3 de dez de 2013

Fantasia Perfeita (4° Parte)





Arthur: bom dia -beijou a cabeça dela que abriu os olhos vagamente e sorriu sentido aquele carinho dele.
Lua: bom dia -levantou a cabeça e deu um selinho nele.. sorriu ao se lembrar perfeitamente da noite anterior mesmo que estivesse um pouco alterada.. amou aquilo tudo- é melhor nos imos embora -levantou um pouco e viu a hora no relógio dele- pois já esta um pouco tarde e isso daqui a pouco fecha -se bem lembram aquele espaço que eles estavam era um dos quartos que tinham ali no espaço junto de onde aconteceu a festa e como a festa duraria ate o outro dia.. quando ela acabava tudo se fechava.. ela já iam se levantando quando ele a puxou de volta, ela deu um sorriso de lado.
Arthur: calma princesa -sorriu ao ouvir aquela palavra que se tonava tao preciosa ao seus ouvidos, isso só demostrava que ele não era um daqueles caras que só queriam fazer sexo e quando acordavam de manha já saia apressadamente.
Lua: mais vai fec.. -ele a interrompeu com um beijo doce e delicado ambos podiam sentir o gosto delicioso do outro e desfrutar daquilo.
Arthur: você já ia levantar sem nem me dar um beijo assim não vale -ela sorriu de lado, estava encantada com o jeito carinhoso dele e modéstia parte estava amando.
Lua: desculpe-me agora que já fiz minha obrigação vamos levantar -ele riu com o que ela tinha falado- Arthur: nos precisamos conversar -o rosto dela logo mudou a expressão de feliz para preocupado.. sera que agora que ele ia lhe dar um fora- mais não se preocupe não é isso que esta pensando -ela se assustou, como ele sabia o que ela estava pensando?- vem tomar banho comigo? -já em pé na porta do banheiro chamou ela com as mãos, ela se levantou sorridente e foi ao encontro do mesmo se aninhando nos braços dele. Ela sentia uma coisa diferente dos outros com quem ela já tinha ficado, geralmente depois da noite dava logo um passa fora ou eles mesmo lhe davam pois se lembram bem ela só quer saber de curtição mais com ele não era bem assim.. não tinha vontade de sair e sim de ficar ali juntinho dele.. parecia que o conhecia a tempos era essa a sensação que tinha mais não sabia explicar.

Eles acabaram um banho cheios de caricias e mãos bobas mais nada mais e foram se trocar.. Lua estava envorgonhada pra trocar de roupa na frente dele, ficou vermelhinha, suas bochechas ficaram rosadas.. ele achou graça e deu um sorrisinho.. foi ate ela a a abraçou ainda de toalha ambos

Arthur: não precisa ficar envergonhada princesa eu já conheço bem esse seu corpo -riu recebendo um tapa no ombro- doeu bebe -fez biquinho.
Lua: oh coisa fofa -mordeu o bico dele-
Arthur: eu sei que sou
Lua: convencido -foi em direção ao banheiro com a roupa na mão e correu quando escultou ele falar 'nao' mais ele foi mais rápido e chegou no banheiro a frente dela.
Arthur: oh Lua deixa de besteira acabamos de tomar banho juntos e eu olhei tudo já e fiz muitas outras coisas -sorriu safado.
Lua: deixa de ser safado
Arthur: ao seu lado é impossível
Lua: ain você é muito fofo -passou os braços em volta do pescoço dele e distribuiu beijos pelo rosto de Arthur que fechou os olhos sentindo aquelas caricias.. estava amando.. ficou de ponta de pé e encostou seus lábios com o de Arthur mordeu o lábio inferior dele e o puxou para si, suas línguas logo se entrosaram e estabeleceram uma ligação cada vez mais intensa.. aquele beijo estava sendo um beijo um tanto delicioso, se pudesse eles ficariam ali pro resto da vida mais o tempo não lhe permitiam isso.
Arthur: seu beijo é tao bom, tao viciante -disse ainda de olhos fechados quando eles se separaram.
Lua: digo o mesmo.. agora vamos logo nos aprontando pra ir
Arthur: sempre apressada -riu e deu mais um selinho nela.. o tempo se passou assim num clima de carinho sempre.

Eles quando saíram dali foram ate um lugar bonito que tinha na cidade.. um parque com uma pequena montanha linda e com uma cachoeira pequena, era lindo aquele lugar.. eles ficaram um tempo se curtindo mais logo viram que as horas já tinham voado.

Arthur: nossa nem vi a hora passar
Lua: é mesmo -disse olhando pro relógio dele-
Arthur: meus primos devem estar preocupados
Lua: isso não é problema -pegou o seu celular e escreveu algo 'seu primo esta em boas mãos ass: Lua' mostrou a ele que deu um risinho.
Arthur: anw que linda, te amo -nem se tocou no que tinha falado mais ela sim, olhou surpresa pra ele que percebendo o olhar dela se ligou no que tinha dito a pouco mais apenas tinha dito a verdade- er nos precisamos conversar..
Lua: sim pode falar
Arthur: bom vou direto ao ponto nos já nos conhecemos de tempos atrás -ela olhou para ele assustada.
Lua: como?
Arthur: isso memo
Lua: e porque eu não lembro de você?
Arthur: vou lhe contar a historia direitinho -eles estavam deitados Arthur por baixo e ela por cima nos braços dele.. entre as pernas do mesmo, estavam debaixo de uma arvore.. Lua virou um pouco de lado para olhar bem pra ele e então ele começou a contar a historia de suas vidas..

FashBackOn

Lua: Arthur saudades -abraçou ele, ambos tinham 11 anos, se conheciam desde pequenos.. suas famílias era bem amigas.
Arthur: também pequena -abraçou a sua pequena estava com tantas saudades dela, tinha viajado com sua família para Londres e ela não pode ir por mais que ele insistisse, tinha de ficar porque sua mãe disse a mãe de Arthur que eles estavam tendo um problema agora na empresa e não poderiam ir e já que ela era menor de idade e Cláudia por mais que confiasse em Kátia não queria deixar sua princesinha ir. Então a família Aguiar foi passaram 1 mês e duas semanas la de ferias.. a viagem foi ate boa mais Arthur não conseguiu ficar totalmente feliz pois estava faltando uma pessoa do seu lado que era a sua Lua.. eles eram unha e carne ou carne e unha tanto faz viajavam juntos, faziam praticamente tudo juntos e essa tinha sido a primeira vez que ficaram separados e ficaram por muito tempo.
Lua: promete que nunca mais vai sair de perto de mim? -disse com lagrimas nos olhos-
Arthur: prometo pequena não chore por favor -odiava vê-la chora era como se tivem se arrancado um pedaço dele pois sentia uma dor, angustia imensa por ela.. pode ser ate estranho mais eles eram muito unidos e quando digo muito era MUITO mesmo-
Lua: não vou chorar prometo

A tarde se passou, eles a aproveitaram muito bem, brincaram, conversaram fizeram diversas coisas juntos como dormir mais infelizmente tinha chegado a hora de separarem que era a mais dura que tinha.. tiveram
Que se despedirem.. Lua foi pra sua casa que era praticamente do lado da de Arthur e ele já que estava na sua só lhe restava dormir pra que o dia passar rápido e chegasse logo o dia seguinte para pode ver sua pequena

Cláudia: Lua filha nos temos que conversar
Lua: pode fala aqui mesmo na frente do Thur -ela não queria falar pois se já seria difícil falar pra ela imagine para os dois mais não tinha escolha já que viu que ele não iria sair dali-
Cláudia: filha é difícil mais tenho que te falar
Lua: o que foi mãe? Fala de uma vez -ela ficou logo com a cara de assustada e Thur fez a mesma cara-
Cláudia: filha nos vamos nos mudar -aquilo foi um choque pra ela, estava desesperada não queria sair dali e ainda mais por um motivo obvio Arthur. Ele quando escultou a palavra 'mudar' também se assustou não queria que sua pequena saísse de perto dele, a queria sempre por perto como a teve por tanto tempo mais sabia que o dia deles se separar ia chegar por mais que tardasse mais chegaria- e o pior filha.. de pais -ela arregalou os olhos.. como assim eu vou mudar de pais não eu não posso ir pensou ela.
Lua: não mãe me diz que isso é mentira? -chorava desesperadamente, seu coração estava bem apertadinho, estava doendo só se pensar em deixar seu 'amiguinho' de lado.
Arthur: diz que isso é mentira tia -lagrimas já caiam dos olhos dele também.. ele já estava sentido falta da sua pequena ao seu lado.
Cláudia: infelizmente esse é o melhor a se fazer agora
Lua: pra mim o melhor é ficar eu não quero me separar do Thur
Cláudia: mais você não tem escolha vai e ponto - disse isso e Lua correu para fora de casa com Arthur.. Cláudia sabia que tinha se exaltado, sabia que precisava ter paciência, se não estava sendo fácil pra ela imagine pra Lua.. não queria ir também sabia que sua filha ia sofrer e não queria que sua filha tao nova sofresse mais nessa hora era isso que tinha de fazer.. a empresa é que o marido dela é sócio 'faliu' a do Brasil e ele tem de ir para a empresa da Califórnia já que aqui sabe que não ira dar certo.. era complicado, bufou.

Na casa de Arthur estava ele e Lua no quartinho dele.. a mãe dele estava no dela descaçando então eles não foram bombardeados de perguntas.

Arthur: pequena eu não quero ficar longe de você -eles estavam deitados na caminha dele.. de barriga pra cima-
Lua: eu temblem não Thur.. ai eu quero fugir contigo só pra não nos separarem
Arthur: oh pequena eu queria também mais nos ainda somo crianças -disse a apertando num abraço-
Lua: me doí tanto só de pensar que daqui a algumas horas irei ficar longe de ti..
Arthur: oh pequena mais me promete uma coisa?
Lua: pode falar
Arthur: que nunca vai me esquecer independente de tudo sempre seremos os melhores amigos
Lua: prometo e você também terá que me promete e prometer que ira me esperar para quando crescemos nos casarmos -eles riram-
Arthur: prometo -se aproximou de Lua e deu um selinho de leve nos lábios dela.. ela sorriu envergonhada e ele sorriu safado- não fica com vergonha princesa essa foi o nosso juramento pra quando ficarmos grandes ficarmos juntos..

Eles ficaram ali no quarto de Arthur deitadinhos queriam se esconder de tudo e de todos só pra não se separarem mais isso infelizmente não era possível.
Mais tarde Cláudia apareceu por la pois sabia que os dois estavam junto no quarto de Arthur que era o lugar onde os dois mais ficavam.. horas se passaram, dias se passou e chegou a hora mais triste a despedida, depois de tanto tempo juntos iriam se separar.. a despida foi um chororó pra la um chororó pra cá nesse clima de tristeza a família de Lua se foi e Arthur não sabia se a veriam novamente..

Dias, meses se passaram e a família Aguiar não teve noticias da família de Lua..
E assim se passaram meses ate um certo dia eles viram a noticia na tv 'a família do empresario mais bem sucedido da califórnia sofreu um acidente quando estavam indo a uma festa' eles na hora arregalaram os olhos.. não acredito, não pode ser pensou Arthur. Depois o pai de Arthur resolveu mandar uma mensagem na internet pro pai de Lua que disse que eles estavam bem a única que tinha sido grave era Lua ela estava em coma.. ela tinha apenas 14 anos pois anos tinham se passado, a noticia foi com um choque pra Arthur ele queria porque queria ir ate la mais não pode ir.. naquela agonia se passou um mês e nada de Lua acordar para Arthur estava sendo ainda mais difícil pois estava longe dela, as famílias estavam ainda se comunicando
se comunicando pela internet ate que receberem a noticia de que Lua tinha acordado a noticia boa demais pra Arthur mais ele queria estar ao lado dela, Lua tinha acordado mais estava sem memoria não se lembrava dos anos anteriores apenas de dois anos pra cá então com certeza não se lembrava de Arthur ainda mais por ele esta longe isso acabou com ele, ele passou dias triste pensando em alguma coisa e tentar fugir ate onde Lua estava mais era muito pequeno ainda e com certeza esse seu plano não daria certo então o jeito foi tentar esquecer isso, se distraindo não deu muito certo porem conseguiu seguir sua vida mesmo com aquela lembrança dela em seu coração, com imagem daquele selinho, que por mais que fosse só um selinho pra ele significou muito mais que isso..

Flash Bach Of

Arthur: agora lembra? -ela estava emocionada-
Lua: por isso que eu senti uma coisa inexplicavel quando eu cheguei perto de você, tive uma leve impressão que já nos conhecia mais não sabia explicar
Arthur: agora sabe
Lua: então quer dizer que somos carne e unha desde pequenos? -deu um risinho.
Arthur: isso ai.. eu fiquei tao feliz quando meu primo me chamou e disse que uma menina Lua tinha chegado na festa meu coração disparou, eu gelei com a possibilidade de te ver depois de tantos anos.. fiquei tao feliz
Lua: e como descobriu que era a eu?
Arthur: fácil.. você não mudou muito, ainda tem aquela carinha linda e fofa de tempos atrás.. quando meus olhos se encontraram com os seus eu tive a plena certeza de que era minha Lua -abraçou ela forte-
Lua: sinto de não lembrar disso tudo
Arthur: mais tem nada não princesa, agora eu te contei toda a historia e eu cumprir com minha promessa
Lua: qual?
Arthur: lhe esperar pra nos casarmos
Lua: anw meu fofo -deu um selinho nele- mais pra casar ainda é cedo
Arthur: mais não precisamos casar agora, vamos curtir e depois nos ficarmos juntos pra sempre
Lua: nos já estamos juntos pra sempre desde pequenos
Arthur: meu amor eu te amo -Lua quando ouviu aquelas palavras ficou surpresa mais muito feliz, seu coração esta radiante de alegria.. escultar aquelas palavras da boca de alguém era o que ela sempre quis e ainda mais de uma pessoa por quem tinha um carinho imenso e muito especial.
Lua: eu também te adoro -achava que estava cedo ainda pra dizer eu te amo a ele, não queria iludir Arthur deixaria o tempo passar e quando se sentisse confortável falava.

Dias se passaram e esses dias fora os melhores da vida deles, eles curtiram cada dia como se fosse o ultimo queria aproveitar da melhor forma.. Arthur já que estava na casa de sua tia aproveitava que seus primos também estavam de férias iam pra quase todos os dias.. eles curtiam as meninas passeando pelos lugares de la e Arthur e Lua sempre ficavam juntos, os pais de logo quando viram Arthur logo se lembraram dele, ficaram contentes, perguntaram como estava a família deles e tudo mais ate se comunicaram com os pais de Arthur viu internet.. eles ficaram muitos felizes por rever os amigos de tanto tempo mesmo se não fosse pessoalmente e ate marcaram de se encontrar pessoalmente. Ambo Lua e Arthur estavam com.. anos'.
O tempo se passou e felizmente ou infelizmente chegou o dia de Arthur viajar ele estava triste por ter que deixar Lua pois não era isso que ele queria.


 Gostarão? comentem o que acharam, lembrando esse é o Penúltimo capitulo da mini web. E me desculpem os erros to postando pelo tablet pois to sem acesso ao meu computador mais logo que eu entrar por ele ajeito tudo.

4 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo