10 de jan de 2014

De Repente é Amor - Capítulo 25.

"Quando defendemos os nossos amigos, justificamos a nossa amizade."



No dia seguinte...


Sexta-feira. Ah... Como eu amo sexta-feira. Levantei com muito custo, lavei meu rosto, escovei os dentes e fui tomar um banho. Coloquei meu uniforme ridículo, peguei o celular e notei que tinha uma mensagem, vi que era de Chay. 

"To te esperando no mesmo lugar de sempre."

Sorri. Desci as escadas, peguei uma maça e minha mochila que estava no sofá e sai em seguida. O caminho de casa até nosso ponto de encontro não era tão distante, tanto é que eu já começava a avistar aquele cabeção. Aproximei-me dele e lhe dei um tapinha na cabeça, ele me olhou e sorriu. Eu retribui e a gente deu um selinho demorado. 

- Demorei? - senti o braço dele envolta da minha cintura, começamos a caminhar. 
- Não, achei que demoraria mais. Sei que vocês garotas adoram encher o rosto de maquiagem, principalmente pra vir à escola. - ele falou divertido, gargalhei. 
- Só passo maquiagem em ocasiões especiais e a escola não é uma delas - fiz careta, ele sorriu. 
- Acredito. 
- É sério. Se eu passei maquiagem alguma vez pra vir à escola, com certeza foi só uma sombrinha e olhe lá - a gente parou em frente à pracinha e sentamos no banco. 
- Ok, não vamos falar de maquiagem você fica linda com ou sem - sorri. 
- Me deixa adivinhar, você quer conversar sobre ontem? - ele coçou a nuca. 
- Sim e não! - franzi o cenho - Sim, eu quero. E não, não quero conversar sobre isso agora. 
- Tudo bem, a gente conversa depois da aula - ele assentiu, as mãos dele seguraram em minha cintura e me puxaram pra ele - Você não ficou bolado né? 
- Ei lindinha, depois ok? - ele passou o nariz sobre o meu, eu assenti e os lábios dele tomaram os meus. 
...

- Chegamos - disse após entrarmos em casa. Joguei minha mochila no sofá e a gente foi pro jardim. 
- Então... - ele começou dizendo. Sentamos de frente um para o outro - Na verdade eu nem sei o que dizer, Lu. 
- Você ficou bolado? - fui direta.
- Claro que não, eu só fiquei meio frustrado com a situação, apesar de ter brincado na hora. 
- Então porque a conversa? Afinal, não aconteceu nada. 
- Eu sei, mas eu fiquei preocupado com você. Sei lá. Achei que estive com raiva.
- Raiva? - ri - Raiva do que? 
- Ai, não sei - ele levantou - Eu só fiquei preocupado. 
- Ta tudo bem seu bobo - abracei-o por trás - Relaxa ta? 
- Ta tudo bem mesmo? - ele ficou de frente pra mim. Eu assenti - Não ta bolada nem nada? 
- Vou ficar se continuar com essa história, já falei que esta tudo bem - ele sorriu e acariciou meu rosto antes de me puxar para um beijo. Minhas mãos foram parar em sua cintura o abraçando. 
- O que esse rapaz esta fazendo aqui? - uma voz autoritária soou em nossos ouvidos e a gente se separou. Dona Cláudia sempre bancando a durona. 
- Esse rapaz tem nome e se chama Chay - cruzei os braços - E pra sua informação ele é meu amigo.
- Amigo que é amigo não se beijam - ela se aproximou de nós. 
- A gente não segue o mesmo contexto ué - Chay comentou, Cláudia o olhou.
- Pensei que tivesse sido clara quando disse que só queria você aqui quando eu o convidasse. 
- Você foi clara D. Claúdia, quase transparente, agora com licença porque eu não to com saco pra discussão - puxei Chay pela mãe. 
- Você não vai me dar às costas Lua Blanco - ela segurou meu braço. 
- Eu já falei que não vale a pena discutir com você, não sei por que ainda perde seu tempo procurando maneiras diferentes de implicar comigo - puxei meu braço de volta - Agora se me der licença, eu preciso ir. 
- E pra onde você vai? - ela cruzou os braços. 
- Isso não te interessa - sai batendo a porta. 
- Ei loirinha - ele segurou minha mão, a gente já estava andando tinha um tempo - Tudo bem? 
- Não quero voltar pra casa, minha mãe me da nos nervos. 
- Quer ir pra praia? 
- Tenho que pegar biquíni em casa, mas não quero voltar pra lá - ele mordeu meu bico. 
- Manda uma mensagem pra Mel e diz pra ela se arrumar também, enquanto isso a gente espera ela lá na casa da Kátia - ele sorriu - Tudo bem? 
- Tudo - dei um selinho nele - Você é o melhor, sabia? 
- Sabia - falou convencido. Gargalhamos e demos meia volta, indo para a casa de Kátia. 

[...]

- ME SOLTA ARTHUR! - eu falava (lê-se: gritava) com Arthur para que ele me solta-se. Arthur me carregava nos ombros indo em direção à água - EU NÃO QUERO ENTRAR, PARAA... - ele gargalhava e eu até me debatia para ele me soltar e a água subia cada vez mais - ARTHUR EU NÃO SEI NADAR, NÃO VAI PARA O FUNDO. 
- Você vai me deixar surdo daqui a pouco - ele disso e parou. 
- Vou te deixar sem as pernas, isso sim - ele riu e fez menção de me soltar - NÃO, eu não sei nadar é sério. 
- Você ta pesadinha - ele me soltou e eu afundei de repente, conseguir encostar meu pé no chão e fiz impulso para subir. Agarrei no pescoço dele e ele gargalhou - Você ta me enforcando Lua. 
- Eu só não te mato agora se não morre nós dois, mais espere chegarmos à areia. 
- Me ameaçando? Oha que eu te solte hein - prendi minhas pernas na cintura dele, ele riu. 
- Me tira daqui seu idiota - ele gargalhou e foi caminhando comigo "trepada" nele, como um macaco preso num galho, era como eu estava. 

Quando chegamos à areia ele me soltou e correu, eu fui atrás dele e quando o alcancei enchi ele de socos e tapas. Mel e Chay gargalhavam nos olhando, e assim foi nossa tarde. Animada e cheia de brincadeiras e sorrisos. 


Respondendo:
Anony¹: "Faz o thur ter um pequeno relacionamento com q mel #MelAr" MelAr é o poder, né? Hahaha
Anony²: "Muito bom esse capitulo! hahahahaah Rola mais um hoje? *-*" Postado flor. 
Anony³: "Vai demorar muito para o arthur e a lua ficarem juntos"  Não. 


8 comentários:

  1. Obrigada por postar mais um capitulo!! que amor luarthur no finalzinho do capitulo <3

    ResponderExcluir
  2. Amando cada vez mais essa web xx Camila

    ResponderExcluir
  3. Loucaaaq pra ver Mel e Artur se pegando,vai se show #MelAe

    ResponderExcluir
  4. Maaaaaaais, preciso de mais um

    ResponderExcluir
  5. Quantos capitulos mais ou menos pra lua e o arthur ficarem juntos?? C:

    ResponderExcluir
  6. Posta um hoje?

    ResponderExcluir
  7. Eu apoio #LuEd ficarem juntos.. Tô amando *ooo*

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo