26 de fev de 2014

Malditos Sentimentos - Capitulo 4


Eu sou tão horrível assim?




POV Sophia

Matemática. Já falei o quanto amo essa matéria? Talvez porque eu ame todas as matérias e isso é totalmente irrelevante, mas eu não conseguira prestar atenção na aula porque a Estrela não parava de falar sobre um menino de que ela estava afim. Eu queria ter uma história de amor, sabe? Todos tem uma chance de se apaixonarem perdidamente e completamente e eu? Micael já teve milhares de namoradas, já perdi a conta na quinta, Estrela já teve o Brunno que, apesar de só tê-la usado, foi alguém pra compartilhar momentos legais e fofos e Guga é o.... Dez. 

-Sophia! Sophia! -Alguém sussurrou pra mim. Bufei. Ele era mesmo um garoto muito bonito, William. 

-Ah! Oi Will. -Respondi timidamente.

-Será que você podia mandar esse bilhete para a Laura? -Claro! Como eu não pensei antes? Como um garoto como William Benson gostaria de mim? Apenas assenti e mandei o bilhete para a loira da minha frente. Depois de um longo tempo a observando, eu percebi uma coisa: Por que será que todos caras sempre se apaixonam pela loirinha, olhos azuis e que tem um quilo de maquiagem no rosto? Será que nenhum cara se apaixona por alguém, sei lá, intelectual como eu? Afastei meus pensamentos com o toque do final da aula.

-Hey Star! -Esperei a minha amiga organizar todo o seu material para sairmos da classe juntas. Ela costuma demorar muito pra organizá-lo porque ela coloca todos os livros na mesa e fica dormindo em cima deles e caso o professor a reprenda, ela finge está com o livro aberto.

-Hey Soph! -Nós fomos caminhamos até o corredor para encontrarmos com os meninos que tinham aula de química no lugar de matemática. Até que eu avisto um moreno olhando para nós com um brilho nos olhos.

-Olá Guga, que gato te mordeu hoje? -Perguntei confusa com o olhar fixado na minha melhor amiga morena. 

-O que? Gato? Aonde? -Ele saiu correndo que nem um louco. Espera! Eu disse "que nem"? Ele É um louco.

-O que deu no Guga? 

-Vai saber, desisti de entender ele faz tempo! -Nós rimos - Ei Soph, eu vou ver se eu encontro o Thiago depois a gente se fala! -Eu assenti. Assim que ela saiu, percebo umas mãos taparem o meu olho. 

-Adivinha quem é? -Bufei e tirei as suas mãos dos meus olhos.

-Ah, oi Mika! -Respondi tentando ser a pessoa mais animada possível.

-Ei, ei... O que houve? -Odeio o fato que ele me conhece melhor do que todo mundo, até melhor do que a própria Estrela. 

-Mika, posso te fazer uma pergunta?

-Claro! 

O que tem de errado comigo? 

-Como assim?

-Por que todos os garotos sempre escolhem as garotas glamorosas, loiras e de parar o trânsito?

-Talvez você escolha os garotos errados, Soph. Não tem nada de errado com você! Você é incrível e o cara que namorar você vai ser o cara mais sortudo do mundo, estou falando sério. Você é linda, determinada, inteligente, amiga, desastradamente fofa, cheirosa... -O abracei. Sabe, eu tenho uma queda pelo o meu parceiro de músicas e melhor amigo, mas também que garota em sã consciência não teria? Ele é fantástico! Mas, nós somos tão amigos que talvez não seria bom eu tentar dar um passo a mais, sabe? 

-Obrigada, Mika. 

-De nada, Soph. -Ele respondeu com seu lindo sorriso que de repente se desmanchou e ele começou a ficar nervoso. Eu sei disso porque quando ele fica nervoso, ele começa a suar frio e fazer coisas sem sentido algum. -Ér, ér... eu tenho que ir pro banheiro mijar, só um instante. -Ri do jeito que ele falou "mijar" até a hora que ele voltou só que agora estava mais nervoso ainda. 

-Micael, está tudo bem?

-Soph, aceitar sair comigo? -Disse ele não respondendo a minha outra pergunta. Gelei. Eu sei que eu devo ter entendido o sentido errado, mas eu apenas não consegui pensar no certo naquele momento.

-Claro, vamos pra aonde agora?

-Não, sair daqui. Sair tipo... um encontro. -Gelei completamente. Se eu já estava gelada agora, não queria ver minha expressão naquele momento. Micael Borges está me chamando para um encontro? O meu melhor amigo? O cara mais bonito da escola? O meu parceiro? O cantor famoso? 

-O que? -Eu juntei todas as forças que restavam depois daquele pedido, e o perguntei isso.

-É, sabe... Você queria saber porquê os garotos agiam assim e eu posso meio que te dar umas dicas, sabe? Acho que vai ser legal. 

-Ah tá. -Suspirei ainda nervosa. -Tipo um teste de encontro?

-Se você quer chamar assim... -Ele sorriu de lado timidamente. 

-Oh, claro! Por que não? 

-Ótimo! 

-Ótimo! 

-Legal! 

-Legal! 

-Tá! 

-Tá! 

-20:00 amanhã? 

-Combinado! -Seja o que Deus quiser agora...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo