gosta mim!-Arthur falou sorrindo e alisando seu rosto
-E quem disse que eu gosto de você?-Lua sorriu divertida 
-A não gosta?-ele arqueia a sobrancelha-Nem um pouco!-ela fala e beija o pescoço dele
-Sabe o que é muito bom?-ele pergunta e ela levanta a cabeça para encara-lo - ´É que estamos em lua de mel -isso faz os dois rirem e ele a beija de novo mas dessa vez não de uma forma tão quente
-Tá eu gosto de você!-ela fala- Eu me rendo!


Fim

O que acharam?
Comentem!


Hey Babies!
E para começar desculpa,essa foi a primeira cena hot que eu escrevo (O que vale é a tentativa hahahaha) 
Espero que tenham gostado!
Beijos!!

5 comentários:

  1. Eu Particulamenty Amei!! Pra Primeira Cena Hot Vc Foi Ate Bem...

    ResponderExcluir
  2. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. super adoreeeei
    ass Sofia

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo