25 de dez de 2013

Blame it on love - Cap 8





6 de Março de 2013.

Sabe quando a gente está com tanto ódio, mais tanto ódio, que chega a doer? Pois é, nesses últimos dias foi isso o que aconteceu comigo. Como uma pessoa pode ser tão idiota? Até que ponto a idiotice de uma pessoa pode chegar? Na minha opinião, a muito.
Você deve estar se perguntando o por que de toda essa minha raiva. Bom, irei explicar apenas com uma frase... "Os homens deveriam vir com um manual de instruções".

Lá estavam eu, no quarto esperando a Sophia e a Mel terminarem de se arrumar, já me encontrava pronta e entediada, a mais de 1 hora Sophia escolhia e trocava roupas e mais roupas, pedindo opinião para mim e para a Mel; coitada, estava tendo que aturar as crises da Sophia e escolher a própria roupa, fazer maquiagem e arrumar o cabelo, tudo ao mesmo tempo.
Depois de horas e horas, sou exagerada, foram alguns minutos na verdade, finalmente as duas estavam prontas, maravilhosas obviamente. Descemos e fomos de encontro aos meninos, que nos esperavam na sala jogando vídeo-game. Sophia gargalhou e fingiu desfilar, descendo as escadas, sendo seguida por Mel que prendia o riso; eu fui logo depois me esforçando ao máximo para não rir da cara da Mel tentando não rir da cara de "diva brilhosa" da Sophia, que tentava não rir da própria cara.

- Uau. -Chay se limitou a dizer, nos olhando assim que paramos em frente a eles. Na verdade, todo mundo sabe que esse "Uau" na verdade foi mais um "Uau, Mel".
- Poxa vida, hem?! -Micael brincou e nós rimos. Ele pegou nossas mãos e nos fez dar uma "voltinha", os três assobiaram fazendo graça.
- Gatas os pais de vocês são padeiros? -Antes mesmo de Arthur dizer qualquer outra coisa todo mundo caiu na gargalhada.
- Não, por que? -Mel respondeu risonha, só para ele terminar a cantada fajuta.
- Porque vocês são uns sonhos... -Arthur arqueou uma sobrancelha e galanteou fazendo todos caírem na gargalhada.
- Sabemos que estamos lindas, ok?! Agora vamos logo porque hoje a noite promete! -Sophia cantarolou e todos concordamos rindo.
- Calma, calma, eu tenho outra...-Arthur nos chamou atenção.
- Gata, não sou Sky, mas "Você na frente sempre" -Arthur falou e eu não aguentei, nem preciso dizer que tive uma super crise de risos né?!.

Resumo da história: Passamos o caminho inteiro trocando cantadas, saiu cada cantada que... Deuses.

-Gata, não sou Jota Quest mas tô fácil, extremamente fácil pra você. -Chay falou e todos riram descontroladamente.
-Gata, você é tão linda que quando nasceu sua mãe não te deu apenas a luz, ela te deu a companhia de energia toda. -Foi a vez de Micael. Estávamos todos contando as cantadas mais cafonas que conhecíamos, e olha que não eram poucas.
- Gata, você não tweet mas já te favoritei. -Arthur lembrou de mais uma.
- Nossa, cara; essa é foda! -Micael ria descontroladamente assim como todos nós.
- Gata, você não é rebelião em presídio mas deixou meu colchão pegando fogo. -Sophia lembrou de uma e não aguentamos.
- Essa é podre! -Mel estava morrendo, vermelha de tanto rir.
- Gata, você não é Pikachu mas eu escolho você! -Eu falei vermelha de tanto rir.
- QUE HORROR, LUA! -Arthur morreu com essa, acho que é porque ele também gostava de Pikachu quando pequeno.
Pouco tempo depois chegamos a balada, entramos e sentamos em uma mesa. Ficamos todos conversando e rindo muito...

- Branquinha, vamos dançar? -Micael perguntou levantando e puxando Sophia pela mãe.
- Claro! -Os dois seguiram em direção a pista de dança.
- Éh...Hã...Pode me dar a humilde honra? -Um cara chegou me perguntando, com a mão estendida, sorrindo tímido, ele era moreno, alto e de olhos azuis.
- Éh... -Comecei a responder mas Arthur logo me cortou.
- O NAMORADO dela, vai dançar com ela agora! -Arthur falou sério, levantando e surpreendendo a todos.
- Hã...desculpa! -O menino saiu envergonhado.
- O que você fez seu idiota? -Perguntei irritada para Arthur.
- Aquele cara é um canalha! -Ele respondeu obviamente.
- VOCÊ é um canalha! -Eu levantei irritada procurando alguém conhecido, daí então que eu fui perceber que Mel e Chay tinham saído de fininho no meio da discussão, ÓTIMO.
- Ótimo, para onde foram aqueles dois lesados? -Eu perguntei pra mim mesma e saí andando.
- Ei...volta aqui! -Arthur me puxou pelo braço, ficando a centímetros de distâncias de mim.
- O que? -Perguntei marrenta e bicuda.

Ele não disse nada...Apenas aproximou sua boca da minha e me beijou...Um beijo calmo, doce e duradouro. Parti o beijo com alguns selinhos.

- O que você fez? -Falei exaltada e desorientada.
- Como? -Ele perguntou sério, desmanchando o sorriso que antes havia no seu rosto.
- O que você fez? Você pensa que eu sou o que? -Eu repeti firme.

 Continua...

N/A: Gente, quanto tempo...Desculpa, mas eu ando ocupada, sim, ainda estou estudando...Fiquei na final de matemática por causa de décimos e vou fazer a prova dia 6//7. Vou tentar escrever mais, prometo...mas é que ando sem inspiração e tenho estudado. Estou com muito medo de reprovar, mas se Deus quiser eu vou passar e voltar a postar frequentimente. ME DESCULPEM mas uma vez.... E ah...FELIZ NATAL !

4 comentários:

  1. Booa Soorte naa provaa Caamila :) ageente te eentende; e quaando poder postaa mais, amo essa web ;)
    By: Paaüla ♡

    ResponderExcluir
  2. pq parou de posta?

    ResponderExcluir
  3. Cara a gente ja ta em 2015, pq parou de postar?

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo