24 de nov de 2013

Lembranças Cap.13



Pov's Lua

Sai do meu banho e vejo que Di tinha atendido o meu celular mais quando ia pegar o celular da mão dele vejo que rapidamente ele desligou:

-Quem era Di?

-Seu namoradinho

-Arthur?

Falei com os olhos arregalados

-Tem outro?

-Não lógico que não deixa de ser bobo Di e me dá esse celular aqui

Peguei da mão dele e disquei o número de Arthur, chamou, chamou, chamou e não atendeu, droga ele devia estar puto pelo Di ter atendido meu celular.

-Di me faz um favor quando for Arthur que ligar aqui não atende

Falei um pouco chatiada e ele me olhou com uma carinha triste

-Desculpa Lu é que estava tocando e....

-Não Di desculpa eu eu não devia ter descontado minha raiva em você, mas é que....Droga porque ele tem quer ser tão ciumento?!

Me joguei na cama e suspirei alto ainda tentando ligar para Arthur

Di tentou me distrair e fazer eu pensar em outra coisa mais eu não conseguia e então do nada eu começei a chorar

Droga de hormônios!

-Lu ta tudo bem?

-Tá

Somente resmunguei e deitei minha cabeça em seu colo e ele ficou fazendo carinho até eu adormecer

Acordei horas depois e Di não estava mais lá deixou um bilhete na mesa avisando que tinha que ir trabalhar porque hoje era plantão dele

Fui para sala e me joguei no sofá suspirei tediosa e comecei a acariciar a minha barriga...

-Oi meu amor você pode ouvir a mamãe?

Sorri idiota e continuei acariciando minha barriga aquele sempre fora meu sonho poder gerar um pequeno ser frágil em mim

E quando nascesse podesse cuidar e acalentar e ensinar tudo o que a vida pode ter

O fazer a criança mais feliz do mundo com muito amor e carinho

Queria que ele sentisse tudo o que eu sempre tive com minha familia eu sempre fui muito amada e querida eu fui muito feliz quando criança e isso era tudo o que eu queria para o meu filho

Ouvir meu celular tocar e me levantei correndo senti uma pequena pontada mais logo passou peguei meu celular com um sorriso e atendi com uma voz alegre

Só que a voz que falava do outro lado não era a que eu queria ouvir

-Olá Lua

Era Giovanna o que aquela garota queria comigo?

-Oi Giovanna o que quer?

-Quero somente te dar um recado ou você deixa o meu Thur em paz ou você vai pagar caro você e esse monstrinho que você carrega na barriga

Um suor frio passou pela minha espinha e eu congelei

-Co...como assim?

-Não se faça de idiota loira azeda você ouviu perfeitamente o que eu disse então não ligue mais aqui e não quero você perto do thur nunca mais bye idiota

Ela falou isso e desligou e eu começei a tremer me sentei no sofá estática e começei a sentir umas dores agudas na barriga começei a chorar e liguei para Di

Em cinco minutos ele apareceu e eu pedi que me levasse ao hospital

Meu Deus o que eu faria agora? Tudo que ela estava falando era verdade? e como ela poderia me fazer mal? e como poderia me afastar de thur?

Perguntas e mais perguntas rondavam minha mente e eu chorava cada vez mais deixando Di preocupado
Entrei na sala do médico e ele me examinou e disse que estava tudo bem comigo e com o bebê mais que era melhor eu ficar internada em observação até no outro dia

Di entrou no quarto e me olhou preocupado

-O que aconteceu loira?

Ele falou enquanto passava a mão em meus cabelos

-Ela me ameaçou Di

Falei com lágrimas nos olhos

-Ela quem?

-A namorada do Thur

-Porque ela faria isso?

-Eu não sei ela mandou eu ficar longe do thur mais eu não posso eu tenho que falar com ele

-Lu é melhor você se preservar e pensar direito pensa nesse bebê você não sabe do que essa garota é capaz

-Exato eu não posso deixar thur perto dela eu...

Comecei a ficar nervosa

-Lu se acalma amanhã você faz alguma coisa descansa

-Ok você tem razão

Uma enfermeira entrou no quarto e me deu medicamento vi que Di não parava de olhar para ela depois que ela saiu olhei para ele com um sorriso debochado

-Êh Dii

-Quê Lua?

-Eu vi você de olho na enfermeira

Gargalhei e ele arregalou os olhos

-Não lua que isso

-Para Di eu vi você não consegue disfarçar

Ele corou e eu ri mais

-Por que você não vai lá convidar ela para sair?

-É o que Lua? Não lógico que não!

Ficamos ali "discutindo" e finalmente eu consegui fazer ele ir atrás da enfermeira


                                                       ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Oi Oi Oi genteee, sorry por não ter participado da comemoração dos dois anos do A&R (pula e gritaa aêeeeh \o/) não deu para mim entrar :c maaaaais eu vou postaar quatro capítulos de lembranças e uma Shortfic :3 ok? tá bom ? beeeeeijitoooooos lindos e lindas :3

Respondendo:

Ju Andrade: :3
Vivi ( vou colocar só isso ok? mas é tu a do nome grandão): awwwn que boom obrigadoooo <3 https://www.facebook.com/luabdf aqui florzinha o meu face só clica que você já chega nele ok? kiss coisa mordível :3 
Ana Clara S2: obrigado mesmo assim baby <3 postadoo! :)

Um comentário:

  1. vivi 100% luar e rebelde ps25/11/2013 09:22

    brigadao to pelo cel quando tive no not eu te mando convite .... aim o thur tem q ver a luh logo e migucha o baby da lua pode ser gemeos?? se n pode ser vitoria ou raul?? pf flor te imploro por gemeos tipo raul pq e luar ao contrario e vitoria pq a menina podia passar por complicaçoes e se salvar ser vitoriosa

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo