6 de mar de 2014

A SUBMISSA -CAPITULO 25 -MARATONA







Pousou-me, deu-me a mão e levou-me para dentro do bar. Eu sentia-me fraca, bêbeda ainda, envergonhada, exausta. Ele tinha-me dado a mão _ que carnaval de emoções. Ia precisar de pelo menos uma semana para as processar todas. Havia muito barulho, muita gente e a música tinha começado, por isso via-se uma multidão na pista a dança. A Sophia não estava na nossa mesa e o José tinha desaparecido.


Lua: Onde está a Sophia ._ perguntei ao Paulo, um colega de turma.

Paulo: A dançar._ gritou ele, e eu vi que estava furioso.


Peguei nas minhas coisas, estava pronta para ir, assim que visse  Sophia. Toquei no braço de Arthur, estiquei-me e gritei-lhe ao ouvido.


Lua: Ela está na pista._ toquei o nariz no ouvido dele e senti o seu cheiro.


Todas aqueles sentimentos proíbidos vieram á tona e os meus músculos contraíram-se deliciosamente. Ele revirou os olhos, voltou a dar-me a mão e levou-me para o bar. Foi servido imediatamente, nada de esperas quando se é Mr. Aguiar . Não consegui ouvir o que pediu. Entregou-me um copo de água gelada.


Arthur: Bebe._ ordenou-me. Observava atentamente. Eu bebi um bocadinho da água.

Arthur : Toda. _ gritou ele.


Era tão autoritário. Passou a mão pelo cabelo indisciplinado. Parecia descontente, zangado. Qual era o problema dele. Além de ter uma tonta bêbada a ligar-lhe a meio da noite para ele pensar que precisava de salvamento. Eu balancei um bocadinho e o Arthur  pôs-me a mão no ombro para me segurar. Fiz o que me mandou e bebi o copo de água todo. Fez;me sentir enjoada. Ele tirou-me o copo e pousou-o no balcão. Deu-me outra vez a mão. Raios _ estava a levar-me para a pista. Merda. Eu não dançava. Ele sentiu a minha relutência, e vi-lhe o sorriso divertido e trocista. Poxou-me com força pela mão e vi-me denovo nos braços dele, e ele começou a mexer- se e a levar-me com ele. Fogo, ele dançava! E eu não acreditava que estava a seguir-lhe os passos. Talvez fosse por estar bêbada que conseguia acompanha-lo. Ele apertava-me contra ele, o corpo contra o meu... se ele não me agarra-se tão bem tinha desfalecido aos pés dele. Ele conduzui-me poe entre as pessoas até o outro lado da pista e paramos ao lado de Sophia  e o Micael, o irmão dele.  



------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ei , Amorecos ! é só isso por Hoje ! , Vou fazer minha Lição de Português .......................... Então só Amanhã! <3 




Beijokas ! kk

5 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo