7 de fev de 2014

Gêmeas Unlike 19º Capitulo


 19º Capitulo:

Pov Vivi:



Quando cheguei ao colégio faltava exatamente uma polegada, para o seu vigário fechar o portão.

Passei pela brecha parecendo um trem bala.

Quando cheguei ate.a minha sala e não havia ninguém,  bati a mão na testa lembrando que a aula de Biologia hoje seria pratica, corri como uma louca desvairada pelo corredor e sai esbarrando em todo mundo recebendo xingamento dé tudo quanto foi lado e claro eu devolvi né?

Quando cheguei a porta do laboratório dei duas batidas e o professor atendeu com a maior cara de quem apanhou da mulher hoje.

(Ps1/Para quem nao sabe a esposa dele e a nossa professora de educação física. Uma verdadeira Afrodite! Pufff! Só que não né.) (Ela tá mas para Fiona e olhe lá! Ksks)

-Eu posso saber porque a senhorita chegou agora faltando exatamente quarenta e cinco minutos e vinte segundos para o final da aula?-ele me perguntou suspendendo o braço esquerdo e me mostrando o relógio.

Pensa, pensa, pensa cabeça de vento

Se eu disser que virei a noite conversando com o meu namorado virtual, eu estaria falando a verdade mas ele me mandaria direto para a sala do bruxão (Ps2/Diretor. Kkkk, longa história deixa para outro dia.)

Vou ter que apelar para a santa Lolinha.

Perdão Lolinha mas vou ter que lhe usar.

-Sabe o que fessor...

-Professor!- ele falou me interrompendo.

-Como?

-É professor, não te doi e nem dou nenhuma ousadia para me chamar de fessor.- falou o idiota do meu prof de biologia.

-Hum... , sabe o que e PROFESSOR a minha mão resolveu cozinhar ai...

-A sua desculpa é que sua mão foi cozinhar?-perguntou a rabugento erguendo uma sobrancelha.

-O problema e.que ela cozinha HIPER ultra mega mal, então ela fez uma rabanada, ai a minha cadelinha a Lolinha retada do jeito que é invadiu a cozinha e comeu toda a gororoba, tadinha da bichinha foi parar na emergência, e sabe PROFESSOR ela é  muito mais muito apegada a mim, ai eu não vi outra solução a não ser passar a noite no veterinário com ela.

- a essa altura o meu professor jà se debulhava com o meu ato de heroísmo com a pobre cadelinha.

(Ps3/Para os futuros alunos deste colégio vocês precisam saber o professor de biologia é louco por animais.)

Nem preciso dizer né?

Ele me liberou, e mandou-me seguir para a minha carteira.


Pov Lua:


Fui a primeira a chegar ao laboratório de biologia, sentei e me debrucei sob a carteira e fechei os olhos que só de lembrar-se do que eu ouvi ontem já começa a encher de lágrimas.

O pior é que eu não entendo, tudo bem que nos últimos meses eu e o Thur cultivamos uma linda amizade e que ele não tinha o direito de mentir para mim poxa, mas não para tanto, eu me sinto como se mas uma vez a Luma me tira-se algo que deveria ser meu.

Mas o Arthur não é meu, ele é só um amigo, porque eu me sinto assim?

A aula de biologia começa e eu continuo com a cabeça baixa imersa ao mundo que me rodeia, até que sinto a presença de alguém ao meu lado, levanto a cabeça e identifico a Vivi com o sorriso mas travesso que eu já vi.

-O que você aprontou?- eu pergunto.

-Uê! Você não viu a lorota que eu contei para o João?- ela me perguntou analisando o meu rosto.

-Não!

-O Lua o que aconteceu amiga? Você tá muito abatida.

 -Não é nada Vivi!

-Como Não é nada? Olha para a sua cara. O que aconteceu? Vai responde logo.

-Já disseque não foi nada, eu só não tive uma boa noite de sono só isso, e chega de papo que eu quero prestar atenção na aula.

Ela olhou para mim e bufou virando para frente.

Voltei a abaixar a cabeça e fechei os olhos respirando fundo.


Pov Thur:

DROGA!

DROGA!

DROGA!

-Lu deixa eu me explicar.- eu falava pela milésima vez e nada dela parar de me acusar.

-Você mentiu para mim Arthur. Essa é a verdade,  eu sei que nos só nos conhecemos a um pouco mais de seis meses, mas mesmo nesse pouco tempo eu te considerei e muito.- ela falou entre os dentes.

-Lua caramba! Eu não menti para você eu não tenho nada, ouviu NADA com a Luma.

-Deixa de ser mentiroso Arthur, eu ouvi a conversa de vocês ontem lá na minha casa.

Maldição, como eu vou explicar essa agora?

-Olha Lu, eu sei que você ouviu mas não é bem assim.- eu falava já exasperado.

-A não é assim? Então me explicaaa. – ela falou já prendendo a atenção dos alunos que passava pelo corredor.

-Err...r. Eu não posso.

-já que você não pode, então me erra Arthur, ela falou dando meia volta e seguindo na direção contraria.

Corri e puxei seu braço.

-Acredita em mim Lu.

-Não! Você mas do que ninguém nessa droga de colégio sabe que eu tenho nojo de quem mente.- ele fala e eu recebo suas palavras como um murro na cara.

Continua... 

Vcs tão querendo me matar né?
Descuplis pela demora!
Se tiver muitttooos comentarios posto um logologo ou até hje mesmo! Tão achando o que da fic?
Bjs
Ps/ na próxima eu respondo os comentes!
Acharam o cap grande?

14 comentários:

  1. ta muitooo boa a web posta mais pf :)))
    assinado:carla

    ResponderExcluir
  2. vei ta muitoo manera essa web <3

    ResponderExcluir
  3. Ahhhh posta maissss!!!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom
    Posta mais

    ResponderExcluir
  5. posta mais!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. amei
    posta ++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  7. Postaaaaaaaaaaa maissssssss a web tá ótimaaaaaaa

    ResponderExcluir
  8. posta maisssss

    ResponderExcluir
  9. Ai posta mais por favor, to viciada nessa web.

    ResponderExcluir
  10. Ana Clara s210/02/2014 11:07

    A web está otimamente ótima!!!rsrs posta mais...

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo