23 de fev de 2014

You are my true love







 Parte 1

A chuva caia nervosamente lá fora, os carros eram barrados lá em baixo por causa da pista inundada, pessoas corriam abraçando seus capotes  e abrindo seus guarda-chuvas já outras a procura de um abrigo onde poderiam esperar a chuva cessar.
Enquanto o mundo caia lá fora eu me abraçava fortemente ao meu agasalho de lã feito pela minha falecida avó Meredith, nas mão eu tinha uma grande xícara de achocolatado e nos pés meias com estampa de zebra. Patético eu sei, porém não tão patético como a minha vida tem sido nestas ultimas semanas que se passaram. 
Olhava para o céu pensando como meus olhos ultimamente andavam mais nublados do que o dia amanhecerá hoje.
Lágrimas de solidão caiam nervosas pelo meu rosto mesmo contra a minha vontade, minha cabeça girava como se eu estivesse de cabeça para baixo em uma montanha russa.
Meu coração gritava por aquilo que já não vinha mas, minha alma tinha sido explorada por aquele que eu concebi anos da minha vida.
Mesmo tantos dias depois eu não conseguia entender por que, por que ele fez isso comigo?
Será que eu não era boa o bastante?
Depois de anos juntos vivendo uma grande mentira que a droga do meu coração se deixou se enganar, olhar as fotos do colegial antes era algo de alegria, de recordações que nunca voltariam mas.
Porém hoje para mim era alvo de pura vergonha.
Terminei meu chocolate e coloquei a xícara suja em cima da mesinha, puxei as cortinas da sala, calcei minhas pantufas de vaquinha e segui o caminho para o meu quarto.
Deitei na minha enorme cama e puxei os edredons sobre a minha cabeça fechando meus olhos.
Mas como nem em meus próprios eu tenho paz, o pior dia da minha vida voltou a tona com todas as lágrimas e sofrimento.
+++++++++++++++++++++++++++++
Chay meu irmão entrou no carro perguntando se eu já estava pronta e eu sorri confirmando com a cabeça, eu já tinha nascido pronta para o dia mais feliz de toda a minha vida.
Ele sorriu de volta para mim, pegou a minha mão coberta pela luva levando até a sua boca a beijando, segurou firme nela destravando a porta do carro, minha irmãzinha de doze anos, Anelise veio por trás de nos segurando a enorme grinalda branca repleta de pérolas.
Na porta fechada da igreja estava meu pai me olhando como se eu fosse a coisa mas linda que ele já virá em toda a sua vida.
Seu olhar estava cheio de amor e ternura e nele não havia nenhum sinal do pobre homem que tinha lutado contra um câncer de pulmão no ano passado.
Meus olhos já estavam nublados quando ele se aproximou de mim levantando o véu.
-Eu estou bonita papai?-perguntei com a voz embargada do choro.
Ele me lançou aquele seu olhar cheio de amor e disse:
-Você minha pequena princesa esta a coisa mais linda que eu já pôs os olhos em toda a minha vida.
-Obrigada por estar aqui, você não sabe o quanto é importante para mim.-eu disse engolindo o choro que me acanhava.
-Eu nunca perderia este dia por nada na minha vida, mas agora eu acho que você tem um noivo loucamente nervoso esperando por você lá dentro daquela igreja. - ele falou me dando um beijo no rosto marcado pelo blush.
-Está na hora.- Chay falou se aproximando de nos.
Meu pai enroscou seu braço no meu e as portas da igreja se abriram.
Nos posicionamos na porta da igreja até a marcha nupcial começar.
A igreja esta cheia, cheia de pessoas que caminharam todo esse caminho comigo, olhei para o altar avistando o meu futuro, ele também me olhou e sorriu ternamente para mim.
Eu e papai fomos caminhando até o altar, quando chegamos ele pegou minha mão direita dando um beijo na testa, e logo depois um beijo em cada um dos cinco dedos e a entrou para a mão de Rick que sorria como se o nosso casamento fosse uma propaganda de pasta de dente.
Meu pai saiu e a celebração começou tudo corria bem até que uma mulher interrompeu a cerimônia.
-Seu traste, seu cachorro como se não bastasse ter me enganado esses anos todos agora você quer acabar com a vida desta pobre coitada.- ela falou avançando sobre Rick.
Eu não entendia nada naquele momento, tudo o que via era Rick tentando acalmar a loira que parecia ter sangue nos olhos.
-O-o-o-o que está acontecendo Rick?- perguntou com a voz falhando.
-Lua meu amor, não é nada essa mulher é louca ela est...
-Você que saber o que está acontecendo durante cinco anos, ele me jurou amor, me disse que eu era tudo para ele. Eu e o nosso filho, até o mês passado em que eu descobri que ele estava de casamento marcado com outra.
Depois disso eu não ouvi mas nada e tudo ficou preto de repente.  

Continua...

Gostaram?
Essa história tera provavelmente entre 3 ou 4 partes.
Se tiver muitos comentario eu continuo.
Bjs amores.

6 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo