18 de fev de 2014

54ª Capítulo - LuAr no BBB

 


Parte 2

Bial: Boa noite! Clima de quase decisão na casa mais vigiada do Brasil, quem você quer ver eliminado? - perguntou a plateia - Bernardo? - a plateia gritou - Chay? - a plateia gritou - ou minha queridíssima, Melanie? - a plateia gritou - Estamos na nossa penúltima eliminação do programa e o sonho de um milhão e meio de reais acaba para dois deles essa noite. Vamos fazer contato? - a TV ligou - Que casa mais vazia essa. 
Lua: Verdade Bial. 
Bial: Lu, o que você que vai fazer mais falta quando isso tudo acabar? 
Lua: De você - fez um coração com as mãos, eles riram - Falando sério agora. Acho que da convivência, porque querendo ou não a gente se acostuma, né? 
Bial: Claro que sim. E você Mel, o que vai te fazer falta? 
Mel: Como a Lu falou Bial, com o tempo a gente vai se acostumando com esse mundo, acho que isso vai fazer falta. 
Bial: Concordam meninos? 
Bernardo: Sim. 
Bial: Ta certo. Eu vou ali e já volto, ok? - eles assentiram a TV desligou. 

Bial chamou o intervalo, falou com a plateia, mostrou as cenas, brincou, mostrou a família dos emparedados e então encerrou as votações. A plateia ficou em silêncio. 

Bial: Cada um de vocês aí dentro tem um produto para vender, e querem convencer quem assiste a comprar esse produto. E mais, querem que essa negociação de compra e venda seja a maior diversão. Não querem só vender o produto. Querem que a gente goste de comprar. E o que é que vocês vendem? Qual é o produto que vocês oferecem? Ora, vocês são este produto. Cada um de vocês é o produto e o publicitário desse produto. E o que precisa fazer o publicitário: convencer. Só vence quem convence. Vence com, vence junto. É isso que faz o campeão. Consegue persuadir a gente. Vence o mais convincente. Hoje é isso. Vamos à penúltima eliminação do BBB13. Acabei de dizer que vence o mais convincente. Convencimento e persuasão são as armas. Quem tenta se impor e pronto corre grande riscos. Ninguém compra nada por imposição. Talvez esse tenha sido isso o grande pecado dos eliminados de hoje. Pecado sem perdão: Bernardo e Chay. (discurso muito nada a ver com os eliminados, mas foi o que eu achei)

O pessoal abraçou os dois e o levaram até a porta. Chay pegou a mão da Mel e sorriu dando um beijo em cada mão. Acariciou o rosto dela e limpou uma lágrima que escorria. 

Chay: Eu preciso te dizer uma coisa... Só quero que escute, não precisa falar nada - ela assentiu - Durante esses longos três meses, que com certeza foram os dias mais loucos da minha vida - todos riram - O que o tornou mais que especiais foi você! Você, Mel. A gente brigou, se acertou, descordou de opiniões, rimos juntos, choramos juntos, sorrimos juntos.. Juntos. Eu quero ficar junto. Eu quero você! E eu não sei se vou suportar ficar sem você lá fora - a morena sentiu o coração acelerar - Eu te quero pra sempre minha morena, até a eternidade..
Mel: Chay...
Chay: Não precisa falar nada - tapou a boca dela com o dedo - Eu quero que você pense, sinta e ouça seu coração. Sei que aí no fundo tem um sentimento por mim, assim como também tenho por você - ele deu um longo selinho nela - To torcendo por você - saiu fechando a porta amarela. 

Lua abraçou Melanie e as duas choraram emocionadas, Arthur também se juntou ao abraço e os três pularam na piscina em comemoração. Estavam na final. Os três. Juntos. 


A web ta acabando. Isso é bom e ruim... Enfim, vocês já podem começar a votar para escolher o ganhador. GO GO GO!! Pretendo finalizar a web até sábado, então sejam rápidas. 

7 comentários:

  1. Acho mais que justo a Mel ficar com o segundo lugar, já que vão escolher a Lua como ganhadora.

    ResponderExcluir
  2. Lua lua lua lua lua lua lua

    ResponderExcluir
  3. Posta +++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  4. primeiro o Arthur e segundo a Lua

    ResponderExcluir
  5. mirella vasconcelos22/06/2014 14:36

    Primeiro o thur segundo a luinha

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo