22 de mar de 2014

Cinderela - Capitulo Único



Título:: Cinderela
Classificação:: Livre
Subtitulo:: Porque por você eu perderia todos os meus sapatos

Leiam ouvindo essa musica::  Cinderella - Diana Vickers
Porque eu estou neste carro mesmo? Eu poderia ainda estar naquela festa, bebendo, conversando e...com Arthur.

" Eu entrei lá e realmente não conhecia ninguém. Era a primeira vez que eu entrava de penetra em uma festa e isso estranhamente não estava me afetando em nada, estava nervosa apenas pelo fato de não conhecer ninguém. 
Era um baile de mascaras e por isso eu consegui entrar sem ser notada
Comecei a andar pelo salão até avistar um moreno de terno conversando com uma mulher mais velha com vestido longo preto. Ele era lindo, muito lindo, tanto que nem percebi que estava encarando o mesmo e fazendo ele me olhar sendo atraído por mim.
No momento em que ele me olhou mesmo de longe eu o pude ver morder os lábios e soltei um risinho. Ele sussurrou um "Oi" de longe e eu respondi sorrindo. "Eu te conheço?" Li em seus lábios e neguei com a cabeça.
Ele dispensou a mulher e estava chegando mais perto de mim até que nos encontramos 
-Arthur -Ele estendeu a mão e eu apertei sorrindo torto -Não vai me dizer seu nome? -Perguntou e eu neguei com a cabeça -Então como devo chama-la -Pensei um pouco e logo respondi
-Cinderela"

Essas lembranças do começo da minha noite me invadiram assim como o som da letra vinda do rádio do Taxi
Some people wake up, scared of living the dream
They settle for anything
Some wanna live an airbrushed world, like the cover of a magazine
But I believe in thunder bolts and butterflies
When you look into my eyes
I pray tonight the wish won't fail
Click my heels, got a real life fairytale
(Algumas pessoas acordam, com medo de viver o sonho
Eles se contentam com nada
Alguns querem viver num mundo retocado, como a capa de uma revista
Mas eu acredito em parafusos de trovão e borboletas
Quando você olha nos meus olhos
Peço hoje que o desejo não falhe
Segure em meus calcanhares, tem um conto de fadas da vida real)

Encostei a cabeça na janela e mais e mais lembranças vieram a minha mente

"-Arthur pra onde a gente ta indo? -Perguntei rindo enquanto descia-mos as escadas 
-Aquela festa ta muito chata, não tem álcool -Ele disse
-Então uma festa só é legal se você puder encher a cara? -Perguntei quando já havia-mos chegado numa sala completamente vazia
-Básicamente -Ele respondeu indo direto para uma garrafa de Vodka em cima da mesa e colocando em dois copos ,um pra mim e um pra ele.
-Obrigada -Disse e fizemos o Típico "Tim Tim" até ouvirmos uma valsa lenta do lado de fora
-Quer dançar? -Perguntou e eu assenti"  

If cinderella was here tonight
She wouldn't walk out the door leaving you behind
Midnight calling but she don't care
She'd be a fool not to follow you everywhere
Because for you I would lose both, both of my shoes
Day or night, see the light
It's all I wanna do

(Se cinderela estivesse aqui esta noite
Ela não iria sair pela porta deixando você para trás
Meia-noite chamando, mas ela não se importaria
Ela seria uma tola para não o seguisse para todos os lugares
Porque por você eu perderia todos, todos dos meus sapatos
Dia ou noite, ver a luz
É tudo que eu quero fazer)

" Estava-mos dançando lentamente ao som da valsa e ele se mostrou um verdadeiro dançarino me guiando pela sala. Nossos rostos estavam colados e cada um só ouvia a respiração um do outro em meio a musica.
-Qual o seu nome? -Ele sussurrou para mim me fazendo rir 
-Vai ter que adivinhar -Provoquei mas vi que o mesmo gostou
-Uma dica? -Ele disse 
-É por ela que você vai lembrar de mim -Eu disse e depois o puxei pela mão para uma saída da sala indo parar em uma piscina do lado de fora da casa"

Three am, kissing in the corner
Four am, running from a doorman
Five am, dancing in the street light
Just in time for us to see the sunlight

(Três da manhã, beijando no canto
Quatro horas da manhã, correndo de um porteiro
Cinco horas da manhã, dançando na luz da lua
Apenas a tempo para nós vermos a luz do sol)

" -Ultima chance...Qual o seu nome? -Ele sussurrou outra vez na nossa segunda dança que agora era á beira da piscina
-Adivinhe -Sorri outra vez chegando mais perto e quando já podia sentir a respiração dele no meu rosto o empurrei na piscina caindo logo depois e começamos a rir
Logo vimos dois guardas entrando na sala e indo em direção á piscina. Prendemos a respiração e esperamos até que os dois saísse, eu me controlei bastante para prender a respiração o máximo que pude.
Quando emergi ele estava olhando a Lua e logo depois olhou para mim e fomos nosaproximando outra vez 
-Lua...-Ele sussurrou,percebi que aquele era um chute que ele achou ridículo mas tinha acertado na mosca.
O beijei delicadamente sentindo suas mãos nas minhas costas
-Acertou -Disse quando nos separamos arrancando um sorriso dele"

Agora me sinto como uma adolescente outra vez. Trancada num quarto tentando lembrar de como eu o deixei lá.
Fui até a varanda do meu quarto e fiquei olhando a rua até que o vi passar por ali
-Arthur -Gritei fazendo-o olhar pra mim -Como sabia que eu morava aqui?
-Esqueceu o celular na festa Cinderela


4 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo