3 de nov de 2013

Meu vizinho Insuportável 3ª Temp.


Capítulo 8



Lua: eu não entendo o motivo de está tão irritado – indagou se jogando na cama assim que entraram no quarto em que ficariam

Arthur: ah não entende – riu sem humor – não entende, você estava toda derretida com aquele jegue que estava quase te comendo lá na sala e não entende

Lua: amor... – o olhou – sem dramas – fechou os olhos e suspirou – o Renan é meu amigo desde sempre, nos tem motivos pra ciúmes

Arthur: eu não sou idiota Lu, vi como olhava pra ele – respirou fundo – eu conheço seu olhar de desejo – engoliu o nó que se formou em sua garganta e ela engoliu a seco – olha pra mim, olha nos meus olhos e diz que não se sente atraída por ele – Lua apertou os olhos, estava perdida, Renan era muito gostoso e não podia mentir olhando nos olhos do esposo, se sentia atraida por ele, mas não o amava

Lua: Arthur... – choramingou – eu te amo, você sabe...

Arthur: não foi isso que eu perguntei – disse com um aperto no peito – vamos embora, vamos voltar hoje pra casa

Lua: mas de jeito nenhum – sentou-se na cama – já passamos por coisas bem piores, se nosso amor suportou, o seu ciúme idiota vai suportar. Só vamos embora no final do mês, aqui será bom pras crianças

Arthur: como quiser – pegou sua mala que ainda estava intacta

Lua: o que vai fazer? – arregalou os olhos

Arthur: vou para o quarto ao lado, se você quer ficar aqui, que fique sozinha, voltarei a ser apenas seu vizinho, de quarto por enquanto – saiu irritado

Lua: idiota insuportável – gritou irritada e bufou quando ele bateu a porta

Vivi: ui, ficou com ciúmes – riu com um pote de sorvete da mão vendo o pai sair do quarto

Arthur: VAI PRO QUARTO – gritou irritado e vivi se assustou arregalando os olhos – desculpa estrelinha – suspirou – sua mãe me deixa louco e você ainda piora

Vivi: eu hem, quanto mal humor – entrou no quarto rindo

Arthur deixou a mala no quarto ao lado do da Lua, seu sangue fervia ao ver ela perto daquele homem, olhou na janela e ele estava indo para as cocheiras. Cerrou os punhos e desceu disposto a falar com ele,

Arthur: Renan – chamou a atenção do mesmo que o olhou sem entender – o que há entre você e a Dulce? exijo a verdade

Com as crianças...

Nando: conseguiu onde ficar? – perguntou conversando ao celular e Vivi  ficou na porta escutando – ótimo, então nos encontramos amanhã perto da igrejinha que tem na cidade – sorriu – sim eu sei chegar lá, tchau – desligou e encarou a irmã – que foi?

Vivi: nada, eu não vi nada, não ouvi nada e não sei de lada – ela riu sentando em sua cama e pegando seu celular

Nando: acho bom – disse antes de entrar no banheiro

Vivi: perfeito – sorriu lendo a mensagem

“Gatinha, consegui me hospedar em uma pensão perto dessa fazenda que me passou o endereço, estou louco para te encontrar, vamos nos divertir muito, beijos” 

12 comentários:

  1. Ana Clara s203/11/2013 20:02

    vivi #Danadinhaa......necessito de mais!!!

    ResponderExcluir
  2. Estou louca para saber oque que a lua econde do thu
    Vivi

    ResponderExcluir
  3. Mais Mais Mais

    ResponderExcluir
  4. ciúmes é uma merda
    ass Sophia

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. a sério que esse Renan vai atrapalhar o casal? sempre tem alguém para atrapalhar que droga

    Ana

    ResponderExcluir
  7. posta logo assinado talita estephany

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo