18 de jan de 2014

Cap. Único - Irmãos tarados 2


Capítulo único.



Lembram daquele incidente de estrupo, pelos meus dois irmãos?
Então, o simples fato que quero citar aqui é que Chay foi morar sozinho pois já era maior de idade. Eu comprei um AP perto da casa de meus pais, e Arthur continuou a morar com eles.
Mamãe e papai resolveram se mudar para São Paulo, Arthur não queria ir, então meu lindo papis teve uma brilhante ideia:

'' Por que o Arthur não fica no AP da Lu enquanto ele não compra um AP? ''

'' Claro, tem problema Lua? ''

''Não mamãe''

Eu havia esquecido o que ele tinha feito para mim, pois já fazia 1 ano e meio que o faro ocorreu.
Tudo certo para a mudança de Arthur para meu AP, para ida de meus pais para SP.
Eu, Chay e Arthur  fomos levar nossos pais no aeroporto, nos despedimos e Chay foi pra sua casa, eu e Thur fomos a caminho de meu AP conversando muitas bobagens, rindo e cantando as músicas bobas que estavam tocando na rádio.
Passou uma semana e nada de interessante acontecia, meu dia a dia continuava normal, mas mudou em uma sexta feira de muito calor.
Arthur me chamou para ir na nossa antiga casa, a casa que nossos pais deixaram para nós três, eu disse

"tudo bem Thur".

Chegando lá não deu tempo de nada ele simplesmente me agarrou.

" lembra da quela vez que você fingia que estava dormindo e nos deixou comer você?"

"Le-lembro"

"Então eu vou fazer a mesma coisa, mas dessa vez eu quero você bem acordada e eu não vou só comer seu cu dessa vez"

" Ar-Arthur pa-para"

"por que? Só porque daquela vez eu fui bonzinho com você? Esquece você me provocou muito esses tempos e agora você vai pagar"

" eu vou gritar..."

"grita eu amo latidos de cadelas"

PAFTTH eu dei um tapa na sua cara e corri, mas não consegui me afastar nem 100 metros e ele já estava comigo em seus braços.

"ARTHUR PARA, PARA, PAAAAAAARAAA"

"para de gritar vadia, eu cresci e aprendi muita coisa nova e você vai ver"

Ele me jogou no chão, e só lembro de ter batido a cabeça, porque a hora que acordei eu estava nua em uma cama, amordaçada, amarrada, com um tarado me lambendo e com um filme pornô rodando.
Tentei gritar mas não consegui, só dai que eu vi que era o Arthur.
Ele percebeu que eu tinha acordado e deu um sorriso.

"Luinha você acordou!! que bom, agora podemos começar"

"ranmskdo ndkajdi pfndkdism"

"olha eu não to entendendo nada e FODA-SE"

"hiiiiiiiii rara ão raz rissu"

"Hann deixa eu pensar... Não."

Ele disse isso e começou a me penetrar, eu achei que ia doer pois achava que estava seca, mas me enganei, eu estava exitada.
Eu comecei a gemer abafado por causa do pano em minha boca e ele percebeu que eu estava gostando. (filho da puta)
Depois de muito tempo ele gozou dentro de mim e eu também gozei.
Ele tirou seu pênis de mim.

"Chupa cadela"

"ranbkdnsidb"

"putz esqueci"

Ele tirou o pano que cobria minha boca e desamarrou minhas mãos.

"PORRA ARTHUR... VOCÊ MELHOROU MUITO"

Ele me olhou assustado, acho que ele pensou que eu ia chingar ele haha.
Peguei seu pênis e o deixei limpinho, ele falou alguma coisa que eu não entendi, me soltou e me arrastou para o banheiro, durante o banho tivemos uma foda M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A e ele disse

"Agora você vai ser a minha putinha, só minha e de ninguém mais"

"Mesma coisa com você maninho"

Nos beijamos e transamos de novo, agora não me lembro quantas vezes fizemos isso mas garanto que foram muitas. Uma coisa que não sai da minha cabeça: de onde aquele maluco tirou tanta disposição?

6 comentários:

  1. Pede autorizaçao e faz o 3 pf vey seriao

    ResponderExcluir
  2. caraca sabe eu adorei tipo...mt o primeiro tbm se der faz mais ass:ana victoria

    ResponderExcluir
  3. Caramba amei posta mais

    ResponderExcluir
  4. ++++++++++++++++++++++++++++++++
    ass Sofia

    ResponderExcluir
  5. Cara faz o 3???

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo