2 de dez de 2013

Meu vizinho Insuportável 3ª Temp.


Capítulo 46



Kayke: ela... ela está se movendo – ele arregalou os olhos e tocou a barriga de sua noiva, sentindo a pequena menina se mover rapidamente – papai te ama meu amor – ele disse derramando lagrimas que focam secas pelos lábios da Dany, e logo ele levantou a blusinha dela para distribuir beijos por sua barriga, em seguida, levantou diante o olhar dela e foi até sua mochila onde tirou uma caixinha minúscula e foi até Dany colocando perto de sua barriga e a mesma olhava curiosa – o primeiro presentinho, do papai para você, minha princesinha – abriu a caixinha tirando uma linda pulseirinha  dourada, com o nome de sua filha, colocou na barriga da Dany e ela colocou a mão por cima da dele sentindo a barriga se mover.

Ambos sorriram e se olharam apaixonados, Dany não poderia estar e ser mais feliz do que com eles naquele e em todos os momentos, ela abriu a caixinha e mirou o primeiro presentinho da filha, se emocionou em seguida o beijando e iniciando uma linda e longa noite de amor.

(...)

Lua: então doutor, é grave? – perguntou roendo as unhas, havia conseguido levar Arthur para a cama dele, e chamou o doutor Rabelo para examiná-lo, o mesmo piscou para o paciente e olhou a morena que observava tudo, preocupada.

Dr. Rabelo: ele apenas terá que usar muletas por alguns dias, pela torção no pé e passe este gel no braço e na perna machucada para que melhore as dores   - entregou para ela

Lua: eu passar? – perguntou mordendo os lábios e olhou Arthur que tinha aquela carinha de bebê a encarando, viu o medico assentir e suspirou – mas enquanto a memória? Ele disse que não se lembra de mim – perguntou com um bico

Dr. Rabelo: é normal essa confusãozinha, pela queda – mentiu e olhou Arthur -  aos poucos a memória dele vai voltando, e você pode ajudar com isso já que é a esposa – disse para ela que engoliu em seco – preciso ir – levantou-se e caminhou até a porta – cuide bem dele – disse antes de sair escondendo o riso, só Arthur mesmo para fazê-lo mentir assim, mas tudo por amizade. Se despediu e saiu deixando os dois sozinhos.

Arthur: Lua.. – a chamou e ela se aproximou dele lentamente – vem aqui... – segurou a mão dela, que sentou-se ao seu lado, na cama, a mirou nos olhos, sentando-se para ficar mais perto.


É isso gente, hoje não vou poder postar mais dessa fic porq tenho academia daqui a pouco. Então até amanhã. 

8 comentários:

  1. linduu
    ass Sofia

    ResponderExcluir
  2. Ah esse Arthur é esperto!

    ResponderExcluir
  3. esse Arthur é muito sacana kkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. necessito do próximo capitulo...

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo