12 de nov de 2013

Meu vixinho Insuportável 3ª Temp.


Capítulo 16.



Lua ficou um tempo encarando os dois a sua frente, tinha que contar a verdade a Arthur, tinha que vencer aquele medo e falar o que estava acontecendo, mas tinha medo da reação dele e não queria perdê-lo, viu Arthur respirar fundo e Renan abrir um enorme sorriso, mas porque? ela não havia falado nada.

Arthur: acho que seu silencio já falou por você, não precisa você falar para saber a resposta – negou com a cabeça e saiu sem falar nada

Renan: eu sabia... – virou Luapara si e ela o olhou desnorteada, balançou a cabeça voltando a realidade.

Lua: meu deus – colocou as mãos no rosto negando com a cabeça – o que estou fazendo? – se perguntou – Arthur – soltou-se de Renan e foi atrás dele mas não havia nem sombra, entrou em casa e procurou todos os cômodos mas ele não estava, seus olhos já estavam repletos por lagrimas, olhou as roupas do mesmo pensando se ele teria ido embora e sentiu alguém atrás de si.

Vivi: não mãe, o papai não foi embora – sorriu acariciando o cabelo da mãe que a abaixou a cabeça – meu pai não é de fugir, ele enfrenta.

Lua: o que ele falou pra você? – perguntou franzindo o cenho

Vivi: quase nada, mas não é necessário que ele fale, eu pude ver nos olhos dele e agora nos seus – sorriu novamente – eu observo e sei o que está acontecendo, mas melhor conversar com o papai, sei que não quer perder o amor de sua vida.

Lua: sabe onde ele está? – a olhou curiosa

Vivi: sim, mas eu não posso falar... – viu a mãe olhar chorosa – não me olhe assim eu prometi pra ele.

Lua: tudo bem... onde está o Nando?

Vivi: dormindo – mentiu – você também deveria dormir dona Lua – riu da careta que ela fez – amanhã você conversa com ele com calma – puxou Lua pela mão e a levou até o quarto dela assim lhe dando um beijo – boa noite mãe.

Lua: boa noite filha... obrigada – sorriu vendo Vivi piscar e sair, suspirou e colocou sua camisola antes de deitar, não conseguia dormir, ficou olhando as estrelas pela janela e acabou adormecendo, horas depois ela percebeu que havia adormecido e  sentiu alguém acariciar suas coxas e chegar próximo a virilha, uma caricia boa  e ao abrir os olhos lentamente, pode perceber que o sol já brilhava lá fora, gemeu baixinho pois sentiu a mão acariciar-lhe a intimidade e arregalou os olhos para ver quem lhe a cariciava tão intimamente.


masoq kkkk Gente essa temporada está bem safada O.o

3 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo