28 de fev de 2014

Dentro de um Mundo



Capítulo 9


P. O .V Lua

-É que?-ele me incentivou a falar

-Não,não é nada-não continuei sabia exatamente o que iria acontecer se eu disse se aquilo.
-Quer dançar?-ele me estendeu a mão e prontamente aceitei,nós passamos a noite assim,dançamos,rimos,conversamos até que o meu motorista e o dele chegaram,incrivelmente ao mesmo tempo.

-É...-eu comecei,mas aquela situação estava estranha demais.
-Te vejo segunda! -ele disse com aquele sorriso safado de novo
-Com certeza!-disse ainda provocando e dei um beijo no canto da boca dele e entrei no carro,antes que ele respondesse.

Não demorou muito,cheguei em casa tirei o vestido,tomei um banho acho que de meia hora,coloquei uma roupa confortável,e me deitei,nessa hora comecei a pensar em tudo que estava acontecendo,em tão pouco tempo,o que me chamou a atenção foi que eu e o Arthur nunca tivemos nada,e do nada a gente já fica,mas admito,aquele ali sabe beijar,não que eu seja perita em beijos,mas aquele gostinho de quero mais,tem naquele beijo...,e pensando em beijo lembrei da Sophia,ela devia estar nas nuvens com Micael,ela sempre foi louca por ele,e vice-versa,decidi mandar mensagem pra ela:
Mensagem:

Oie!Não sei se tá dormindo,mas parabéns agarrou seu moreno!rs Amanhã quero saber de tudo!Beijos,Boa noite.

Com pouco tempo acabei dormindo,envolta nos meus pensamentos.
. . .
Acordei com meu celular tocando.
-Alô!-Falei com a voz ainda embolada de sono
-Bom dia meu raio de sol!-Sophia disse super animada do outro lado da linha- Você ainda tá dormindo Lua?
-É proibido?!-perguntei me deitando de novo
-Não,mas só quero te avisar que vamos almoçar no shopping hoje as 13:30,não aceito não como resposta -Continuou -E acho bom se apresar são 12:30,sem atrasar!Beeeijo!-ela desligou antes mesmo de eu contestar conhecia Sophia se eu não estivesse lá 13;30 ela ia me enlouquecer  por  falar disso pelo resto do ano,enrolei mais um pouco pra levantar,levantei era 12:45 ,tomei banho e me troquei,nisso eram 13:00,desci,avisei a Carina e sai.

Roupa da Lua


Não demorei muito a chegar,Sophia estava me esperando na praça de alimentação.
-Oie!-eu disse sentando,em frente a ela na mesa
-Ai que susto Lua!-ela disse
-Buuu!-disse rindo - Soph mas antes de qualquer coisa vamos comer estou,FAMINTA!
-Tá vamos!-ela disse pegamos nosso almoço,sentamos novamente e começamos a conversar.

Roupa  da Sophia




-Me conta eu sei que você tá louca pra contar - a encorajei
-É ontem você nem se despediu!-ela se fez de indignada
-Não queria interromper!-debochei- Mas anda me conta!
-Ah Luh foi um sonho,ele é realmente como eu imaginava um verdadeiro príncipe,-ela fez cara de apaixonada,fiz uma careta.

-E nem vem porque eu sei que você mocinha-ela apontou para mim -ficou com Arthur ontem.
 -É ficar eu fiquei,mas isso não vai pra frente ele não é pra mim,é muito montado,muito perfeitinho.
-Ihh!-ela disse
-Ih o que Sô?-falei, realmente não tinha entendido.

-É toda vez que você critica alguém,você começa a gostar dessa pessoa!-ela explicou
-O que?Não!Eu quase não te critico e te amo!-Falei rindo
-To falando de meninos Lua!É verdade você destaca tudo,que ele tem de ruim,pra tentar parar de gostar mas não funciona.

-Não!
-Sim, e não discute comigo -ela falou rindo -Mas e ai ele beija bem?
-BEIJA!-falei rindo,e ela riu junto,passamos a tarde assim rindo, fomos ao cinema,assistimos o filme Minha mãe é uma Peça pra descontrair,depois fizemos umas compras,e fomos para nossas devidas casas.
Passei o resto da tarde lendo, fiz algumas atualizações no meu Twitter,enquanto estava de roupão com muita preguiça de me trocar depois do meu banho de banheira,entrei no meu closet e separei meu pijama ,não sairia mais daquele quarto,no máximo pra roubar comida no andar de baixo,e já separei minha roupa para o dia seguinte,feito isso me troquei,e fiquei na frente do computador,já havia feito as tarefas do colégio,e decidi entrar no meu matadouro.
As pessoas ainda falavam de Pérola e  Rayana pelo fato de que as duas ainda estavam se alfinetando de qualquer forma que podiam,e juraram vingança quando descobrissem quem foi,detalhe básico elas comentaram isso na postagem,me deu até ataque de riso,aquelas piranhas nunca iam ousar,se meter comigo,disso eu tinha certeza mesmo que estivessem certas,eu sou muito mais do que elas,depois disso fiquei sentada em frente ao computador por algum tempo,estava sem ideias e precisava de podres novos,mas estava meio ocupada no baile para isso,deixei quieto essa semana ia acontecer muita coisa já que eu conhecia aonde estudava,desliguei o notebook,escovei meus dentes e deitei não demorou muito e dormi.

P. O . V Lua
Acordei no horário habitual,nem adiantada nem atrasada,demorei a levantar da cama,tomei banho e me vesti,estava terminando de fazer minha maquiagem e meu rabo de cavalo quando bateram na minha porta.

-Posso entrar?-meu pai pôs  a cabeça para dentro do quarto
-Claro!-falei já deixando o brilho labial em cima da pia-O que aconteceu?Está tudo bem?-perguntei um pouco preocupada.

-Nada,está tudo bem!-ele respondeu,ficamos alguns instantes em silêncio.
-E o que o senhor veio fazer aqui?-perguntei arqueando a sobrancelha
-Ah,nada demais,só queria saber como minha Luzinha estava?-ele respondeu,ele havia me chamado do meu apelido de infância era difícil,meu pai fazer isso,mas eu gostava.

-Bem,dando muita luz!-falei sorrindo,meu pai parecia apreensivo -O senhor tem algo para me dizer?- resolvi quebrar o silêncio que se instalou sobre nós por alguns minutos
-É filha bem...eu sei que não sou muito presente e coisas assim...mas é...-ele falava gaguejando
-Espera,senta,respira e fala-apontei para a cadeira,me sentando na cama
-Lu,o William(Motorista)me disse que viu...você com um garoto na saída do baile -ele disse,quase cuspi a bala que  tinha colocado na boca.

-O que?-perguntei indignada,com meu pai,tentando se meter na minha vida amorosa,ainda mais indignada com aquele motorista dedo duro -Jura,que você quer falar sobre isso pai?
-Não...mas...-ele começou
-Nada disso não se preocupa,eu sei tudo que preciso saber viu!-disse me levantando e pegando minha mochila em um piscar de olhos -Não se preocupe!
-Mas Lua...-ele ia recomeçar
-Olha pai foi ótimo conversar com você sobre isso,mas eu tenho que ir-Falei já na porta,aberta para nós dois sairmos,ele passou pela porta e se virou para mim no corredor.

-Não quer que eu te leve?Vou sair daqui a pouco!-ele perguntou,mas eu sabia que isso só era uma deixa,para ele querer falar AQUELE assunto comigo,mas eu dispensava.

-Não já estou atrasada- falei já descendo a escada- Tchau pai!-falei já na porta,entrei no carro,o motorista já me esperava,dei uma bela encarada nele,acho que ele sabia,que tinha feito burrada de ter falado para o meu pai do Arthur,porque ele fez uma cara de medo de mim,hilária.

Roupa da Lua



2 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo