14 de mar de 2014

16° Capitulo: Unidos por uma criança // NAMORADA DO ARTHUR.


Demorei mais postei, amanhã não vou postar... Pois tenho aula !:(
Mas vou fazer um esforço pra postar okaay? Bjks :*
Booa leituraaaa! 






Assim que cheguei na empresa, corri pra minha sala e fui assinar os tals contratos que a Sophia falou, ela é a minha sócia, mas está de férias, o que por um lado é bom, mas por outro é terrível! -  Suspirei, tacando a caneta na mesa e virando toda a minha atenção pro computador, acessando assim o meu e-mail, vários convites sendo recusados, alguns sendo aceitos até porque eu sou só uma.

[...]

Todo o meu dia foi assim, na sala trancada sem falar com ninguém. Eu estava com pressa, mas quanto mais rápido eu fazia mais tempo demorava pra eu acabar, e isso estava me deixando com muita raiva. Decido sair do trabalho e passar direto no hospital, não quero deixar o Arthur mofando lá!

[...]

Acabei de chegar no hospital e fui direto pro quarto da minha filha, já eram 19:00 hrs e o horário de visitas acabava as 21:00 hrs, assim que cheguei no quarto fiquei um pouco assustada ao ver uma loira que estava sentada numa poltrona que ficava ao lado na cama da Elena e logo tratei de perguntar quem era ela.

- Quem é você ? - A loira que a poucos segundos lia um livro o deixou de lado e sorriu para mim se levantando e vindo em minha direção.

- Sou Camila a namorada do Arthur! - Ela sorriu mais ainda e eu continuei séria. Como o Arthur pode fazer isso? Eu falei pra ele olhar ela, ELE! - Hmm, prazer ! - Ela estendeu a mão agora um pouco sem graça. * Lua, ela não tem culpa! * Pensei, e abri um sorriso pra ela entrelaçando as nossas mãos . -

- Prazer! - Soltei a mão dela. - E então... - Limpei a garganta e olhei em volta do quarto pra me certificar de que o Arthur não estava naquele local, e pude ver que Elena dormia. - Cadê o Arthur? - Ela apenas deu um meio sorriso. * Acho que ela está apaixonada, Hmm isso não é nada bom pra ela.*

- Ele teve um imprevisto e precisou ir até a empresa dele! - Falou voltando a se sentar mais agora em um sofá um pouco distante da Elena e de mim. Eu caminhei até a poltrona em que Camila estava sentada ainda agora.

- Aaah! - Falei e na cara de pau perguntei. - E faz muito tempo que você tá aqui sozinha com ela ? - Olhei pra Elena que dormia com o pé engessado pro alto. -

- A umas 4 hrs, no máximo! - Quando ela falou isso tive que fechar os olhos para não explodir. * Como o Arthur pode ? Eu confiei nele! * -

- Aah! - Foi o que saiu.

Eu e a Camila não nos falamos mais, as vezes ela tentava puxar assunto mais eu sempre dava respostas curtas, então depois de um tempo ela desistiu. Ela é bonita. Tem cabelos loiros, parecem naturais, o cabelo bem lizo e grande na altura da cintura, com algumas mexas pretas, os olhos castanhos e cílios lindos... Nossa, muito lindos mesmo acho que ela nem sabe o que é cílio postiço, enfim... É mais ou menos da minha altura uns 3 centímetros maior, e parece ser piriguete porque as roupas que ela está usando ... Deixa isso muuuuuito bem claro! . Ela usava uma blusa preta tomara que caia que deixava os seios dela quase como dois melões... * O que eu acho beeeem vulgar * Uma saia de cintura alta rosa choque, com alguns babadinhos... Sem contar que era colada no corpo, o que favorecia o corpo dela... Mais como eu disse a deixava VULGAR. Olha que eu nem falei da maquiagem que ela usa a sombra está leve mais o batom... Jesus, meu Deus... Como é que pode uma coisa dessas? ROSA CHOQUE! Ela é muito bonita, mais é completamente vulgar! * Minha opinião * . Para de olha-la e olho para a porta que se abre, e o Arthur aparece. * Agora a minha vontade é voar no pescoço dele, mas acho que a Camila fez isso antes ! *

- Amoooooooooooor! - Pulo no pescoço dele e eu cruzes os braços virando o rosto, mostrando a minha irritação... * Não por ela estar abraçando ele e sim por ele ter deixado a minha filha sozinha com essa mulher que eu mal conheço. * Volto a minha atenção pros dois que se beijão e eu reviro os olhos e continuo com os braços cruzados, mas agora estou também com a perna cruzada e meu pé está mexendo freneticamente, por conta do nervosismo e da raiva .

- Oi. - Foi o que o Arthur falou quando a loira se soltou dele.

- Oi. - Falei já que ele olhava pra mim e não pra ela.

- Vi que vocês já se conheceram! - Ele falou e eu balancei a cabeça positivamente e ele andou com ela ate o sofá.

- É .. - Camila falou. - Acho que vamos ser grandes amigas, não é mesmo Lua?- Ela me olhou sorrindo e eu com toda a certeza iria dar um fora nela.

- Não conte com isso !- Falei e Arthur limpou a garganta como se pedisse para que mudássemos de assunto.

- Cam, será que você pode ir pegar um pouco de água pra mim? - Arthur perguntou e ela assentiu levantando rápido e saindo da sala. Bufei alto pro Arthur ver que eu não tinha aprovado, nada, nada de ele ter deixado a nossa filha com a piriguete .  - Eu precisei resolver algumas coisas, Lua. Era importante! - Eu o encarei séria e respirei fundo, não queria brigar com ele de novo, a final, por uma briga nossa a nossa filha está com um pé quebrado.

- Tudo bem! - Parece até que o Arthur ficou surpreso com a minha resposta. - Só não quero que você deixe a nossa filha sozinha com essa mulher. - Descruzei os braços. - Eu não confio nela! - Levantei e dei um beijo na bochecha da Elena que ainda dormia como um anjo, sai daquela sala e fui atrás de alguém que soubesse quando a minha filha poderia sair do hospital.

[...]

Ótimo, minha filha receberia alta amanhã mesmo, e tudo isso acabaria... Nada de ver o Arthur todos os dias e muito menos ver aquela garota... Sim GAROTA!
Agora eu intendo o porque da Elena estar dançando daquele jeito na sala, é bem a cara dessa tal Camila... Mas eu não quero, não quero mesmo que ela chegue perto da Elena !

[...]

Estou voltando pra sala, o meu coração está a mil. Estou com medo de entrar e ver o Arthur beijando a Camila, sei que falei que não amava mais ela, mas as coisas não são assim... Com toda a minha certeza vou precisar de anos pra esquecer ele. -  Entro na sala devagar e por incrível que pareça eles não estão se agarrando, Elena ainda não estava acordada eles apenas estavam... Conversando. O que era bom, era bom ver o Arthur feliz, mesmo eu não estando tão feliz com a escolha dele, enfim... O que eu quero é que ele seja muuuuito feliz!  -   Eu sentei na poltrona ao lado da cama de Elena e cruzei as pernas e braços, olhava somente pra Elena, não queria atrapalhar o casalzinho apaixonado. Naquela sala o silêncio comandava, nem eu falava com eles nem eles se falavam ou falavam comigo... Isso é constrangedor. Até que ouço o meu celular tocar, era tudo o que eu precisava, sinceramente !  -   Suspirei e peguei o meu celular dentro da bolsa, olhei no visor e estava escrito " Emilly " .

 -   Oi Emilly?! -   Perguntei levantando e colocando minha bolsa no meu lugar, e indo para fora da sala.

 -   Oi dona Lua!  -   Ela falou.  -   Bom dona Lua eu queria te falar que eu não fui trabalhar hoje porque....  -   A interrompo.

 -   Tá tudo bem, Emilly !  -   Falei.

 -   Não dona Lua, não tá tudo bem !  -   Ouvi Emilly cair no choro no outro lado da linha... * Mais porque diabos essa mulher está chorando? *

  -   Calma Emilly, o que houve ?  -   Perguntei com pena dela, ela parecia bem desesperada !

 -   Dona Lua...  -   Soluçou.  -   Meu marido sofreu um acidente hoje de madrugada, ele está em coma!  -   Nossa... Isso me chocou bastante e é claro que ela não iria trabalhar.

 -   Nossa...  -   Falei, isso foi um choque pra mim, eu já tinha visto ele duas ou três vezes e realmente ele parecia ser um bom homem !  -   Vai ficar tudo bem  -   Falei, tentando passar alguma força pra ela.  -

 -   Obrigado!  -   Falou .  -   Como a senhora deve ter percebido eu não vou poder tomar conta da Elena nesses dias, eu quero ficar bem perto do meu marido !  -   EU intendo o que ela está passando e é claro que vou apoiar a decisão dela .

 -   Claro, eu intendo ...  -   Suspirei. -  Tá tudo bem, pode ficar tranquila !  -  Falei e assim ficamos conversando por um tempo... Eu falei o que tinha acontecido com  a Elena e ela focou mal em não poder ir visitar a pequena... Mas enfim, tudo vai terminar bem, assim que desliguei entrei pra sala e comecei a pensar no que eu faria, desse dia em diante. Não conhecia ninguém que poderia tomar conta da Elena durante a minha viajem... Merda era só o que me faltava !

14 comentários:

  1. Posta +++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  2. Tadinha Da Luiinha Mds A Coitada Sofre Hein..Camila Vulgar Affs Melhoras Pra Vc Arthur...

    ResponderExcluir
  3. Tadinha Da Luiinha Mds A Coitada Sofre Hein..Camila Vulgar Affs Melhoras Pra Vc Arthur...

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que seria legal a lua ficar ( não namorar ) só ter uma ficado com algum cara que não seja o arthur ( direitos iguais ,arthur Ta com a cam pq a lua não pode ?) seria legal se fosse um encanador forte ,bonito ....e o arthur flagasse

    ResponderExcluir
  5. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Posta Mais hojeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee pfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpf

    ResponderExcluir
  6. Caramba o negocio arrochou pro lado da Lua.
    Adorei

    ResponderExcluir
  7. Amando ♥♥♥♥♥

    Quero ++++++

    Isa

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaammmmmmeeeeeeiiiiiiii *--*
    ♥♥♥
    by:lethy

    ResponderExcluir
  9. Seria muito legal mesmo sea Lua pegasse alguem o Arthur merece e muiiiiiiiiiiiiito!!!

    ResponderExcluir
  10. Seria muito legal se a Lua pegasse alguem, o Arthur merece e muito!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. ...estou amando a web...

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo