3 de dez de 2013

73º Capítulo - "Tudo por uma promessa"


POV NARRADOR
Hoje era um dia de comemorações pois em primeiro lugar a clínica de recuperação do Arthur ia abrir hoje, finalmente.


Se bem se lembram, a ideia dele criar uma clinica dessas partiu do seu acidente, aquele em que Thiago foi o culpado e deixou Arthur entre a vida e a morte. Felizmente, ele é um garoto esforçado, dedicado e lutador que conseguiu recuperar aos poucos, porem, o susto fica para sempre.

Arthur estava nervoso pois na inauguração da clinica iriam estar pessoas importantes como presidentes da junta e fotógrafos fofocando tudo e mais alguma coisa. Para alem disso, Arthur e o seu pai, assim como os de mais empresários pousavam de minuto a minuto para uma revista diferente, já para não falar nas entrevistas que davam a toda a hora.

Xx: o que pretende com a abertura dessa clinica?
Arthur: pretendo ajudar os necessitados e a abrir novos caminhos àquele que pensam que a vida terminou enquanto então parados numa cadeira de rodas.
Ww: você já passou por isso certo? Que conclusões tira?
Arthur: sim, já passei. Tive algum tempo numa cadeira de rodas, impossibilitado de andar e fazer a minha vida normal mas foi graças a minha clinica dessas que hoje consegui abrir a minha.
Kk: as pessoas que aqui trabalham são profissionais mesmo? Acha que eles vão conseguir dar conta do recado?
Arthur: o meu pai tratou, com todo o cuidado, contratar médicos e especialistas profissionais nessa área, assim como psicólogos.
Ww: você vai estar 24horas por 24horas aqui?
Arthur: se eu não estiver, o meu pai estará no meu lugar.
Xx: quando pretende começar a receber os primeiros doentes?
Arthur ri: o mais rápido possível
Ww: que espectativas tem para essa clinica?
Arthur: ela está bem equipada e organizada, está sendo trabalhar por excelentes profissionais, por isso eu só tenho conclusões positivas a fazer. Vai ser sem dúvida um bom caminho para toda a humanidade.

As entrevistas não paravam por ai. A toda a hora chegavam pessoas curiosas sobre o novo trabalho de Arthur.
Enquanto ele dava as entrevistas, Lua e os seus amigos assim como a mãe do Arthur, ficaram na sala de convívio falando uns com os outros.

Mel: nem parece que à uns dias atrás agente estava chateadas e preocupadas com o Rodrigo – disse, com um sorrisao no rosto enquanto admirava o afilhado no seu colo
Chay ri: esse moleque deu muita dor de cabeça
Katia: e ele ainda nem anda… imagina quando ele começar a andar – riram
Mica: será que o Arthur demora?
Lua: estão com pressa porque? Ainda não entendi…
Sophia: é que temos uma novidade…
Chay ri: mas hoje todos concordaram em ter uma novidade?
Lua: porque?
Mel ri: porque agente também te uma novidade
Lua ri: o que vocês andam a esconde?
Sophia e Mel riem: nada!
Mica ri: nossa, que cúmplices!
Katia ri: o Leo vem ai, o Arthur também.

Todos se levantaram e foram dar os parabéns ao Arthur e ao Leo pelo excelente trabalho que os dois fizeram. Desejaram felicidades e muita sorte com esse novo projeto.

Arthur: os meus olhos estão piscando por causa de tantas fotos que eu vi na minha frente – riu
Lua ri: virou um senhor importante agora – deu um selinho nele e endireitou a camisa e a gravata
Arthur ri: você também! – retribuiu o selinho – Cadê o meu filhão?
Mel: aqui, no colo da madrinha.
Arthur: deixa eu pegar nele um pouco então – ele pegou – Filhão, que saudade! – beijou o rostinho dele
Lua: é né… tem saudade do filho, mas eu… - cruzou os braços
Arthur ri: sua boba! – enquanto segurava com uma mao o Rodrigo, segurou com a outra a cintura da mulher – To muito feliz sabia?
Lua ri: sabia! Você merece.
Chay ri: vai casal… parem com isso porque agente tem algo a dizer.
Sophia: eu também tenho…
Lua ri: mas fala logo o que é
Mica: quem fala primeiro?
Chay: agente fala.
Arthur: então diz de uma vez.
Chay: caro Arthur – ele colocou a mão sobre as costas dele – Você vai ter de me dar umas aulas de troca de fraldas e essas coisas… - disse Chay, todo serio
Mel ri: nunca esperei ver o Chay dizer isso
Sophia ri: não… mentira! – ela entendeu logo
Mica ri: você tá gravida Mel?
Lua ri: MELZINHAAA – gritou e abraçou a amiga – Como foi isso? quando descobriu? Me conta agora!
Mel ri: é uma longa historia
Arthur ri: parabéns cara!

Enquanto os garotos felicitavam o Chay, as meninas abraçavam a Mel.

Mel ri: aii gente, me deixem respirar
Sophia ri: conta logo. Como foi que você descobriu?
Mel: já tem algum tempo, mas eu decidi falar agora por causa da Lua.
Lua: por minha causa? Mas porque?
Mel: eu andava irritada nessas semanas, com vontades locas de comer, mas depois eu vomitava…
Chay interrompe: péssimo humor! – levantou o dedo afirmando
Mel ri: sim, isso também… ai comecei a ficar atrasada né, e resolvi fazer o teste. Deu positivo no dia em que o Chay chegou em casa e falou que o Rodrigo tinha sido sequestrado. Eu não ia te falar que estava gravida, no dia em que o seu filho foi sequestrado né?
Lua: ohww Melzinha – as duas se abraçaram
Mica: e ai papai, é menino ou menina?
Chay: eu quero uma gatxinha que nem a mae – riu
Mel ri: bobo.
Arthur: calma aê. Falta uma novidade – todos olharam para Sophia e Mica – Falem!
Sophia ri: então… Mica, quer ser você a falar?
Mica: tá… - ele riu envergonhado – Eu finalmente ganhei a coragem e pedi a Sophia em casamento.
Lua ri: AHHHHHHHH – gritou e abraçou Sophia
Mel ri: e você aceitou logico?
Sophia ri: mas você ainda tem duvida?

Enfim, como eu falei no início, foi um dia repleto de novidades boas e ótimas comemorações. Por tudo, o mundo festejava.

Em casa, a felicidade era a mesma, mas de um jeito mais sossegado. Após o Arthur colocar o filho a dormir, na sua cama, ele deitou ao lado e esperou Lua terminar o banho, pois ele tinha uma ideia em mente.

Lua: terminei. Pode ir você – disse ela saindo do banho, ainda secando o cabelo – Ele adormeceu?
Arthur: sim – olhava o filho – Amor, senta aqui.
Lua: porque?
Arthur: quero falar…
Lua: tá acontecendo alguma coisa?
Arthur ri: claro que não. quero apenas conversar.
Lua: tá, vamos para fora, antes que o Rodrigo acorde.

O medo de deixar o filho até na própria casa ainda era grande. Por isso, antes do casal sair do quarto, se certificou que as janelas estavam fechadas.
Depois, desceram os dois até à sala.

Arthur: eu estive pensando e…
Lua: você pensa? – interrompeu ela
Arthur ri: boba! – beijou o pescoço dela
Lua ri: desculpa, continua…
Arthur: a nossa situação financeira está ótima e agente ainda tem aquele dinheiro da sua avó de parte. Que tal irmos viajar?
Lua: mas você acabou de abrir uma clinica Arthur
Arthur: mas eu deixo o meu pai lá, junto com os assistentes. Amor, agente precisa de umas ferias
Lua: mas eu não quero me separar o Rodrigo agora
Arthur ri: mas quem disse que ele não vai com agente? – sorriu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo